Moda & Beleza

Minas Trend: vem conferir o Preview das marcas que irão ‘tecer futuros’ da moda na passarela

Descubra o que as marcas Anne Est Folle, Lethicia Bronstein, Denise Valadares e Victor Dzenk irão apresentar na 25ª edição do Minas Trend, semana de moda e maior Salão de Negócios da América Latina, promovidos pela Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG), entre os dias 22 e 25, no Expominas, em Belo Horizonte

Publicado em 22/10/2019 | Por Heloisa Tolipan

E todos os holofotes da moda estão direcionados para Belo Horizonte (MG), que se transforma na grande capital da moda brasileira com a 25ª edição do Minas Trend, semana de moda e maior Salão de Negócios da América Latina, promovida pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), no Expominas. O site Heloisa Tolipan foi conferir o preview das coleções que serão desfiladas nas passarelas hoje, dia 22, terça-feira, a partir do tema “Tecendo Futuros“. As marcas Anne Est Folle, Lethicia Bronstein, Denise Valadares, Victor Dzenk apresentam o Outono-Inverno 2020. E pela primeira vez em sua história, o Minas Trend terá um desfile coletivo destacando o setor têxtil. Seis indústrias mineiras do segmento apresentarão o algodão como protagonista no desfile Passarela Têxtil. Vem com a gente!

Leia também: Minas Trend: desfile de abertura tem o algodão como fio condutor das histórias da cadeia produtiva da moda

Leia também: Minas Trend: com o tema “Tecendo futuros”, o protagonismo e a força do setor têxtil para a moda ‘made in Brasil’

A Anne Est Folle batizou a coleção de Lolita Love e trará uma mensagem de otimismo e esperança, com uma energia vibrante + liberdade e leveza. Os prints com inspiração artsy e as estampas feitas à mão atrairão os olhares assim como grafites e a as estampas medievais. As franjas serão aplicadas em profusão nos casacos oversized que marcam o espírito livre inspirado na obra do poeta Charles-Pierre Baudelaire (1821-1867).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Lethicia Bronstein apostas em um mix de estilos desde a festa, passando pelo jeans, casual até alfaiataria, trazendo para a capital mineira a sua expertise. A designer criou looks com renda, seda, tafetá, tule, jeans, linho e cetim para sua nova coleção, que tem como inspiração as savanas e o lúdico no em viver a vida. E convidou uma trinca de peso para esse desfile: as top Cintia Dicker, Bárbara Berger e Renata Kuerten que darão vida a toda essa inspiração. Os acessórios serão assinados pela designer Nádia Gimenez que criou uma coleção exclusivamente para o desfile. A beleza assinada por Alê de Souza aposta em mulheres fortes, sexies, independentes e sonhadoras. Já o conceito de todo desfile, que mistura fadas com as guerreiras aborígenes, é assinado pela dupla de stylists Julia Moraes e Gabriel Fernandes, que promete um desfile sensorial permeado por cores, texturas e uma trilha sonora produzida pelo DJ Andaluz, que buscou elementos na cultura celta e na natureza, a fim de enfatizar toda a coleção.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para o Inverno 2020, a estilista, Denise Valadares e o stylist Alberth Franconaid seguem de mãos dadas e revisitam a trajetória da marca trazendo a coleção “Caminhos”, criando uma diálogo entre passado, presente e futuro que se integram com harmonia e revelam a evolução de um branding. “O passado? Marcado pelos moletons bordados. O presente um olhar para a alfaiataria. E o futuro revelará o nosso olhar consciente, especialmente em relação ao destino que a moda seguirá”, analisa Denise. A grande aposta para o Outono-Inverno 2020 é look monocromático, com destaque para o preto, o off white, o caramelo e o nude. O azul turquesa também ganhou destaque. Os bordados assumem características orgânicas e abstratas. Pedrarias e cristais criam texturas e são os responsáveis por dar pitadas de cor. Como a coleção é democrática, teremos também os bordados florais sempre como elemento chave. De olho na pauta da sustentabilidade, a designer levará à passarela peças upcycle. “Queremos mostrar que os itens que já temos em nosso armário têm total capacidade de reinvenção. Para isso, recriamos peças de nossas antigas coleções e as trouxemos de volta com novos acabamentos e bordados”, conclui.

Croqui preview Denise Valadares Inverno 2020

Para o Inverno 2020, o estilista Victor Dzenk apresenta a coleção “Odisséia“, que traz uma explosão de cores em cartela: os verdes bosques e esmeraldas, os azuis marinhos e bluestone, preto, off white, vermelho figo, madeira, terracota, amarelo, pink, rosê e caqui. O designer mergulhou no universo das sedas, chiffons, cetins, jersey, malha cirrê, tricoline, veludo, crepe, tricô, nylon dando força e vida às mulheres ousadas, exuberantes e repletas de energia. As peças carregam em sua essência a estamparia digital, um terreno que Victor domina como ninguém.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em uma ação inédita, no Minas Trend, a indústria têxtil mineira é destaque no line up dos desfiles desta terça-feira na semana de moda e maior Salão de Negócios da América Latina. A apresentação ‘Passarela Têxtil‘ irá enfatizar a importância do algodão para a cadeia produtiva da moda em um desfile coletivo. Com a proposta de destacar a força e resistência da matéria-prima, seis indústrias mineiras, Cedro Têxtil, Tear Têxtil, Fabril Mascarenhas, Santanense, Cataguases e São Joanense, apresentarão 30 looks produzidos em parceria com o SENAI Modatec – centro de referência de criação e produção do vestuário do Sistema FIEMG – que atua na formação de profissionais para a indústria de confecção de roupas, calçados, bolsas e joias.

“Queremos trabalhar as transformações do ser humano por meio de uma matéria-prima que é leve e ao mesmo tempo resistente. As roupas confeccionadas em algodão são peças duráveis que carregam histórias e emoções, podendo ultrapassar gerações”, explica Davi Leite, stylist do desfile.

Toda a coleção foi pensada com o intuito de reaproveitar os resíduos da produção. Além disso, os looks criados são customizáveis e podem ganhar novas formas, transformando uma peça em várias outras. A beleza leva a assinatura de Ricardo dos Anjos e direção por Bill Macintyre. A criação e o desenvolvimento são de Amanda Leão e Alba Lima. A canção “Sonhos que podemos ter” do grupo Engenheiros do Hawaí, conduzirá o desfile em sinergia com o tema “Tecendo futuros“.

* O projeto “Os Clássicos estão na moda” é realizado com recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura, por intermédio do patrocínio da CEMIG.

Leia também – Minas Trend: público participará gratuitamente de palestras como parte atuante do “tecer o futuro da moda”

Leia também – Minas Trend: Norteada por tema Tecendo futuros, 25ª edição brinda público com projeto ‘Os clássicos estão na moda’

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pesquisas relacionadas

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,