Cinema & TV

“Precisamos readaptar a forma de fazer humor e reaprender o significado da palavra respeito”, diz Cacau Protásio

Iniciando o processo de filmagem, a atriz vai protagonizar o longa no estilo comédia 'A sogra perfeita". “Amo minha casa, gosto de passear muito. Só sinto isso quando realmente tenho muita intimidade, normalmente sou bem tímida mesmo”, revela a humorista. Cacau, se define em três palavras: amor, compaixão e respeito

Publicado em 04/11/2019 | Por Heloisa Tolipan

*Por Domênica Soares

Sucesso no humor brasileiro, Cacau Protásio que já participou de grandes produções, como “Vai Que Cola”, parte 1 e 2, e “Farofeiros”, chega com tudo para dar vida à sua nova personagem, Neide no longa-metragem “A sogra perfeita”. Uma mulher batalhadora que venceu na vida e, atualmente, é dona de um dos melhores salões de beleza de São Paulo. Desde que se separou de seu marido, sonha em viver sozinha e aproveitar seus momentos, mas para isso, vai precisar casar seu filho para atingir a tão sonhada liberdade. Com produção da Paris Entretenimento, direção de Cris D’Amato, roteiro de Flávia Guimarães e Bia Crespo, o filme promete conquistar o público com muita gargalhada e confusão. Também estão no elenco André Mattos, Luis Navarro, Evelyn Castro, Polliana Aleixo, Marcelo Laham, Roberta Freitas, Inah de Carvalho, Rodrigo Sant’Anna, entre outros. “A essência do filme é engraçada, porque ao mesmo tempo que a mãe ama e protege os filhos, ela quer que todos saiam de casa. Eu não sou mãe na vida real, então não tenho esse sentimento aflorado, mas vamos ver qual será o rumo dessa história e juntos”, comenta. 

A atriz fala sobre a mudança do humor na sociedade atual (Foto: Fabio Braga)

Em entrevista exclusiva ao site Heloisa Tolipan, Cacau conta que sempre teve sorte com sogra e sogro. “Não tenho o que reclamar dos meus. São maravilhosos, pensam sempre na família, me recebem muito bem com amor de sobra. Eu já ouvi pessoas falando coisas absurdas relacionadas a esse grau de parentesco, mas eu sempre tive bastante sorte”, conta a atriz. No longa-metragem, Neide está chegando aos 45 anos e já realizou um grande sonho: ter um salão de beleza reconhecido na cidade de São Paulo. Desde que se separou do marido Jailson (André Mattos), que era encostado, e, ela, depois de ajudar os filhos a ingressarem em uma faculdade começou a sonhar em viver sua solteirice de forma mais intensa. Contudo, o mais velho, Fábio Júnior (Luís Navarro), nem começou a pensar em sair da casa da mãe, o que acaba atrapalhando os planos de Neide. Enquanto isso, seu filho mais novo Paulo Ricardo (Fernando Rubro), vive em Campinas, em São Paulo, e é um advogado bem sucedido. Além do mais, ainda existe um agravante na vida de Neide: a profissão de Fábio Júnior é testar games e ele passa dia e noite em frente ao computador, o que deixa Neide mais angustiada ainda porque não consegue enxergar expectativas do filho conhecer alguém para se casar. A partir dessa história, o resto da trama se inicia na busca incansável de Neide para encontrar uma esposa para seu filho. 

Gravações do filme “A Sogra Perfeita” em São Paulo (Foto: Fabio Braga)

Cacau Protásio iniciou sua carreira no ano de 2000, após decidir trancar sua faculdade de pedagogia e depois disso não parou mais. Fez muitas participações nesses 19 anos e ganhou destaque no mercado do humor no Brasil. Zezé (Avenida Brasil) e Terezinha (Vai que Cola), foram os personagens mais aclamados pelo público. Como não lembrar da empregada Zezé que vivia cantando e dizendo pérolas à patroa Carminha (Adriana Esteves). Já em Vai que Cola, seu papel foi interpretar a inigualável Terezinha, na companhia de Paulo Gustavo,Marcus Majella, Fiorella Mattheis, Samantha Schmütz e grande elenco, que vivem uma história envolvente na pensão da dona Jô (Catarina Abdala), no Méier, Zona Norte do Rio. Presente no humor, Cacau analisa o cenário do politicamente correto no qual estamos vivendo e fala sobre essa transição de humor pela qual os programas de TV e internet estão passando. “Realmente estamos passando por mudanças e eu acho isso bom, porque a falta de respeito reinou por muito tempo aqui. A gente precisa reaprender e se readaptar. Se fizer alguma coisa que incomodou alguém, peça desculpa. Tem horas que talvez seja chato, mas quando as pessoas passarem a se colocar no lugar do outro, esse aspecto vai passar a mudar e evoluir cada vez mais. Precisamos voltar a aprender o significado da palavra “respeito”. Isso é essencial”, afirma.

Cacau Protásio protagoniza o longa “A Sogra Perfeita”, cujas filmagens já tiveram início (Foto: Fabio Braga)

Cacau busca acompanhar essas mudanças e adequar seu humor para que realmente leve alegria às pessoas e não incômodos. Mas apesar de ser conhecida por suas piadas e espontaneidade, fora dos palcos é uma pessoa tímida, que vive muito na sua individualidade com sua família. “Amo minha casa, gosto de passear muito. Sou diferente do que vocês veem na televisão, mas meus amigos mais próximos dizem que sou engraçada. Só sinto isso quando realmente tenho muita intimidade, normalmente sou bem tímida mesmo”, revela a humorista. Cacau, se define em três palavras: amor, compaixão e respeito. É uma pessoa muito observadora e busca sempre aprender com as pessoas à sua volta, fazendo dela uma super artista que corre atrás de evoluir com frequência. Ela conta que quando assistia televisão, conseguia se ver ali dentro e com o tempo percebeu que era nesse lugar que queria estar. “A televisão e o teatro me chamaram e me receberam muito bem. Sou muito feliz em poder viver desse trabalho. Se eu morrer hoje, fui feliz e realizei todos os meus sonhos. A única exceção em minha vida foi ter optado por não ser mãe, mas tenho tantos afilhados que posso dizer que de fato sou realizada. Meu sonho é ser feliz, viver a vida, estar perto da minha família e trabalhar com o que amo”, concluiu.

Pesquisas relacionadas