Cinema & TV

‘A Dona do Pedaço’, de Walcyr Carrasco, bate recordes de audiência no Rio de Janeiro e em São Paulo

O site HT analisou a saga de Maria da Paz para entender o sucesso dessa trama que se inspira no clássico Romeu e Julieta, Tarantino e até em um bang bang contemporâneo

Publicado em 27/08/2019 | Por Heloisa Tolipan

Na última semana a saga de Maria da Paz, 'A Dona do Pedaço' foi record de audiência no RJ e em SP (Foto: TV Globo/ divulgação)

Na última semana, a saga de Maria da Paz, ‘A Dona do Pedaço’ foi record de audiência no RJ e em SP (Foto: TV Globo/ divulgação)

*Por Rafael Moura

Walcyr Carrasco acabou se tornando o autor há mais tempo no ar em 2015 com ‘Verdades Secretas’, ‘Êta Mundo Bom!’, 2016, ‘O Outro Lado do Paraíso’, 2017 e agora com ‘A Dona do Pedaço‘. O dramaturgo vem usando todo o seu repertório de narrativas para colocar sua atual novela bem posicionada no ranking das maiores audiências da década no horário das 21h. Na última semana, a trama que conta a saga de Maria da Paz, vivida por Juliana Paes, bateu o recorde nos estados de São Paulo (39 pontos e 56% participação) e Rio de Janeiro (42 ponto e 59% de participação). O autor não mede esforços para alavancar a popularidade de seus folhetins, seja com temas polêmicos, morte de personagens queridos ou com reviravoltas nos capítulos, que, muitas vezes, deixam o público eufórico e até enfurecido. Então, o site Heloisa Tolipan fez um mergulho na trama desse gênio da teledramaturgia para entender os mistérios por traz do sucesso e dos números tão expressivos.

Suas novelas trazem uma ‘fórmula’, exaustivamente explorada, mas que não perde o fôlego: a mocinha que sofre ao longo dos capítulos por conta das maldades da vilã, capaz de fazer tudo, misturando sempre muito drama e humor. No folhetim das 21h, o dramaturgo ainda mergulha em uma das mais belas e trágicas histórias de amor de todos os tempos. A história de Romeu e Julieta, escrita entre 1591 e 1595 pelo inglês William Shakespeare (1564 – 1616), que se transformou em um arquétipo da psique humana. Este clássico da literatura universal envereda pelo amor de dois jovens, de famílias rivais, mas que se unem pela morte. Se no século XVI, as ‘lutas’ eram feitas com espadas, em ‘A Dona do Pedaço‘ as armas de fogo entram em cena. E tiro é o que não falta nessa novela. A trama começou com tiro, teve tiro no primeiro casamento da mocinha, a protagonista, que sofreu atentado, e deu um tiro no marido (Tá quase um RJTV essa ficção, hein!). De Verona nos transportamos para o interior do Espírito Santo em 1999, quando as famílias de justiceiros Ramirez e Matheus viviam em guerra há gerações até Maria da Paz (Juliana Paes) e Amadeu (Marcos Palmeira) se apaixonarem e selarem um acordo de paz entre eles, aparentemente.

Este slideshow necessita de JavaScript.

No dia do casamento, todavia, o rapaz é baleado pela avó da noiva e a guerra recomeça, fazendo com que Maria tenha que fugir para São Paulo sem saber que está grávida (A cena quase nos transporta para o universo da saga Kill Bill, de Tarantino, quando uma massacre acontece durante o casamento da ‘mocinha’ Beatrix Kiddo, vivida por Uma Thurman, por conta de ciúmes de seu amante Bill, (David Carradine). As mães dos clãs fazem um acordo e mentem que ambos estão mortos para suas famílias, mas como vingança o pai de Amadeu manda assassinar as sobrinhas de Maria, que por um milagre acabam se salvando: Fabiana (Nathalia Dill) vai parar num convento e Virgínia (Paola Oliveira) vive nas ruas até ser adotada pelo rico casal Beatriz (Natália do Vale) e Otávio (José de Abreu). Vinte anos depois, Maria se tornou uma mulher rica e dona de uma rede de confeitarias graças às receitas de família, embora nunca tenha se dado bem com a filha, a mau-caráter Josiane (Agatha Moreira), que tem vergonha do estilo espontâneo e exuberante da mãe. Ela reencontra Amadeu e descobre a mentira para separá-los, porém eles são impedidos de retomar o romance quando a esposa dele, Gilda (Heloísa Jorge), fica gravemente doente.

Leia Mais – Agatha Moreira, Alice Wegmann e Nathalia Dill se consagram na TV como vilãs da nova geração da teledramaturgia

Leia Mais – José de Abreu e Malvino Salvador vivem sugar daddies em ‘A Dona do Pedaço’

O triangulo amoroso de Amadeu, Maria da Paz e Régis é um dos sucesso de ‘A Dona do Pedaço’ (Foto: TV Globo/ divulgação)

Desolada, Maria se casa com o galante Régis (Reynaldo Gianecchini), sem imaginar que ele é comparsa de sua filha no golpe para colocar as mãos em toda sua fortuna. Ele, porém, se apaixona verdadeiramente por Maria com o passar do tempo e passa a disputá-la com Amadeu, além de tentar mostrar que está regenerado quando Josiane revela a artimanha e deixa a mãe pobre novamente. Enquanto isso, as sobrinhas de Maria tomaram rumos diferentes: Vivi (Paolla Oliveira) se tornou famosa na internet por seu carisma – sendo tudo que Josiane sempre sonhou – e vive um romance avassalador com Chiclete (Sérgio Guizé) sem saber que ele é um matador de aluguel enviado para executá-la, embora também a ame. Já Fabiana (Nathalia Dill) passou uma vida modesta no convento e, ao descobrir que Vivi é sua irmã, decide se infiltrar na vida dela para arruiná-la sob a face de uma moça ingênua, uma ‘loba em pele de cordeiro’ nutrida pelo ódio das oportunidades distintas de vida que tiveram.

Uma trama, cheia de gás, que a cada semana vem deixando o público ligado para saber o desenrolar desse novelo feito de amor e ódio. Walcyr em 2016, ganhou o Prêmio Emmy Internacional pela trama dirigida por Mauro Mendonça Filho, Verdades Secretas, 2015, exibida no horário das 23h. Walcyr Carrasco que começou a faculdade de História e largou para cursar jornalismo, na USP, produziu uma série de contos infantis, incluindo ‘Quando meu irmãozinho nasceu‘, publicado pela Editora Paulinas. Ao longo dos anos, ele conquistou o público com 18 novelas, como ‘O Cravo e a Rosa’ (2000), ‘A Padroeira’ (2001), Chocolate com Pimenta (2003), Alma Gêmea (2005), Morde & Assopra (2011), Amor à Vida (2013), Outro lado do paraíso (2017). O site Heloisa Tolipan continuará acompanhando o desenrolar dessa saga que promete deixar o público grudado na frente da telinha.

Pesquisas relacionadas