Moda & Beleza

4ª Feira de Talentos do SENAI CETIQT reúne 300 estudantes e empresas dos segmentos de moda e química

A instituição reuniu representantes e palestrantes de diversas empresas para falar sobre o mercado de trabalho. Além do ensino e capacitação, a Faculdade proporcionou uma conexão maior ainda entre o aluno e a indústria, gerando mais oportunidades de emprego

Publicado em 28/09/2018 | Por Ana Clara Xavier

Os alunos de Design de Moda, Engenharia Química e outros cursos do SENAI CETIQT, em conjunto com estudantes de outras universidades e escolas estaduais do Rio de Janeiro, tiveram a oportunidade de se aproximar do mercado de trabalho no qual pretendem atuar. Realizada na unidade Riachuelo pela Coordenação de Inovação Educacional nessa quinta-feira (27/09),  a 4ª Feira de Talentos contou com a presença de empresas dos segmentos de moda, têxtil, confecção e química. Na ocasião, os representantes mostraram um pouco de sua atuação no mercado, divulgaram vagas de estágio e receberam o currículo dos jovens para futuras oportunidades. Companhias especializadas em recrutamento e seleção, como o Grupo Seres e o Grupo Capacitare, a Fundação Mudes e o Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), também marcaram presença, divulgando ofertas de emprego disponíveis e cadastrando novos talentos em suas plataformas. Além disso, um porta-voz do Ministério do Trabalho realizou o agendamento para emissão de carteira de trabalho e tirou dúvidas dos universitários sobre questões trabalhistas.

Leia: SENAI CETIQT viabilizando oportunidades: Ex-aluno de curso técnico Lucas Bueno integra o mundo da moda com menos de seis meses de formado

Os alunos tiveram a oportunidade de se inscrever em programas de estágios em empresas renomadas (Foto: Divulgação)

Os alunos tiveram a oportunidade de se inscrever em programas de estágios em empresas renomadas (Foto: Divulgação)

Vanessa Olímpia, coordenadora de gente e gestão do Grupo S2 Holding – que representa a Cantão, Redley, Kenner e Bisi – falou sobre a importância do evento. “Viemos convidar os estudantes para conhecerem nossas marcas e informar que nossas vagas estão abertas. A intenção é promover interação com esse público, que mantém viva a nossa essência. É daqui também que saem os profissionais que precisamos para dar conta de tantas especificidades do mercado. Sabemos que aqui, no SENAI CETIQT, eles são muito bem preparados”, afirmou Vanessa, que possui em sua equipe diversos profissionais formados pela instituição.

Leia: SENAI CETIQT inova mais uma vez e cria ‘Corrida Do Conhecimento’, projeto de capacitação que ainda oferece prêmios

Os estudantes conseguiram conversar com representante de várias empresas, o que diminuiu a distância entre eles e a indústria, criando reais oportunidades (Foto: Divulgação)

Marcas como Oficina Reserva, Ateen, La Estampa, Criar Uniformes, Lartex, Agatha, Zux, Ocyan e Lifetex também participaram da Feira. Enquanto isto, empresas como Reserva, Farm, Osklen, Inbrands, Armadillo, Botswana, Farmoquímica, Goodyear, Fapes e Korn Ferry divulgaram os perfis de vagas disponíveis para que os alunos pudessem se candidatar. “Se não tivéssemos feito essa mobilização, talvez os alunos não tivesse o conhecimento destas oportunidades aqui ofertadas. Com esta iniciativa, estamos concentrando esforços para mostrar as empresas os nossos talentos e, assim, gerar reais chances de emprego”, afirmou Ana Claudia Lopes, coordenadora do curso de Design de Moda do SENAI CETIQT.

Saiba: Diretor-executivo do SENAI CETIQT, Sérgio Motta investe em inovação tecnológica e posiciona instituição como líder do mercado

Bernardo Queiroz, coordenador de Inovação Educacional do SENAI CETIQT, também enfatizou a importância de aproximar os alunos das indústrias, criando networking entre eles. “Proporcionamos um contato direto com as empresas e suas áreas de Recursos Humanos. Além disso, promovemos capacitações por meio de palestras voltadas para o empreendedorismo, inovação, gestão e liderança a fim de estimular o estudante a montar o seu próprio negócio. A partir disto, ainda oferecemos uma formação complementar para que possam encarar o mercado de trabalho”, garantiu.

Saiba: SENAI CETIQT oferece curso de pós-graduação em design de produto de moda que é referência no mercado nacional

Leia: SENAI CETIQT inova em aula magna de Engenharia Química para a geração millenium

Os estudantes assistiram também palestras sobre diversos temas com o foco para o mercado de trabalho (Foto: Divulgação)

Os estudantes assistiram também palestras sobre diversos temas com o foco para o mercado de trabalho (Foto: Divulgação)

Na parte da manhã, as palestras citadas por Bernardo foram realizadas simultaneamente em dois auditórios. Para os alunos de Engenharia Química, Suzana Borschiver, representante da Associação Brasileira de Engenharia Química, e José Marcos Ferreira, representante da Fábrica Carioca de Catalisadores, falaram sobre a atuação do engenheiro químico, desde a indústria até as mais recentes pesquisas na área. Enquanto isto, os estudantes de moda prestigiaram o seminário de Daniela Moritz, coordenadora do núcleo de estilo da FARM, que falou sobre as múltiplas áreas de atuação do designer. “Há um universo muito vasto dentro do Design de Moda e muitas vezes as pessoas só enxergam o lado da criação de uma roupa bonita. Muitos processos envolvem este desenvolvimento, já que a moda comunica de diversas maneiras”, contou a coordenadora da Farm. Além disso, a professora do SENAI CETIQT, Rosa Lucia de Almeida, mais conhecida como ‘Rosa Basin’, também conversou com os universitários e os inspirou a criarem um portfólio com os seus trabalhos.

Leia:  SENAI CETIQT: Aula magna de design de moda mostra aos jovens a ênfase da união de forças pela excelência da vida acadêmica

Leia: SENAI CETIQT oferece cursos de curta duração do setor têxtil e químico criados a partir de necessidades da indústria: “Identificamos as demandas do mercado para que os alunos saiam empregados”, afirma Celso Soares Junior, coordenador da escola técnica

Os alunos tiveram a chance de entender melhor quais as propostas das empresas (Foto: Divulgação)

Os alunos tiveram a chance de entender melhor quais as propostas das empresas (Foto: Divulgação)

No período vespertino, Tatiana Quevedo, diretora industrial da Lartex, ministrou a palestra ‘Se a minha empresa falasse’. Com uma ótica reversa, ela falou sobre o que as indústrias esperam dos profissionais e quais as habilidades e competências que precisam ter para se destacar na entrevista de emprego ou quando já atuam em uma empresa. “Muitas vezes as pessoas perdem oportunidades por não saberem o que a empresa espera delas. Em várias ocasiões, estudantes ou formandos participam de um processo seletivo sem nenhum preparo, sem postura assertiva”, falou Tatiana.

E também: Representantes de grandes empresas do mundo da moda discutem o futuro do setor têxtil e de confecção em MBI inovador promovido pelo SENAI CETIQT

Leia: União de forças: SENAI CETIQT faz parceria com a ABIT e apresenta no Inspiramais planta de confecção 4.0 que promete revolucionar o consumo e a produção de moda

Os estudantes bateram um papo com profissionais mestres na área que almejam entrar (Foto: Divulgação)

Os estudantes bateram um papo com profissionais mestres na área que almejam entrar (Foto: Divulgação)

Leia: SENAI Cetiqt desenvolve projeto inovador de mentoria para seus alunos que reúne profissionais de grandes empresas como Dafiti, Audaces, Calvin Klein e Grupo Soma. Vem saber! 

Já a consultora do CIEE, Ana Paula Monteiro Coelho, apresentou aos estudantes as etapas e novos métodos do processo seletivo. E encerrando o evento, Debora Neves, Enfermeira do SESI/FIRJAN, que atua no SENAI CETIQT, ministrou a palestra ‘Sua vida tem valor’, tendo como gancho o mês de prevenção ao suicídio, conhecido como Setembro Amarelo. “Os estudantes passam por muita pressão nesse período de faculdade, seja pela procura de estágio, emprego, seja pelos projetos que precisam desenvolver ou pelos prazos apertados. Ficam com os sentimentos bagunçados, o que muitas vezes os levam à doenças emocionais, como a ansiedade e a depressão. Essa palestra é importante para ajudá-los a concentrar energia naquilo que realmente é importante e que nos faz feliz, e não naquilo que o entorno nos cobra”, disse Daniel Voltaire, aluno do curso de Design de Moda e vice-presidente do DCE (Diretório Central dos Estudantes) do SENAI CETIQT.

Relembre: A revolução da confecção 4.0 do SENAI CETIQT aterrissa no Minas Trend, maior semana da moda criativa do país 

Leia Mais: Em busca de um mercado mais inteligente e competitivo, SENAI CETIQT promove MBI em confecção 4.0 para propagar conceito do futuro no setor

Pesquisas relacionadas