Cinema & TV

“É de casa”: com um time que vai de Tiago Leifert a Patrícia Poeta, a TV Globo quer turbinar os sábados com mais um programa de variedades ao vivo

Com direção de Boninho, o novo programa ainda vai ter Cissa Guimarães, Zeca Camargo, Ana Furtado e André Marques na apresentação. Juntos, vão segurar três horas ao vivo

Publicado em 23/06/2015 | Por Lucas Rezende

Armar uma casa no meio do Projac, no Rio de Janeiro, e habitá-la com seus principais apresentadores. Essa é a arma da TV Globo para salvar seus sábados de manhã, preenchidos atualmente com desenhos animados batidos e eventuais transmissões esportivas. Para o programa, recém batizado de “É de casa”, a emissora carioca escalou Patrícia Poeta, na geladeira desde a saída da bancada do Jornal Nacional”. E com ela mais uma trupe: Zeca Camargo, Cissa Guimarães, Ana Furtado, André Marques e Tiago Leifert vão dividir cerca de três horas semanais ao vivo com a jornalista.

Na pauta? Variedades, bem ao molde do que já assistimos diariamente no “Encontro com Fátima Bernardes”. Com direção de Boninho, também responsável pelo programa da esposa de William Bonner, o programa deve estrear ainda no segundo semestre deste ano. Para que tudo ocorra dentro do previsto, as provas de figurino, por exemplo, já aconteceram.

Boninho foi um dos responsáveis pela escolha do núcleo (Foto: Reprodução)

Boninho foi um dos responsáveis pela escolha do núcleo (Foto: Reprodução)

E mesmo antes da estreia, uma baixa já é dada como certa: Patrícia Poeta não deve permanecer com o quinteto ano que vem, pois há realmente um projeto solo para ela na emissora. As participações de André Marques num novo “SuperStar” e de Tiago Leifert no “The Voice Brasil” ainda não foram tratadas como um empecilho para acúmulo das tarefas. Também não há previsão que Cissa Guimarães  deixe seu quadro no “Vídeo Show”. Zeca Camargo e Ana Furtado, por sua vez, já não executavam nenhum projeto fixo na emissora.

Pesquisas relacionadas