Moda & Beleza

Minas Trend: O start de 2020_I do Conexão Inspiramais. A moda está aqui agora e para sempre!

O coordenador do Núcleo de Design da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), Walter Rodrigues, anunciou, oficialmente, a nova inspiração para a moda em 2020_I. O Play tem uma pegada mais lúdica, divertida e de muita ação

Publicado em 01/11/2018 | Por Anna Castro

*Por Ana Clara Xavier

A identidade visual do Play

Duas palestras consecutivas na 23ª edição do Minas Trend lotadas. Este foi o resultado que o diretor do Núcleo de Design da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), Walter Rodrigues, conquistou. Desde sempre, o site HT acompanha a passagem do Conexão Inspiramais – ciclo de palestras apresentadas Brasil afora na qual os consultores da Assintecal divulgam as conclusões das pesquisas feitas sobre inspirações e movimentos do universo da moda. Nesses encontros, os integrantes do Núcleo explicam os conceitos da palavra-chave e como podem ser reproduzidos na pirâmide criativa. Poucos dias depois de uma versão do Conexão Inspiramais ter sido realizada em Guadalajara, no México, o Conexão aterrissou na 23ª edição da semana de moda mineira e o que vimos desta vez é uma ratificação de todo o trabalho árduo de desenvolvimento promovido pela equipe através de duas palestras concorridíssimas por players dos mais variados setores da moda, fashionistas e estudantes. A presença bem sucedida da Assintecal no evento com a Palestra de Inspirações dá o start a mais um ciclo da moda: o 2020_I. Promovido pela Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), Programa de Internacionalização da Indústria Têxtil e de Moda Brasileira (Texbrasil), Brazilian Leather, By Brasil Components, Machinery and Chemicals e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o INSPIRAMAIS 2020_I, único Salão de Design e Inovação de Materiais da América Latina, vai ser realizado nos dias 15 e 16 de janeiro, no Centro de Eventos Pró Magno, em São Paulo.

Leia: Play: é esta a máxima do Inspiramais 2020_I, que rola em SP, nos dias 15 e 16 de janeiro. Entenda! 

“Nós, da Assintecal, temos uma força muito grande nas principais feiras do país onde o produto final é apresentado. Estamos iniciando uma parceria muito forte com a Zero Grau, a SICC e a 40 GRAUS, o que está sendo maravilhoso. O Inspiramais está onde a moda acontece no setor do calçado e o mesmo princípio serve nos segmentos de vestuário e acessórios com o Minas Trend. Estamos muito bem posicionados. O nosso sucesso é fruto da perseverança da equipe, já que estamos sempre tentando trazer muito conteúdo. A cada seis meses, afinal, montamos cinco mil metros quadrados de muita informação”, comemorou Walter Rodrigues.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com uma pasta na mão e um arquivo repleto de referências no pen drive, Walter Rodrigues chegou ao Expominas bem antes do início da palestra para se preparar. No caminho até o espaço onde foi realizado o bate-papo, ele foi cumprimentado por vários profissionais, empresários e amantes da moda que o parabenizaram pelo trabalho que o Inspiramais vem realizando ao longo dos anos. A abertura de sua palestra contou com palavras de admiração e agradecimento da própria diretora da Assintecal, Silvana Dilly. “A Palestra de Inspirações 2020_I, que faz parte do projeto Conexão Inspiramais, busca estabelecer novos direcionamentos para a indústria da moda, baseados na metodologia da pirâmide de produtos, enfatizando a inovação e possibilitando, através de um planejamento estratégico, que um produto inovador possa alcançar a massificação caracterizada por volume e competitividade”, comentou. A palestra de Inspirações 2020_I é promovida pela Assintecal, Associação da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT), Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE). Além Silvana, o presidente do Sindibolsas MG, Celso Afonso, e o representante do CICB, Ricardo Michaelsen, também falaram algumas palavras e mostraram o seu apoio ao Inspiramais.

Leia Mais: Inspiramais 2019_II: A Alquimia no Salão de Design e Inovação de Materiais com projeção internacional

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Inspiramais é o pensar, o desenvolver e o start de tudo o que vai rolar no mundo da moda. O evento de inovações para a cadeia criativa de representantes da indústria de componentes para os segmentos calçadista, têxtil, vestuário e moveleiro já é referência na América Latina. A cada seis meses é realizado para apresentar os resultados da extensa pesquisa sobre as principais apostas. Depois de desenvolver a pesquisa de inspirações, o projeto é explicado às indústrias de criação de componentes, onde durante três meses são desenvolvidos mais de 900 propostas a serem apresentadas no Inspiramais. A partir disso, as indústrias de criação de produto encaixam aquela inspiração a sua marca para, na sequência, exibir para o varejista. Analisando esta cadeia, o que o Inspiramais visa pregar é a atemporalidade das coleções, uma realidade que está sendo endossada por Ronaldo Fraga nesta edição do Minas Trend. Apesar da moda ser cíclica, é necessário investir em produtos que transmitam valores essenciais e verdadeiros ao consumidor. Dessa forma, a peça deve ter caráter autoral e qualidade para perdurar por décadas, caso seja o desejo do comprador. É uma moda agora e para sempre.

Leia mais: Inspiramais 2019_II: Projeto ”Espaço da Inovação” une high tech e sustentabilidade em produção de materiais 

“Estamos falando há algum tempo que a moda como conhecemos estava morta. As mudanças passam pelas faculdades, pelo mercado e pelo conteúdo. Nós tentamos traduzir isto tirando as estações e mostrando que a moda não é que nem um iogurte que tem prazo de validade. A peça possui uma sobrevida muito maior do que isso. As pessoas compram algo porque é bonito e não pensando se é verão ou inverno. Acho que a informação precisa chegar ao comprador de forma mais transparente para que ele entenda o porquê está vestindo isto. Existe uma preocupação muito maior com o que está sendo comprado. Sendo assim, como integrantes do universo da moda, nós temos que informar”, salientou Walter Rodrigues.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Exatamente pelo conteúdo apresentado pelo Inspiramais ser tão importante, a Assintecal visa contemplar a maior quantidade de pessoas possíveis com a sua informação de qualidade e espírito vanguardista. O sucesso deste trabalho, inclusive, está se consagrando na internacionalização do Inspiramais. Além de rodar o país, a equipe viajou recentemente para Guadalajara, no México, para levar o conceito matemático da pirâmide de produto. “Fomos muito bem recebidos justamente por conta do nosso trabalho, que foi muito bem dirigido pela equipe da Assintecal”, contou o coordenador. O convite para a estadia no exterior partiu dos próprio mexicanos que viram no projeto uma oportunidade de entender ainda mais o mercado e lucrar nos negócios. O ingresso em uma feira internacional só foi possível graças aos olhares internacionais sobre o evento do Inspiramais.

Entenda: SICC 2018: Assintecal leva Conexão Inspiramais para o Conectech numa das maiores feiras calçadistas do país

Todo o sistema proposto pela equipe do Inspiramais se fundamenta no conceito pirâmide de produto, cujo estudo foi desenvolvido ao longo de anos a partir da avaliação da massa de compradores do mercado. O topo desta forma geométrica, composto por 10%, faz referência a uma criação mais autoral, ou seja, são as peças conceituais, abstratas e diferenciadas que encabeçam as passarelas, as vitrines e editoriais da marca. E, durante a palestra no Minas Trend, Walter contou, conforme o site HT já havia anunciado, que a proposta da vez é o Play. “O Play tem um duplo sentido. Estamos vivendo tempos difíceis e, por isso, precisamos trazer um lado mais divertido. Ao mesmo tempo, também carrega a ideia de apertar o play e deslanchar na criatividade e no fazer diferente”, salientou. A partir de agora, foi dada a largada, oficialmente, a era do Play e os materiais já estão sendo desenvolvidos para serem expostos na feira de janeiro.

Leia mais: Assintecal: 35 anos de história na expansão do setor coureiro-calçadista e o sucesso do Inspiramais

Lúdica, divertida e engraçada. Assim será a moda em 2020_I. Para isto, as marcas precisam estar conscientes de três princípios fundamentais: a reconfiguração, o expressionismo e as referências aleatórias. Para que as empresas estejam de acordo com a proposta do Play é necessário ter em mente estas ideias no momento de confeccionar as peças. Existe um pequeno cronograma de inspirações que vão fundamentar a moda em 2020.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A reconfiguração será muito importante. As peças precisarão contar com divergências de estampas e texturas, além de tecidos diferentes e desconstruídos. A ideia é literalmente brincar com os materiais e apostar em uma moda completamente diferente. “Nós acreditamos que os clássicos vão passar por nossas roupagens, trazendo blazers com bolsos diferenciados e outras inovações, por exemplo. É um repensar as silhuetas. Sendo assim, falamos muito sobre a modelagem neste ponto”, explicou o coordenador.

Leia também: Inspiramais 2019_II – Apex-Brasil assina convênio com Assintecal para a internacionalização dos setores de componentes de moda, tecnologia, químicos e máquinas para calçados e cortumes

Referências aleatórias serão fundamentais. “Nós vivemos o momento do Pós-Modernismo que bombardeia diariamente as pessoas com imagens de diversos lugares, por isso acaba sendo impossível passar despercebido por estas informações”, garantiu. Esta afirmação surgiu a partir de uma análise da automatização do mercado. Walter e sua equipe perceberam que o Instagram estava possibilitando as marcas linkar as imagens ao site dos itens de compra. Além de democratizar, esta facilidade deixou a relação entre as redes sociais e a indústria ainda mais estreita e, por isso, fundamental de ser levada em consideração. “Sendo assim, as redes sociais e as notícias acabam influenciando nas escolhas do consumidos final. Isto será super importante para a estamparia, já que vai agregar ainda mais tonalidades e imagens. Afinal, nós comunicamos através das bolsas, blusas e acessórios”, frisou. Exatamente por isto que as cartelas de cores serão tão importantes, afinal, será necessário chamar a atenção do consumidor. “Tem que ser repensada e criada pensando nas telas”, acrescentou. A cartela foi pensada por 10 pesquisadores.

Leia também: Inspiramais 2019_II: Projeto “Preview do Couro” mergulha nos movimentos artísticos para criação de novas texturas

O Expressionismo é outra aposta para 2020_I. “Nós nos baseamos em uma nova velha figura que está reaparecendo nas nossas histórias, que é o Van Gogh. Ele era muito vanguardista e usava cores bem fortes por achar que dali há 100 anos ainda existiria uma tonalidade. Sendo assim, não podemos pensar somente no agora. A partir dele, vem muito plissado, pinceladas e texturas”, explicou. Unindo todos estes conceitos, a cartela de cores, pensada por 10 pesquisadores, trouxe como referência o laranja, o branco acinzentado e o turquesa escuro, sendo que as estampas podem ir até três tons acima ou abaixo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em janeiro de 2019, a pirâmide de produto, que será apresentada, mostra o conceito de Alquimia –o grande quesito autoral do semestre passado – no meio da forma geométrica, ou seja, representa os 30% ao trazer as modelagens que foram destaque na coleção passada adaptadas de acordo com as exigências dos clientes. “Trabalhamos os conceitos atômicos e dinâmicos nesta coleção. Naquele momento, era fundamental perceber como a combinação de tecnologia e da natureza iriam influenciar a moda, trazendo uma moda autoral com força. Para isto, o plastificado, a corrente, o xadrez disruptivo, zíper e impermeável fizeram parte do imaginário dos produtos”, explicou. Na sequência, os 60% correspondem aos produtos de massificação, ou seja, aqueles que possuem maior volume de venda já que sobreviveram as etapas anteriores. Em janeiro, a Resistência estará super em alta, ou seja, o artesanato vai bombar. “Os aspectos artesanais e culturais estarão em ascensão por causa da reação contrária à intolerância que enxergamos no mundo devido à crise. Por conta desta nuvem negra de problemas, a coleção vem muito mais teatral, colorida e brilhante. Sendo assim, aspectos do folclore, coração, barroquismo e animal print são as principais apostas”, explicou. Ao passar por todos os estágios piramidais, a marca vai conseguir alcançar o lucro com os 60% da coleção de forma que abra espaço para investir no diferente dos 10%.

Leia também: Inspiramais 2019 _II: a Alquimia no Salão de Design e Inovação de Materiais com projeção internacional

O Inspiramais se tornou o maior Salão da América Latina em componentes para a indústria. Através de palestras e assessorias, a Assintecal ajuda a explicar este processo de afirmação da marca, visando a inovação. A partir disso, as empresas conseguem lucrar ainda mais ao reafirmar o seu público-alvo como é o caso de Claudia Lima, proprietária do Cerradouro Jóias. Com uma marca voltada para revelar as belezas do cerrado mineiro, ela conta com um processo produtivo único em seu DNA por trabalhar com flores banhadas a ouro. “Nós participamos do projeto Identidade. Apesar de termos um conceito de processo forte, o produto não passava disso. Nós vendíamos quando explicávamos o que era aquele trabalho. Depois que o Walter e sua equipe deram uma repaginada na nossa identidade visual com o apoio local do SEBRAE de Minas Gerais, passamos a entender quem era o nosso público-alvo e o nosso posicionamento. A partir disso, ganhamos um destaque midiático maior”, explicou a empresária, em depoimento especial ao final da palestra de Walter Rodrigues.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A marca Tatiana Marques Calçados também ganhou outra perspectiva depois que recebeu apoio. Com quatro anos de mercado, a empresa surgiu a partir do trabalho de conclusão de curso de Tatiana, que visava valorizar a cultura mineira. Com o objetivo de desenvolver sapatos confortáveis e de acordo com a ergonomia do corpo, ela baseia as suas coleções na observação. “Assisti a palestra do Walter e foi incrível. Passei a ir além da pesquisa formal de tendências e observar as pessoas na rua. Eu não lanço estações. Eu escolho um tema e vou trabalhando dentro do que ele significa e, como isso, pode ser evoluído. É um trabalho muito minucioso, de colagem, experimentação, recorte de papel, até eu entender o modelo que eu quero chegar”, salientou.

Leia também: Inspiramais 2019_II – O preview de tudo o que o Salão de Design e Inovação de Materiais preparou para esta edição

O Inspiramais é promovido pela Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) e Programa de Internacionalização da Indústria Têxtil e de Moda Brasileira (Texbrasil), Brazilian Leather, By Brasil Components, Machinery and Chemicals e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Tem patrocínio da Cipatex, Altero, Bertex, York, Sprint Têxtil, , Sappi Dinaco, Wolfstore, Caimi & Liason, Brisa, Intexco, Advance Têxtil, Britânnia Têxtil , Cofrag, Colorgraf, Endutex, Componarte, Branyl, Berlan e Suntex, e conta com o apoio da ABEST, ABICAV, Abicalçados, IBGM, Instituto By Brasil (IBB), In-Mod, ABV-Tex, Ápice, Abimóvel e Guia JeansWear by Style WF.

 

 

Pesquisas relacionadas