Música & Badalo

Em mais uma edição, Rio Novo Rock movimenta a cena independente e, no próximo dia 4, leva as bandas Cândido e Drops 96 ao palco do Imperator

Paulo Lopez é quem cuida da programação do local e contou que o evento era um sonho antigo: “Surgiu da urgência em abrir espaço para as bandas criar condições favoráveis para elas se apresentarem e formar uma nova plateia”

Publicado em 25/01/2016 | Por Karina Kuperman

Desde julho de 2014, os apaixonados por rock tem um evento mensal para chamar de seu. Trata-se do Rio Novo Rock, que, até então, chamava-se Imperator Novo Rock. Em um ano e meio e 19 edições, o evento já recebeu 39 bandas, 19 DJs e levou cerca de 10 mil pessoas ao Imperator, que já tem uma história de amor de longa data com o rock. Se nos anos 50 e 60, a chamada juventude transviada se reunia na frente do então Cine Imperator para desfilar com lambretas e jaquetas de couro e nos anos 90 o local foi palco de shows de bandas como Beastie Boys, Pantera, Megadeth e Suicidal Tendencies, agora, com o Rio Novo Rock, a casa de shows do Méier volta a fazer história priorizando a nova cena do rock nacional e atuando na potencialização do mercado do gênero através da criação e realização de projetos para engajar novos artistas e público. A missão, segundo Paulo Lopez, que cuida da programação do Imperator e é o responsável pela movimentação na cena independente, é fomentar o mercado do novo rock e gerar negócios culturais e autossustentáveis.

Foto - Paulo Lopez

Paulo Lopez é o responsável pela movimentação da cena artística no Imperator (Foto: Divulgação)

“Esse evento era um desejo antigo. Eu trabalho com música, arte e cultura faz muitos anos e sentia uma necessidade de contribuir com a renovação do rock de alguma forma. Já havia criado mais de um projeto quando tive a oportunidade de estar no Imperator e apresentei a ideia. Como o centro cultural também tem como objetivo ampliar suas ações artísticas, o projeto foi muito bem recebido e se tornou uma realidade”, contou ele, que levanta a bandeira do intercâmbio de artistas de todos os cantos do Brasil. “É muito difícil para um artista independente, que não mora no Rio de Janeiro, se apresentar na cidade. Já é difícil para quem mora aqui, imagina para quem não é. São poucos palcos disponíveis. Acho que é uma oportunidade rara para as bandas e para o público e isso acaba se tornando uma via de mão dupla, porque pode criar oportunidades para as bandas do Rio também tocarem nas outras capitais, por exemplo”, disse.

A mudança de nome, de acordo com Paulo, veio com o objetivo de ampliar a área de atuação. “O Imperator Novo Rock surgiu com a urgência em abrir espaço para as bandas cariocas, criar condições favoráveis para elas se apresentarem e formar uma nova plateia. Após um ano de trabalho, sentimos a necessidade de renovar, de receber bandas de outros estados para criar um intercâmbio entre elas e contribuir com a produção autoral brasileira. O evento pulou da última quinta do mês, para a primeira quinta do mês e como a marca Rio Novo Rock já era usada em nossas ações e redes sociais, achamos que era o momento para a mudança”, explicou. Considerado, atualmente, o maior evento de rock no Rio de Janeiro, Paulo sabe da responsabilidade que tem nas mãos, mas rejeita o título de “mais importante”. “Como ele acontece todo mês, se tornou presente na maioria das conversas sobre o rock carioca, além de acontecer no Imperator, que é um palco consagrado e com diversos equipamentos à disposição. Mas existem muitos eventos importantes na cidade do Rio de Janeiro que fazem o rock acontecer”, destacou.

O segredo do sucesso, porém, é puramente a dedicação: “Não existe uma receita definida, mas acredito que os componentes principais são trabalho, união e amor pelo que se faz”, analisou ele, um apaixonado por rock: “Totalmente! Rock é arte!”, declarou.

Foto divulga candido - Foto Jessica Andrade

A banda Cândido tem quatro anos de carreira e se apresenta no próximo dia 4 no Imperator (Foto: Jessica Andrade)

A próxima edição, no dia 4 de fevereiro, levará dois grupos locais ao palco. São eles as bandas Cândido, que tem quatro anos de estrada e faz um rock melódico e direto, e a Drops 96, de pop-rock firme e competente. “São duas bandas cariocas que estão em busca de projeção em suas carreiras. A Cândido é mais nova e surgiu dos sonhos dos irmãos Pietro Santos e Thomas Ferreira, e foi selecionada a participar do Converse Rubber Tracks Worldwide, projeto com mais de 9 mil artistas inscritos em todo mundo. A Drops 96 tem seis anos de estrada e seus clipes já foram executados em canais de TV, como Multishow, Canal Bis, Woohoo, Mix TV e Play TV. Eles vão lançar seu novo disco ‘Busque Mais da Vida’ nesta edição do Rio Novo Rock”, adiantou ele, que considera o estímulo do trabalho autoral fundamental. “Acredito que isso seja o maior valor de um artista, a sua obra, a sua arte. Temos que valorizar e incentivar sempre os novos artistas. O Brasil está cheio deles”, declarou.

Além das duas bandas, o DJ Wagner Fester, residente de festas rock, e o VJ Chico Abreu, vencedor do The Green Project VJ – o mais importante concurso nacional da área, animarão a festa. E Paulo faz questão de destacar: o evento não é só para os roqueiros. “Não é para uma tribo específica. O Rio Novo Rock atrai todos os tipos de pessoas, principalmente as que tem compromisso com a música e arte de uma forma geral. O evento tem música de qualidade sendo executada ao vivo, vídeo-projeções em um telão, pista de skate, DJs consagrados e um público que vai para o evento para se divertir e que está curioso em descobrir novas sonoridades. O valor do ingresso é acessível para as pessoas se sintam motivadas a comparecer”, destacou. E ele fala com propriedade: no primeiro lote, a inteira custa R$10.

drops96

A banda Drops 96 tem seis anos de carreira e faz um pop-rock firme (Foto: Divulgação)

A escolha das atrações, aliás, é fruto de uma curadoria cuidadosa. “Nós recebemos muito material de bandas novas e vamos conhecendo, ouvindo o som que eles produzem, vendo os clipes. Também assistimos a shows, festivais e, com isso, vamos ampliando o nosso conhecimento”, disse. Enquanto o dia 4 não chega, queremos saber: o que os roqueiros podem esperar das próximas edições, Paulo? “O próximo será sempre melhor”, garantiu.

Serviço:
Rio Novo Rock apresenta Cândido e Drops96
+ DJ Wagner Fester + VJ Chico Abreu
Data: 04 de fevereiro
Local: Imperator – Centro Cultural João Nogueira
www.imperator.art.br
Endereço: Rua Dias da Cruz, 170 – Méier
Dia: Quinta-feira, 4
Horário: 20h
Ingressos: Pista
1º Lote: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)
2º Lote (a partir de 01.02): R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
*Meia-entrada válida também com 1kg de alimento.
Classificação: 16 anos
Informações: 2597-3897 (das 9h às 12h/13h às 18h)
Forma de pagamento: dinheiro e cartões Diners, Master (débito e crédito), Visa (débito e crédito) e Vale Cultura
Vendas: ingresso.com e bilheteria da casa
Horário de funcionamento da bilheteria: terças e quartas, das 13h às 20h; quintas e sextas, das 13h às 21h30; sábados, das 10h às 21h30; e domingos, das 10h às 19h30.

Pesquisas relacionadas