Cinema & TV

Angry Birds ganha as telonas com vozes de Marcelo Adnet, Fábio Porchat e Dani Calabresa. O HT foi conferir tudo, vem!

A versão brasileira foi considerada a melhor dublagem pela Sony, distribuidora da animação. Além do trio de humorista, o filme ainda tem a participação das vozes dos youtubers Pathy dos Reis e Irmãos Piologo

Publicado em 30/04/2016 | Por Julia Pimentel

Das telinhas dos celulares para as telonas dos cinemas. O viciante joguinho Angry Birds ganhou espaço na sétima arte e estreia dia 12 de maio em todo o Brasil. A versão filme do game desenvolvido pela Rovio em 2009, que já tem mais de dois bilhões de downloads, ainda ganhou vozes de Fábio Porchat, Marcelo Adnet e Dani Calabresa na dublagem brasileira. Imagina o resultado! O HT foi conferir a pré-estreia hoje de manhã e te adianta: corra para os cinemas a partir do dia 12, leitores.

A animação conta a história de uma aldeia de pássaros que não voam e convivem na maior sintonia. Exceto Red, que é o angry bird do grupo e não consegue controlar a raiva. Marcelo Adnet, que empresta sua voz para a ave estressada, disse que Red só assumiu esse temperamento como consequência do que já viveu. “Ele é mal-humorado porque o mundo o deixou assim. Isso faz com que a gente se identifique com ele. Hoje em dia, a vida é bem estressante. Mas no final das contas, ele não deixa de ser herói por causa desse temperamento”, defendeu o personagem. De acordo com Adnet, além da semelhança nas sobrancelhas grossas, ele “vira Red” com várias situações do dia-a-dia, entre elas o trânsito e as obras pela cidade carioca.

Marcelo Adnet empresta sua voz (e sobrancelhas) para Red, a ave raivosa (Foto: William Oda/AgNews)

Marcelo Adnet empresta sua voz (e sobrancelhas) para Red, a ave raivosa (Foto: William Oda/AgNews)

Como companheiro do protagonista, Chuck, personagem dublado por Fábio Porchat, é a personificação do ator. Acelerado e hiperativo, a ave faz mil funções ao mesmo tempo e não para hora nenhuma.  Em entrevista ao HT, Fábio destacou o reconhecimento que a dublagem brasileira tem no mercado cinematográfico. “Esse trabalho que fazemos aqui é considerado o melhor do mundo. Eu admiro muito a Mabel Cezar, o Manolo Rey e o Nizo Neto que são profissionais incríveis desse meio. Dublar é muito difícil. O maior desafio, para mim, é conseguir colocar aquela frase, naquele ritmo e naquele tempo”, contou o humorista que também emprestou a voz para Olaf, personagem de “Frozen: Uma Aventura Congelante”, da Disney.

No filme, Fábio Porchat empresta a voz para Chuck, a ave amarela hiperativa (Foto: William Oda/AgNews)

No filme, Fábio Porchat empresta a voz para Chuck, a ave amarela hiperativa (Foto: William Oda/AgNews)

Na busca pelo equilíbrio e serenidade, Matilda, personagem dublada por Dani Calabresa, tenta desestressar e acalmar os personagens da aldeia de pássaros. No entanto, a missão da ave terapeuta nem sempre é alcançada. “Ela oscila entre ser zen e enlouquecer, e eu sou assim também. Eu acho que esse controle de temperamento é muito importante hoje em dia. Não dá para levar tudo a ferro e fogo, senão a gente perde a saúde por besteira”, disse Dani. A atriz, que participou da dublagem do filme Divertidamente em 2015, apontou como dificuldade para os atores nesse tipo de trabalho não poder usar a expressão facial e corporal para auxiliar na interpretação. “A sua voz tem que dizer tudo. Além disso, a sincronização com a boca do personagem também um desafio”, contou Dani.

Dani Calabresa dubla Matilda, a terapeuta não tão zen da aldeia (Foto: William Oda/AgNews)

Dani Calabresa dubla Matilda, a terapeuta não tão zen da aldeia (Foto: William Oda/AgNews)

O filme, que terá cópias em 2D e 3D nos cinemas, ainda contou com as dublagens dos youtubers Pathy dos Reis e dos Irmãos Piologo, do canal de humor ParTOBA.

Fábio Porchat, Marcelo Adnet, Dani Calabresa, Pathy dos Reis e Irmãos Piologo são alguns dos dubladores de Angry Birds (Foto: William Oda/AgNews)

Fábio Porchat, Marcelo Adnet, Dani Calabresa, Pathy dos Reis e Irmãos Piologo são alguns dos dubladores de Angry Birds (Foto: William Oda/AgNews)

Pesquisas relacionadas