Gente & Comportamento

Guinness World Records: Ortobom bate recorde mundial de dominó humano com colchões em parceria com Caldeirão do Huck

Foi pura adrenalina e olhos atentos à televisão durante o programa de Luciano Huck, na Globo. Todos nós acompanhamos cada um dos 2019 colchões caírem maciamente e apoiarem uma a uma das 2019 pessoas que estavam à frente. Em tempo: to-dos os colchões serão doados à instituições de caridade!

Publicado em 17/08/2019 | Por Heloisa Tolipan

O Brasil e o mundo assistiram hoje, dia 17 de agosto de 2019, a Ortobom em uma ação inédita, em parceria com o “Caldeirão do Huck”, bater o recorde mundial de dominó humano com colchões e ser reconhecida pelo Guinness World Records. Foi pura adrenalina e olhos atentos à televisão durante o programa de Luciano Huck, na Globo. Todos nós acompanhamos cada um dos 2019 colchões caírem maciamente e apoiarem uma a uma das 2019 pessoas que estavam à frente e colaboraram para esta empreitada. Em tempo: to-dos os colchões serão doados à instituições de caridade!

O dominó humano de colchões (Foto: Divulgação TV Globo)

Leia mais – Com foco preservação + educação ambiental, parceria Ecobalsas e Ortobom realiza ações sustentáveis e de bem-estar

O projeto foi desenvolvido em conjunto com a equipe de produção e direção do programa “Caldeirão do Huck“. Total ênfase ao raciocínio lógico, estratégia, tomada de decisões e resolução de problemas. E todas as etapas elas foram executadas perfeitamente e com total empatia entre os participantes. Sorrisos e mais sorrisos ficaram eternizados naqueles momentos que, olhando atentamente a tela da TV, a gente era capaz de sentir a sinergia. Foi bonito ver o dominó suave tal qual uma pluma ao vento. Vida e conforto batendo recorde.

É do Brasil o recorde mundial de dominó humano de colchões segundo o Guinness (Foto: Divulgação TV Globo)

Leia mais – Ortobom comemora 50 anos e presenteia clientes com o ‘Manual do Sono Mamãe & Bebê, uma revista virtual completa

Para organizar o jogo gigante, as equipes ocuparam todo espaço de um dos pavilhões do Riocentro, em Jacarepaguá, que conta com uma metragem de mais de 21 mil m².

“Estamos comemorando o aniversário de 50 anos da Ortobom de uma maneira inédita e solidária. Quebramos o recorde registrado pelo Guinness e fizemos o maior dominó humano com 2019 colchões. Os produtos ainda serão doados para instituições de caridade do Brasil”, contou Reinam Ribeiro, Gerente de Marketing da Ortobom.

Segundo Eduardo Becker, diretor de Soluções Integradas de Negócios em Conteúdo da Globo, “esse é um projeto de conteúdo que certamente ficará marcado para sempre e não apenas pela presença no Guinness World Records. Todo esforço e trabalho dos times comerciais e de produção de conteúdo da Globo e a parceria com a Ortobom, que viu na ação uma oportunidade de celebrar seus 50 anos, nos mostra que não há limites para o desenvolvimento de histórias que entretenham e surpreendam as pessoas e nem mesmo para as possibilidades para que as marcas embarquem nelas para conversar e engajar seus consumidores”.

Luciano Huck e os 2019 colchões da Ortobom e os brasileiros que contribuíram para o recorde mundial (Foto: Divulgação TV Globo)

Para Hélio Vargas, diretor artístico do “Caldeirão do Huck“, “foi um desafio em todos os sentidos, desde os primeiros estudos sobre o local para montar a prova, passando pela triagem e colocação correta dos participantes, até chegar nos detalhes finais de captação e posicionamento ideal para as 17 câmeras utilizadas durante o evento. Esperamos bater mais recordes como esse”.

A Ortobom, maior franqueadora de colchões do mundo e maior fabricante de colchões da América Latina, está comemorando 50 anos em 2019. A empresa orgulha-se de ser brasileira e de mostrar ao mundo que o país é capaz de produzir produtos de alta qualidade. Ao longo de sua história recebeu mais de 90 prêmios como Top of Mind, Top of Quality Brazil, entre outros – como melhor marca ou melhor loja de colchão. A label está presente em todos os estados brasileiros, representada com 17 fábricas e cinco mil pessoas envolvidas no processo de produção. São mais de 36 mil pontos de venda, que comercializam mais de 220 variedades de produtos, todos submetidos a testes rigorosos que confirmam sua resistência e durabilidade.

A empresa produz mais de seis milhões de colchões por ano, consumindo mais matéria-prima do que Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile e Colômbia, juntos. Nessas cinco décadas de história, a Ortobom acumulou a produção de mais de 140 milhões de colchões. Um número tão expressivo que se colocássemos todos os colchões lado a lado seria o equivalente a seis voltas e meia no globo terrestre.

 

Pesquisas relacionadas