Cinema & TV

“Melhores do ano” premia destaques de 2015 com direito a recado político de Cássia Kis: “O presidente é nosso empregado, tem obrigações conosco”

Atores, atrizes, cantores e jornalistas levaram troféus para casa. “A regra do jogo” faturou os dois prêmios principais da noite: Alexandre Nero e Giovanna Antonelli levaram melhor ator e atriz

Publicado em 14/12/2015 | Por Karina Kuperman

Cássia Kis não levou o troféu de melhor atriz coadjuvante dos “Melhores do ano” no “Domingão do Faustão”, mas chamou atenção durante a premiação nesse domingo, 13. Ao final, todos os atores concorrentes subiram juntos ao palco e o apresentador perguntou, individualmente, o que cada um deles desejava para o ano que está chegando. Entre muitos pedidos de “amor”, “paz” e “alegrias”, a atriz, que recentemente brilhou na pele de Djanira em “A regra do jogo”, criticou a política brasileira: “Desejo que o governo do nosso país se pergunte qual a sua função. Somos nós que pagamos o governo, o presidente é nosso empregado, ele tem obrigações conosco”, esbravejou.

trofeu

O troféu desejado (Foto: Reprodução/Gshow)

Um dos prêmios mais esperados da TV, o “Melhores do ano” homenageia atores que fizeram sucesso entre o público com seus trabalhos. O primeiro troféu foi para Mel Maia, que levou o prêmio de “Atriz Mirim” pela personagem Felícia, de “Além do Tempo”. A atriz concorreu ao lado de João Gabriel D’Aleluia, o Chico da mesma trama, e Sabrina Nonata, de “Babilônia”. “Eu dedico esse prêmio ao Kadu Schons, que está ao meu lado nesse trabalho”, destacou Mel, sobre o intérprete de Alex.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Rodrigo Sant’anna levou o troféu na categoria comédia, desbancando Leandro Hassum e Marcelo Adnet. No jornalismo, a vencedora foi Renata Vasconcellos, que disputou com Maju Coutinho e Sandra Annenberg. Muito emocionada, a apresentadora declarou que não esperava a vitória. “Tenho muito respeito pelo que faço. É muita responsabilidade levar a notícia ao público todos os dias”, disse. A categoria “Melhor atriz de minissérie” teve nomes de peso: Paolla Oliveira, Fernanda Torres e Taís Araújo disputaram o voto do público, mas foi a intérprete de Danny Bond na série “Felizes para sempre?” quem levou a melhor.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A novelinha teen “Malhação” também saiu vitoriosa da premiação. Rafael Vitti, intérprete de Pedro, levou o troféu de “ator revelação” e Isabella Santoni, que viveu Karina, seu par romântico, desbancou as poderosas Camila Queiroz e Agatha Moreira – para surpresa de muitos fãs de “Verdades Secretas”, que reagiram nas redes sociais, e recebeu o prêmio de “atriz revelação”. “Eu realmente não esperava ganhar delas duas e de ‘Verdades secretas’, embora ‘Malhação’ tenha sido um sucesso”, declarou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mas, como não poderia deixar de ser, a trama de Walcyr Carrasco também foi premiada. Grazi Massafera desbancou Cássia Kis e Bruna Linzmeyer e levou o troféu por sua entrega como Larissa, a modelo que se envolveu com drogas. Grazi, que já tinha ganhado na categoria “atriz revelação”, em 2007, agradeceu à equipe da novela e à emissora que, de acordo com ela, “foi sua escola”. “Dedico a toda equipe de ‘Verdades secretas’, porque nessa novela me apaixonei por todos. Obrigada ao nosso núcleo, da cracolândia, porque foi muito difícil e é importante olhar para isso que é um drama social enorme. Esse prêmio é muito importante para mim por vários motivos, um deles por ser aqui na casa, onde estão meus professores. Nem tudo foram flores, sofri muitos preconceitos, mas isso serviu de mais foto, desejo e vontade, porque essa profissão é muito mais do que isso”, disse. Rainer Cadete também representou o sucesso de “Verdades Secretas” ao levar para casa o prêmio de “Melhor ator coadjuvante”, categoria que disputou com Tonico Pereira e Juliano Cazarré.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vladmir Brichta ganhou o prêmio de “Melhor ator de série”, deixando para trás Lázaro Ramos e Enríque Diaz. O troféu fechou com chave de ouro a série “Tapas & Beijos”, em que interpretou Armani por quatro anos. A “música do ano” foi “Hoje”, de Ludmilla, que venceu “A noite”, de Tiê e “Escreve aí”, de Luan Santana. Se o guapo sertanejo não venceu essa categoria, as fãs não deixaram para menos e a votação popular lhe rendeu o troféu de cantor do ano.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Antes dos principais prêmios da noite, o programa fez uma homenagem aos falecidos no ano de 2015 no “clipe da saudade” e citou nomes como Roberto Talma, Carlos Manga, Ada Chaseliov, Odete Lara, Antonio Abujamra, Inezita Barros, Claudio Marzo, Susana de Moraes, Joge Loredo, Beatriz Thielmonn, Elias Gleiser, José Rico, Cristiano Araújo, Betty Lago, Sandra Moreira, Yoná Magalhães, Luiz Carlos Miele e Marília Pêra.

O bloco seguinte também foi de grandes emoções. Na categoria ator, disputaram os talentosos Rafael Cardoso, o Felipe de “Além do tempo”, Rodrigo Lombardi por seu Alex em “Verdades Secretas” e Alexandre Nero, o Romero de “A regra do jogo”. Nero levou o prêmio e, muito surpreso, confessou que não esperava. “O personagem do Rodrigo foi muito popular e o Rafael está na novela linda do Papinha (Rogério Gomes, diretor de “Além do tempo”), meu ídolo. O Romero é meio bunda mole, as pessoas votam muito mais por personagem do que pelo ator. Eu nunca pensei que ganharia, vim tomar umazinha nesse open bar e comer uns croquetes só”, disse ele, emendando agradecimentos: “Muito obrigada a todos que estão comigo nesse trabalho. Amora (Mautner, diretora da novela),eu te amo e te odeio. Quero trabalhar com você a vida inteira. Giovanna (Antonelli), Tonico (Pereira), Cássia Kis, Drica Moraes, você não está na novela mas eu te beijei também”, disse, ao ver a imagem da colega direto da câmera dos bastidores.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em seguida, Ivete Sangalo, Claudia Leitte e Anitta disputaram a categoria “melhor cantora”. A poderosa levou a melhor e ainda colocou todo mundo para dançar seu novo hit “Bang”. Dos bastidores, tanto as concorrentes na categoria como os atores e atrizes se empolgaram e mostraram que a coreografia já pegou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A última categoria premiou a “melhor atriz de novela” do ano. Na disputa, as gigantes Alinne Moraes, Drica Moraes e Giovanna Antonelli, que, antes mesmo de ganhar o troféu, endossou: “Nós não estamos aqui concorrendo, estamos compartilhando”. Foi com essa mesma generosidade que a atriz subiu ao palco para receber seu prêmio. Aplaudida de pé pelo público e ovacionada a cada frase, Giovanna se emocionou ao lado de Fausto Silva. “Se eu pudesse beijar o coração de cada um aqui, eu faria. Foram vocês quem me trouxeram aqui durante todos esses anos e eu sou só gratidão”, disse, antes de mais palmas e assobios. “Poderia morrer hoje que eu morreria feliz”, constatou, com os olhos marejados. Entre elogios do apresentador, a atriz fez questão de agradecer ao público e à equipe da novela. “Eu trabalho, me dedico e tento me reinventar sempre para vocês. Ninguém ganha um prêmio sozinha, então eu só tenho a agradecer à equipe, direção, todos nessa novela. E tem uma pessoa que eu amo, que é o Alexandre Nero, meu parceiro e o Tonico. Os dois me ajudam muito em cena, são o meu suporte”, declarou.

giovanna_antonelli_melhores

Giovanna Antonelli: a melhor atriz de 2015 foi ovacionada pelo público (Foto: Reprodução/Gshow)

Fausto Silva chegou a dizer que se Giovanna levanta o público, é porque ela merece, já que, além do talento, faz diversos trabalhos de caridade pelo país. “Fazer coisas boas e olhar para o outro é o mínimo”, destacou a atriz do ano. Se Faustão pediu para que cada ator dissesse o que deseja para 2016, fica aqui nosso desejo: mais pessoas que pensem como Giovanna. Veja mais fotos na galeria abaixo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pesquisas relacionadas