Cinema & TV

José de Abreu e Malvino Salvador vivem sugar daddies em ‘A Dona do Pedaço’

Na trama de Walcyr Carrasco, sugar babies interpretados por Carol Garcia e Guilherme Leicam estão em relacionamentos com homens ricos e bem sucedidos em troca de benefícios

Publicado em 23/08/2019 | Por Heloisa Tolipan

Agno, Malvino Salvador, e Otávio, José de Abreu vivem sugar daddies em ‘A Dona do Pedaço’ (Foto: divulgação)

*Por Rafael Moura

Walcyr Carrasco está criando muito buxixo na novela ‘A Dona do Pedaço’, a trama que tem recebido muitos comentários positivos, já entrando para a história das telenovelas brasileiras, por se mostrar bem representativa. O folhetim é recheado de polêmicas e emoções e vem mostrando uma nova forma de relacionamentos: os Sugar Daddies (homens, maduros e bem sucedidos que adoram mimar suas companhias) e os Sugar Babies (jovens sustentados por dinheiro, presentes ou outros benefícios em troca da relação amorosa). No folhetim, os atores José de Abreu e Malvino Salvador encarnam o papel dos generosos daddies e Carol Garcia e Guilherme Leicam são os babies.

Carol Garcia vive a sugar baby Sabrina na novela ‘A Dona do Pedaço’ (Foto: reprodução)

Um curiosidade é que esse ‘conceito de relacionamento’ surgiu em 1908, com o casamento de Adolph Spreckles, de 51 anos, herdeiro de uma fábrica de açúcar, com a jovem de 27 anos, Alma de Bretteville, que o chamava pelo termo (que em português significa “papai de açúcar”). Desde então, os americanos o adotaram para classificar como patrocinador e patrocinada em termos morais e sociais. Nos últimos cinco anos, no Brasil, criou-se um mercado em torno de pessoas que buscam um relacionamento com benéfico para ambos, onde dinheiro não é nenhum tabu. Diversos sites de relacionamentos especializados no segmento surgiram, prometendo efetividade e benefícios para ambas as partes.

A diferença entre esse tipo de relação e as relações tradicionais está no imediatismo das condições acordadas. Os casais deixam claro seus papeis e expectativas. Walcyr, na minissérie Verdades Secretas, 2015, abordou o ‘book rosa’, uma expressão utilizada por algumas agências de modelo para designar um catálogo de profissionais que prestam serviços sexuais em troca de bonificações. Considerado uma forma de prostituição, pois as modelos passam a estar disponíveis para ter relações sexuais com os seus clientes em troca de dinheiro ou prêmios especiais, como viagens internacionais de luxo, jóias, roupas de grife, e etc.

Voltando à trama das 21h, Otávio, personagem de José de Abreu, que é pai adotivo de Virgínia (Duda Batista/ Paolla Oliveira) é casado com Beatriz (Natália do Vale) e sócio da construtora Habitex. O empresário rico, refinado e sedutor resolveu ‘adotar’ Sabrina, que começou a trama como um jovem humilde, que durante a noite trabalhava como garota de programa. O daddy tira a menina das ruas e a transforma em uma verdadeira ‘pretty woman’. O empresário começa a ser chantageado pela vilã Fabiana (Nathalia Dill) que está tentando se manter na empresa com as ações que ‘roubou’ de Agno. Carol Garcia está em seus dias de Julia Roberts, que na clássica história ‘Uma Linda Mulher’, 1990, viveu uma situação parecida. Edward, personagem de Richard Gere, é um executivo que compra e fragmenta empresas para vendê-las. Ao conhecer a prostituta Vivian, a contrata para ficar com ele durante uma semana a fim de acompanhá-lo nos jantares de negócios.

Leia Mais Aqui – Agatha Moreira, Alice Wegmann e Nathalia Dill se consagram na TV como vilãs da nova geração da teledramaturgia

 Já o personagem de Malvino Salvador passou uma boa parte da novela mirando no lutador Rock, interpretado por Caio Castro, namorado de Fabiana, mas acertou foi no matador ‘Mão Santa’, Leandro, vivido por Guilherme Leicam. “Tenho lido comentários muito positivos sobre os dois. Entrei em alguns grupos na internet e vi com alegria que as pessoas estão shippando Agno e Leandro. Creio que, em parte, isso se deva ao extraordinário trabalho que o Malvino está fazendo”, disse Guilherme Leicam, em entrevista ao jornal O Globo.

Guilherme Leicam vive o jovem Leonardo em ‘A Dona do Pedaço’ (Foto: Divulgação TV Globo)

Em geral esse tipo de relação está diretamente ligada à carência afetiva ou emocional, que é tão forte que muitos se dispõem a pagar por companhia em troca de uma suposta atenção e carinho. “Ele está no meio de um turbilhão de emoções, com sua vida de cabeça para baixo. É claro que na alma humana as coisas são complexas, muitos elementos entram em jogo quando um homem se envolve amorosamente com outro homem, mas certamente no caso específico do meu personagem, creio que sua carência familiar foi um fator determinante”, reflete Leicam. Estaremos grudados em ‘A Dona do Pedaço’ para acompanhar os desenrolar desses daddies e babies.

Pesquisas relacionadas