Gente & Comportamento

Cirurgia plástica: as seis colunas do Dr. Gabriel Basílio mais acessadas de 2018. Vem ler!

Das intervenções favoritas entre os homens, passando por Gastroplastia, cirurgia íntima nas mulheres e a participação do médico nas ações da ONG Operação Sorriso: um pouco dos temas abordados por Dr. Gabriel em sua coluna no site HT

Publicado em 02/01/2019 | Por Junior de Paula

Dr. Gabriel Basílio em retrospectiva no site HT (Foto: Marcio Farias)

O ano 2019 está começando e promete trazer muitos novos ensinamentos, do mesmo jeito que foi o ano de 2018 aqui, no site HT. E muitos desses aprendizados vieram – e virão nos próximos meses – pelas colunas repletas de conteúdo do Dr. Gabriel Basílio. Cirurgião plástico com subespecialização em operações craniofaciais, o capixaba com coração carioca trilha um caminho baseado no lado humano da Medicina. No consultório, na sala de cirurgia ou nas salas de aula da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), onde se especializou e hoje divide seus conhecimentos com os residentes da instituição, Dr. Gabriel acredita em uma profissão que atenda a estética como também o trabalho de reconstrução. Por isso, além dos procedimentos em prol do belo, ele e dedica à cirurgias como as operações de lábio leporino e fenda palatina, suas paixões da profissão. E, com muita honra para o site HT, ele é um dos colunistas mais lidos por aqui. Por isso, em sua primeira coluna do ano, a gente reuniu os seis temas abordados por ele mais acessados em 2018.

As indicações de uma gastroplastia ou uma cirurgia bariátrica passa pelo índice de massa corporal (IMC), principalmente quando ele está acima de 35-40, que são os índices de obesidade mórbida. Quando acima de 35, associado a uma lesão de órgão, ou a paciente é diabética ou hipertensa, tem uma lesão articular, que faz com que o cirurgião bariátrico ou cirurgião geral indique a cirurgia bariátrica, que é sinônimo da gastroplastia.

Existem algumas formas para essas cirurgias: diminuição do estômago ou intestinal, e, ainda, a mudança do ritmo do intestino em graus variados. Assim, o alimento passa mais rápido pelo estômago e pelo trato intestinal. Às vezes, tem desvios de grandes partes do sistema digestivo, onde acontece a absorção de alimentos fazendo com que o paciente emagreça com essas formas de alteração do trânsito intestinal.

Para saber mais, só clicar aqui

Cirurgia íntima, ninfoplastia ou rejuvenescimento genital. Estes são alguns dos termos que geralmente usamos para a cirurgia de órgãos genitais femininos, apesar de que, agora, existe, também, uma demanda por algumas cirurgias para órgãos genitais masculinos de forma mais regular. Ao se tratar de mulheres, a vulva tem características especiais e é um órgão que tem despertado uma preocupação no sentido de manter uma aparência mais rejuvenescida, porque, assim como todo o corpo, existe o envelhecimento desse órgão e alterações morfológicas de anatomia que acontecem durante o decorrer das fases da vida.

Para conhecer todos os detalhes desta cirurgia, só clicar aqui

 

O assunto de hoje é um tema bastante caro às mulheres brasileiras: a redução dos culotes e acentuação da cintura. O perfil idealizado pelas mulheres ao procurar os consultórios de cirurgiões plásticos brasileiros é aquele no qual a cintura aparece marcada e sem os culotes, ja que eles dão a impressão de uma pessoa mais larga, mais gordinha. Sempre procuro reafirmar para as pacientes, que você pode ter curvas, uma cintura e um bumbum bem definidos e, mesmo assim, manter-se longilínea. Por isso, é importante fazer a retirada e o enxerto da gordura de uma maneira que você consiga esse perfil longilíneo bem marcado, com a cintura bem fininha, sem culotes, de uma maneira harmoniosa sem deixar aquelas marcas através de grandes retiradas, nas quais a pele fica muito aderida ao músculo.

Para entender melhor, só clicar aqui

 

Os homens estão cada vez mais adeptos das cirurgias plásticas. Entre 2009 e 2014, o número de operações quadruplicou passando de 72 mil para 276 mil, de acordo com uma pesquisa feita pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, SBCP. “A gente vive em um momento no qual a cultura da beleza aumentou também para o gênero masculino e existe uma tendência mundial à valorização de uma vida saudável, sendo assim, o cirurgião plástico acaba entrando dentro deste fator de bem-estar e estética. Acho que esta consciência faz com que os homens desmistifiquem cada vez mais isto. Ao mesmo tempo, vivemos em um momento de liberdade, no qual estes assuntos são muito mais aceitos”, afirmou o doutor Gabriel Basílio. De acordo com ele, os procedimentos mais pedidos por estas pessoas são a lipoaspiração, a cirurgia das pálpebras e ginecomastia.

Para a coluna completa, só clicar aqui

Sorrir não é tão simples para quem nasce com fissura labiopalatina, uma má formação que tem como resultado uma abertura no céu da boca e no lábio. A cada três minutos uma criança vem ao mundo com esta deformidade que pode gerar consequências sérias em seu futuro, desde dificuldade na hora de se alimentar até problemas de comunicação e no momento da alfabetização. O Dr. Gabriel Basilio, colunista aqui do site HT, é um dos cirurgiões plásticos que trabalham na maior ONG de voluntariado médico do mundo, a Operação Sorriso, que atua em diversas comunidades na busca de inserir o indivíduo na sociedade a partir da correção desta condição. O doutor já participou de cerca de 12 missões ao redor do mundo. “Em uma missão, nada pode dar errado. Os pacientes precisam ser muito bem selecionados. É preciso ter muito cuidado quanto a saúde destas pessoas que muitas vezes não tem um suporte bom. Não acho que é o caso do México, já que é um país muito parecido com o nosso. Eles possuem profissionais capacitados, mas algumas regiões que tem uma carência. De qualquer forma, precisam estar saudáveis para serem operadas com segurança. Tudo deve ser simples, eficaz e de baixo custo”, afirmou.

Para saber mais sobre a participação de Dr. Gabriel Basílio na Operação Sorriso, só clicar aqui

Em sua coluna no site HT, o dr. Gabriel Basílio esclareceu diversas questões sobre a cirurgia craniomaxilofacial, uma subespecialidade, a qual engloba médicos da região cefálica como otorrinolaringologistas, cirurgiões de cabeça e pescoço e cirurgiões plásticos. Além de falar sobre o tema, ele ainda mostrou como o avanço da medicina tem sido essencial na qualidade de vida das pessoas culminando com os tratamentos de ponta. Nessa coluna, o cirurgião resolveu se aprofundar ainda mais no assunto ao falar sobre uma doença muito comum no Brasil, que acomete mais de dois milhões de pessoas por ano: o hemangioma. Esta enfermidade é um tumor vascular que aparece no corpo do bebê duas a três semanas após o parto. A região afetada fica vermelha e pode até mesmo deformar a face do indivíduo.

Para ler a coluna completa, clique aqui!

Contato: Dr. Gabriel Basílio

Telefone: (21) 2286-1692
Facebook: 
clique aqui
Instagram: @drgabrielbasilio

Conheça mais a trajetória de Dr. Gabriel Basílio, clicando aqui

Pesquisas relacionadas