Teatro & Pensata

De volta aos palcos, Fernanda Rodrigues contou ao HT como está conciliando a agenda com a rotina dos filhos: “Eu não durmo, mas estou feliz e realizada”

Em função do atual momento político do Brasil, a atriz disse que prefere não se manifestar mais nas redes sociais. Segundo ela, as pessoas estão muito "agressivas e nervosas". "Eu já me posicionei mais na internet, mas, hoje em dia, eu não gosto de falar, porque eu não quero sofrer nenhum tipo de represália ou agressão"

Publicado em 02/07/2016 | Por Julia Pimentel

De fato não poderia existir momento mais adequado para a volta da peça “Tô Grávida” ao teatro do Fashion Mall, no Rio de Janeiro. Apenas quatro meses depois de dar luz ao pequeno Bento, Fernanda Rodrigues retorna aos palcos para contar, em cena, sobre o momento que está vivendo novamente na vida real. No espetáculo, Fernanda, que também é mãe de Luísa, de seis anos, interpreta Bianca, que descobre que está grávida de Thales (Paulinho Vilhena). A temporada na urbe fica em cartaz de sábado, 2, até setembro desse ano.

Entre a amamentação do baby Bento e a aula de natação de Luísa, a simpática atriz achou um tempinho para contar ao HT sobre essa volta do espetáculo à cidade onde tudo começou. “Eu tenho um carinho muito grande por essa peça, porque eu e o Paulinho (Vilhena) participamos muito do processo criativo dela. Quando fizemos pela primeira vez, eu já era mãe. Então, coloquei muitas situações da Fernanda mãe no enredo. E, agora, eu estou vivendo novamente esse momento que a gente conta no palco e, com certeza, vou colocar o coração e mostrar tudo o que eu aprendi na vida real. E isso é muito legal. Eu estou amando poder refazer a peça nesse momento”, contou Fernanda que só parou com a peça durante a gestação do filho mais novo.

Fernanda Rodrigues e Paulinho Vilhena voltam aos palcos do Rio com a peça "Tô Grávida" (Foto: Rodrigo Molina/Divulgação)

Fernanda Rodrigues e Paulinho Vilhena voltam aos palcos do Rio com a peça “Tô Grávida” (Foto: Rodrigo Molina/Divulgação)

Há três anos em cartaz, Fernanda contou que o texto escrito por Regiana Antonini, a mesma autora de Doidas e Santas” com Cissa Guimarães, continua idêntico. Ou melhor, quase. “É óbvio que a gente acrescenta situações para deixar a peça mais a nossa cara. Eu coloquei momentos da minha primeira maternidade ali no meio do texto, por exemplo. Mas, depois disso, a gente, desde o início, mantém a montagem”, disse.

E, o sucesso de “Tô Grávida” é tão grande em todo o país que, após pedidos constantes da plateia, a montagem vai ganhar as telonas. Isso mesmo: vem aí o filme sobre as descobertas do casal Bianca e Thales. “Todo mundo que ia ver a peça pedia para transformar a montagem em filme. O espetáculo tem uma história muito cotidiana da vida das pessoas e elas se identificam muito com o tema. E, com o tempo, nós vínhamos amadurecendo esse projeto. E, agora, está rolando esse movimento para fazermos o longa. Se Deus quiser, ainda vamos filmar esse ano para estrear em 2017”, adiantou. Estaremos aguardando ansiosamente, ?

Segundo Fernanda, a peça ganhará as telonas em 2017 (Foto: Reprodução)

Segundo Fernanda, a peça ganhará as telonas em 2017 (Foto: Reprodução)

E não é só na peça que Fernanda Rodrigues mostra o lado de atriz em um assunto da vida pessoal. Existe mais um filho na vida de Fê. Calma que a gente explica: desde a primeira gestação, a atriz tem um blog, o “Cheguei ao Mundo”, em que divide dúvidas, situações e momentos da maternidade com leitoras de todo o Brasil. Na página, que hoje possui uma equipe responsável por gerar conteúdos, a mamãe da Luisa e do Bento escreve semanalmente sobre o que vem aprendendo e descobrindo com a função que ela mais gosta de exercer. “É um filhinho meu. Eu comecei com esse projeto quando estava na minha primeira gravidez e ele foi crescendo com o tempo. Hoje, inclusive, eu aprendo muito no blog com as outras mães. E, agora, eu estou transformando o conteúdo da página em um livro”, contou ao HT a novidade.

fernanda-rodrigues3

Fernanda e os filhos Bento, de quatro meses, e Luisa, de seis anos (Foto: Reprodução)

Apesar do sucesso do site, Fernanda disse que não se sente nem blogueira e muito menos uma escritora. Segundo ela, sua função no “Cheguei ao Mundo” é de, simplesmente, mãe. “Eu sou uma mulher cheia de dúvidas e inseguranças que está colocando tudo para fora em uma página da internet desde a minha primeira gestação. Então, eu fui compartilhando as minhas sensações, incertezas, dicas que eu ouvia na rua, o que funcionava ou não com o neném e etc para pessoas que estavam na mesma situação que eu. Porque mãe é um bicho inseguro, né? Principalmente se for de primeira viagem”, relembrou Fernanda que quer que esse “filhinho cresça muito ainda”.

Fernanda e a filha mais velha, Luisa (Foto: Reprodução)

Fernanda e a filha mais velha, Luisa (Foto: Reprodução)

E tem mais! De licença da terceira temporada do “Fazendo a Festa”, do GNT, no período em que Bento nasceu, Fernanda Rodrigues retomou o comando do programa e da sua Liga que realiza festas temáticas infantis. E, para voltar à ativa, Fê contou que tem um acompanhante nas gravações. “Nós estamos em um ritmo bem acelerado de gravação, porque a quarta temporada já estreia em agosto. Estamos correndo com as festas, mas eu estou amando. Porém, só estou conseguindo fazer isso por causa do apoio e atenção que o canal está me dando. Então, eu levo o Bento, ele fica pertinho de mim e, de vez em quando, nós paramos para eu poder amamentá-lo e ficar um pouco com ele”, contou.

E, apesar da alegria visível da atriz à frente de um programa que apresenta diferentes temas de festas infantis, engana-se quem pensa que foi a própria Fernanda que deu a ideia para o GNT. “O que mais me deixa feliz no “Fazendo a Festa” é que, além de ele estar um sucesso muito grande e incrível, eu me identifico muito com o assunto. Eu realmente frequento muitas festas infantis. É minha vida quando não estou trabalhando. A Luisa tem uma vida social muito ativa. Então, está tudo, realmente, muito linkado. É a minha cara esse programa”, brincou.

Fernanda Rodrigues como apresentadora do programa "Fazendo a Festa", do GNT (Foto: Reprodução)

Fernanda Rodrigues como apresentadora do programa “Fazendo a Festa”, do GNT (Foto: Reprodução)

Peça, filme, blog, livro, festas, programas… Se a vida profissional de Fernanda está agitada, a pessoal como mamãe de um bebê e de uma criança não está muito diferente. Ao HT, a atriz confessou que está exausta. Mas, não conseguiu disfarçar a alegria em ter realizado o sonho da família que imaginava. “A minha prioridade são os meus filhos, agora no plural. Toda a minha rotina está em função deles. Meu dia, por exemplo, começa a partir da hora que eu deixo a Luísa na escola. Quando eu não estou com um, estou com o outro ou os dois ao mesmo tempo. Dá para administrar, mas eu estou exausta. Eu não durmo, mas estou super feliz e realizada”, explicou Fernanda que está toda boba e achando chiquérrimo falar “meus filhos”. Figuraça!

Ah, e é ela mesma que faz tudo com os pimpolhos. Apesar de ter uma babá que auxilia com as atividades da filhota mais velha, Fernanda disse que prefere estar presente em todos os momentos da criançada. “Eu amo a função de mãe. Fora que não tem como eu ter um staff enorme para cuidar das crianças. Foi uma opção eu não ter outra babá e eu querer estar mais próxima deles. E assim, eu também não via tanta necessidade. Eu dou conta”, disse a mamãe coruja.

Minhas pequenas criaturas!❤️❤️ #maededois #forçanaperuca #simbora

Uma foto publicada por Fernanda Rodrigues (@ferodriguesoficial) em

E Fernanda é mesmo uma mãezona, daquela que nasceu para isso. A atriz, que já se manifestou diversas vezes pró-amamentação, contou que faz campanha e acha super importante incentivar as mulheres para que tenham esse momento com os filhos. E, para ela, é um desrespeito esses recentes casos de mães que foram proibidas ou julgadas por amamentar os filhos em locais públicos. “Eu vejo a amamentação como uma dádiva e uma benção. É um momento lindo a mãe poder amamentar o filho. É uma das relações mais lindas que a natureza faz. Não tem motivo para não ser algo bem visto. Eu não tenho problema nenhum, amamento em qualquer lugar. Não estou nem aí. Para mim, mulher amamentando é algo que as pessoas deveriam aplaudir, e não criticar”, se manifestou a atriz que lamenta quem não amamenta “para não perder tempo ou não deixar o peito cair”. Ah, e como Fê disse, amamentar pode ser de forma natural ou pela mamadeira, para as mamães que, por algum motivo, não conseguem. O que vale, segundo ela, é criar o vínculo com o filho.

E, apesar de a internet ser o palco de diversas manifestações contra essa prática materna e outras situações, Fernanda vê a plataforma por um lado positivo. “Através das redes sociais, por exemplo, eu mantenho contato com vários amigos que moram longe e com a família do Raoni (Carneiro – marido de Fê e pai das crianças) que não mora no Rio. Eu acho que a internet veio para acrescentar muito, e nós já ganhamos bastante, inclusive. Mas, na minha opinião, nós perdemos muito por conta de as pessoas terem uma voz invisível, já que alguns comentários são feitos por perfis que não tem cara ou são fakes. Eu acho que o lado negativo das redes é que deu voz a muita gente insensível ou grosseira”, declarou a atriz que contou que não é muito vítima dos haters virtuais.

A atriz contou que não se manifesta mais nas redes socais com medo de represálias de pessoas que não concordem com a sua opinião (Foto: Reprodução)

A atriz contou que não se manifesta mais nas redes socais com medo de represálias de pessoas que não concordem com a sua opinião (Foto: Reprodução)

Justamente por causa dos comentários maldosos e ofensivos na web que Fernanda parou de se manifestar sobre assuntos polêmicos. E, vamos combinar que, em tempo de crise política, cultural e moral, tudo pode virar um grande problema, né? “Eu acho que hoje em dia é muito delicado você se posicionar politicamente porque as pessoas estão muito agressivas e nervosas. Eu tenho amigos que já falaram o que pensam na internet e foram muito agredidos. Na minha opinião, o público não aceita mais as manifestações que sejam diferentes das deles. Eu já me posicionei mais na internet, mas, hoje em dia, eu não gosto de falar porque eu não quero sofrer nenhum tipo de represália ou agressão” argumentou a atriz Fernanda Rodrigues.

Pesquisas relacionadas