Cinema & TV

Enquanto elenco de “A regra do jogo” reverencia Amora Mautner na festa de lançamento da trama, ela diz: “Sinto que será melhor que ‘Avenida Brasil'”

Enquanto o elenco aproveita as oportunidades com a famosa caixa cênica e a liberdade de improvisar, tudo indica que vem aí uma novela para redefinir os padrões da teledramaturgia nacional, que já começou em um evento com direito a apresentação de Juliano Cazarré (MC Merlô) sem camisa e Susana Vieira descendo até o chão

Publicado em 28/08/2015 | Por João Ker

Lustres enormes, peças de tabuleiro de xadrez gigantes, palco com holofotes e a vista para a orla da Zona Sul do Rio de Janeiro: foi assim, no Clube Costa Brava, no Joá, que rolou a festa de lançamento de “A regra do jogo”, na noite de ontem, quinta-feira, (dia 27). Escrita por João Emanuel Carneiro e dirigida por Amora Mautner – a mesma dupla responsável pelo sucesso internacional de Avenida Brasil”, a trama promete alavancar a audiência do horário nobre global e, no evento, o elenco apresentou um teaser estendido da novela que só fez crescer ainda mais essa certeza. Com direito a show do Dream Team do Passinho, performance de MC Merlô (personagem de Juliano Cazarré na trama) e Susana Vieira descendo até o chão, HT, claro, esteve por lá e conta tudinho abaixo.

Como você já leu aqui, uma das grandes novidades da trama tem sido o uso da caixa cênica, técnica usada comumente em reality shows, que espalha câmeras escondidas pelo set, ao mesmo tempo em que deixa o elenco transitar livremente pelo cenário. “O resultado não poderia ser melhor, os atores estão todos felizes”, comentou Amora Mautner sobre o projeto. Claro, o que não faltaram foram perguntas sobre a responsabilidade de resgatar a audiência do horário nobre da TV, ao que ela respondeu: “Se a novela for um sucesso, não é mérito apenas meu, mas de toda a equipe. Eu acho que o importante é ter história. Faço aquilo que eu acredito, não me preocupo com audiência ou com o que vão pensar. Mas, realmente, acho que essa vai ser melhor do que ‘Avenida Brasil’, porque o João trouxe um mix de tudo o que já havia feito antes”, explicou.

João Emanuel Carneiro e Amora Mautner, roteirista e diretora de "A regra do jogo" (Foto: AgNews)

João Emanuel Carneiro e Amora Mautner, roteirista e diretora de “A regra do jogo” (Foto: AgNews)

Amora ainda acrescentou que foi a várias comunidades para conseguir novos atores que “não tivessem vícios” da profissão, porque prefere um resultado mais orgânico na tela. E já que todas essas técnicas servem para diminuir o tom de ficção da trama, será que a diretora sente falta de realidade nas novelas atuais? “Sinceramente, eu não tenho assistido às outras novelas, até por que sou muito centrada. Mas, as minhas referências, eu tiro muito de séries, porque sou viciada!”. Alguns dos títulos? “‘Breaking Bad’, ‘House Of Cards’ e ‘The Sopranos’, clar. Também revi toda a filmografia do David Fincher e do Steven Soderbergh antes dessa novela, e ainda me inspirei muito em John Cassavetes e em uma técnica usada pelo Lars Von Trier em ‘Dogville'”, revelou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Alguns toques de Fincher ficaram claros durante o teaser apresentado, principalmente nas cenas sobre o crime organizado, que traziam fortes referências a Clube da Luta” (“Fight Club”, 1999). E, pela empolgação do público durante o vídeo – que nem percebeu quando Ricardo Pereira, José de Abreu e mais algumas pessoas saíram do salão para ajudar a preparadora de elenco, que estava passando mal -, uma das grandes atrações promete ser a interação entre Atena (Giovanna Antonelli) e Romero Rômulo (Alexandre Nero). A atriz, que já falou sobre o papel com HT aqui, ainda comentou sobre a mudança de visual para a vilã: “Eu adoro mudar e faria de tudo por um personagem, gente. Até ficar careca!”, riu.

Giovanna Antonelli na festa de "A regra do Jogo" (Foto: AgNews)

Giovanna Antonelli viverá a vilã Atena em “A regra do Jogo” (Foto: AgNews)

Renata Sorrah, que recentemente completou 50 anos de carreira, foi só elogios à caixa cênica e à liberdade que tem tido na hora de interpretar: “Essa ideia é sensacional! Acho que a Amora não é apenas uma diretora corajosa, mas também uma mulher corajosa”, disse a atriz, que também comentou sobre o sucesso que sua personagem Nazaré Tedesco, de Senhora do destino” (2004), faz até hoje nas redes sociais. “Eu uso bastante o Instagram e estão sempre me mandando alguma coisa. Eu acho sensacional! E não é só da Nazaré, da Heleninha [Roitman, personagem alcoólatra em Vale Tudo”, de 1988] também!”.

Renata Sorrah durante a festa de lançamento da novela "A regra do jogo" (Foto: AgNews)

Renata Sorrah durante a festa de lançamento da novela “A regra do jogo” (Foto: AgNews)

Cauã Reymond, que momentos antes estava berrando a plenos pulmões que ama Amora Mautner pelos corredores (e sendo correspondido no mesmo volume pela diretora) explicou um pouquinho sobre o cunho de seu personagem, Juliano, que terá um romance com Toia (Vanessa Giácomo), ao mesmo tempo em que defende o pai (Tony Ramos) das acusações de bandido em “A regra do jogo”: “Esse é um mocinho tradicional, que tem uma virada inesperada logo na primeira parte da trama. É um cara com caráter e eu fico muito feliz e satisfeito de ter esse papel, porque eu acabei de filmar ‘Dois Irmãos’, uma minissérie na qual eu interpretei gêmeos e que tinha um tom quase de tragédia tropical. Ele é um justiceiro do bem e um herói”, ressaltou. Mas nem tudo são flores para Juliano que, como o ator explicou, terá um lado mau. “Ele vai vir forte na ideia de vingança e não vai desistir”, pontuou.

Cauã Reymond explicou que o mocinho Juliano vivido por ele em "A regra do jogo" buscará "vingança desenfreada" (Foto: AgNews)

Cauã Reymond explicou que o mocinho Juliano vivido por ele em “A regra do jogo” buscará “vingança desenfreada” (Foto: AgNews)

Cauã ainda comentou um pouco sobre sua vida pessoal, afirmando que não se irrita com os paparazzi, porque fazem parte da profissão, mas que corrupção é um assunto que o tira do sério. “Eu fico muito preocupado com isso, porque as pessoas não fazem nada. E um dos valores que eu vou tentar passar com esse mocinho é de que honra e caráter são valores que a gente precisa apreciar. Até por que, pelo menos há mais de uma década, a sociedade brasileira aprecia muito os vilões. Claro, esses personagens são muito ricos e maravilhosos, levam o ator para todos os lugares dentro da profissão, mas eu fico um pouco preocupado com a nossa intolerância para a corrupção. Todo mundo é condenado e fica preso em casa?!”, desabafou.

Suzana Pires viverá a manicure Janete em "A regra do jogo" (Foto: AgNews)

Suzana Pires viverá a manicure Janete em “A regra do jogo” (Foto: AgNews)

No outro salão, Suzana Pires, equilibrada em cima de um par de saltos Christian Louboutin, comentou com HT que e impossível ser dirigida por Amora e ler um texto de João Emanuel – o qual a fez até desenvolver sua percepção como autora – sem querer levar o máximo de realidade para o set. “Eu fiz um laboratório para viver a Janete, fui a um salão de Curicica e aprendi a colocar unha de gel, porque me dei conta que sendo apenas a manicure tradicional a minha personagem não conseguiria sustentar uma casa com oito filhos”, explicou a atriz, que também foi só elogios à nova técnica desenvolvida no set. Momentos depois, ela já estava trocando ideias com Marcello Novaes. O ator, que participou também de “Avenida Brasil”, contou ao site HT que não há nenhuma semelhança entre seus personagens nas duas tramas, mas que estava muito feliz por voltar à comédia: “Depois de muito tempo, estou retornando ao gênero, o que tem sido um desafio, mas tem me deixado muito feliz”.

Marcello Novaes comentou que personagem em "A regra do jogo" é completamente diferente do que viveu em "Avenida Brasil" (Foto: AgNews)

Marcello Novaes comentou que personagem em “A regra do jogo” é completamente diferente do que viveu em “Avenida Brasil” (Foto: AgNews)

Monique Alfradique também não ficou de fora, comentando sobre a liberdade durante as gravações: “Você tem que entrar pronta para qualquer coisa no set! Acabo deixando muita energia ali e a Amora também me dá uma oportunidade gigantesca para improvisar”, contou a atriz, ressaltando que “é quase um trabalho teatral”. Para manter os cabelos louros da personagem, ela explicou que precisa tingir os fios de dois em dois meses, e que tem feito uma dieta balanceada para ficar em forma. Prestes a completar 30 anos, Monique disse que ainda não entrou na “crise da idade”: “Estou curtindo meus 29, gente, me deixem!”, riu, admitindo que tem cuidado mais da pele nos últimos dois anos com tratamentos de clareamento.

Monique Alfradique, de vestido Thierry Mugler, contou a rotina de preparação para viver a personagem Tina (Foto: AgNews)

Monique Alfradique, de vestido Thierry Mugler, contou a rotina de preparação para viver a personagem Tina (Foto: AgNews)

Até quem não fazia parte do elenco apareceu pelo Clube Costa Brava para apoiar “A regra do jogo”. De um lado, Ana Cañas, que tem uma música na trilha sonora da novela, circulava com seu chapéu de feltro. Do outro, Regina Casé aparecia poderosa e empolgada com a trama. “Eu estou ansiosíssima! O João [Emanuel Carneiro] tinha até me chamado para participar da última que ele fez, mas com as gravações do ‘Esquenta’, eu não consegui”. E hoje, que a apresentadora redescobriu sua faceta atriz, ela participaria de um folhetim escrito pelo amigo? “Claro!”, respondeu na lata.

Regina Casé contou que já foi convidada por João Emanuel Carneiro para participar de uma de suas novelas (Foto: AgNews)

Regina Casé contou que já foi convidada por João Emanuel Carneiro para participar de uma de suas novelas (Foto: AgNews)

A festa terminou em clima de funk, com apresentações do MC Merlô de Juliano Cazarré e suas Merlozetes, vividas por Letícia Lima e Roberta Rodrigues, que foram seguidos pelo Dream Team do Passinho, mas com uma participação mais do que especial: Susana Vieira, que não conseguiu se segurar e subiu ao palco, falando que queria “descer até o chão”. A atriz dançou tanto a música do próprio grupo quanto “Só as cachorras”, do Bonde do Tigrão, como você vê pelos vídeos abaixo.

 

Um vídeo publicado por João Ker (@joaoker) em

Ao descer do palco carregada pelos jornalistas e equipe de produção, Susana ainda comentou com HT: “Todos do elenco estavam me pedindo para subir ao palco. Eu tenho esse clima de trabalho o tempo todo, as pessoas ainda ficaram me instigando e eu comecei a ficar louca. Se eles [o Dream Team do Passinho] não me chamassem, eu estaria deprimida!”, contou entre suas gargalhadas contagiantes, explicando que o vestido de renda foi uma sugestão de Vanessa Giácomo, mas ela preferiu mudar a cor para rosa por “bombar mais na foto”. A atriz ainda disse que o público pode esperar muitas cenas de dança ao longo da trama, já que Adisabeba, sua personagem, é dona de uma boate no Morro da Macaca, comunidade fictícia da novela, e que ela até encomendou um número “lacrador” para a coreógrafa do grupo.

Susana Vieira adiantou que terá muitos números de dança em "A regra do jogo" (Foto: AgNews)

Susana Vieira adiantou que terá muitos números de dança em “A regra do jogo” (Foto: AgNews)

Por fim, Susana aproveitou para fazer um desabafo: “Detesto que coloquem a minha idade em tudo quanto é notícia, jornal e escândalo! Acho babaquice! Não sei quanto anos eu tenho e não faço a menor questão de saber. Eu dou banho em muita gente e tenho vida! Aqui, no Brasil, as pessoas passam a ser consideradas velhas, acho essa mania algo doentio. Eu não, meu amor, eu tenho energia, vitalidade e amor!”.

 

Pesquisas relacionadas