Música & Badalo

CVV e Detonautas em união para falar sobre depressão, solidão e ajuda: “Ninguém está livre de se sentir solitário”

A canção "Ilumina o mundo" passa uma imagem de acolhimento. "Bom nesse momento em que todo mundo vive uma crise, seja ela política, financeira... mas também crises familiares, de amizades, nos rompimentos ao longo desses últimos anos", diz Tico Santa Cruz

Publicado em 22/05/2019 | Por Heloisa Tolipan

*Por Karina Kuperman

“Estamos aqui para falar de paz amor e positividade, mas por muitas vezes caminhamos por lugares mais frios e escuros da nossa alma. Ninguém, ninguém está livre de se sentir solitário, triste e com dor. A vida realmente não é fácil e, por muitas vezes precisamos de ajuda, mas não sabemos como pedir. Acredite: existem muitas pessoas dispostas a nos ajudar. Todas as dores podem ser superadas com ajuda e tratamento e, assim, a gente consegue virar este jogo. Ligue 188 – a gente está aqui para te ouvir. Centro de Valorização da Vida (CVV)”. Esse é o recado de Tico Santa Cruz, Detonautas Roque Clube e Pelé MilFlows na canção “Ilumina o Mundo”, que ganhou clipe com apoio do Centro de Valorização da Vida (CVV).

Detonautas lançam “Ilumina o mundo” (Foto: Reprodução/Youtube)

O objetivo dos artistas do DRC – Tico Santa Cruz (vocal), Renato Rocha (guitarra), Fábio Brasil (bateria), DJ Cleston (percussão e programações), Phil (guitarra) e André Macca (baixo) -, e do rapper Pelé MilFlows, da banda “1Kilo”, é que a canção “Ilumina o Mundo” toque o coração das pessoas para que a vontade de viver seja superior à vontade de desistir de lutar pela vida. A letra destaca que, em meio à solidão e aos problemas, sempre haverá uma solução. “Essa parceria do Detonautas com o CVV e o Pelé MilFlows surgiu em uma conversa em que chegamos a conclusão do quanto era necessário passarmos uma imagem de acolhimento nesse momento em que todo mundo vive uma crise, seja ela política, financeira… mas também crises familiares, de amizades, nos rompimentos ao longo desses últimos anos”, explica Tico, com exclusividade ao site HT.

“Temos percebido o grande número de pessoas, não só artistas, que tem abordado publicamente esse tema da depressão, ansiedade, causas relacionadas a isso e quisemos tentar, de alguma maneira, criar um ambiente onde as pessoas enxergassem um caminho, uma ajuda”, conta o músico. O CVV tem 57 anos de história e oferece apoio emocional gratuitamente pelo telefone 188. Só em 2018, mais de 3 milhões de atendimentos ajudaram a diminuir o alarmante número de suicídios no Brasil. “O CVV é uma instituição que já existe há mais de 50 anos e tem muitos voluntários atendendo pelo 188, um número que não está tão disseminado como deveria. Infelizmente, a grande maioria das pessoas ainda não conhecem. Queremos popularizar esse numero para que pessoas que estão em profunda depressão e não tem ajuda por perto, possam encontrar esses voluntários que serão a escuta. Às vezes uma pessoa só precisa ser escutada e nossa ideia é motivar as pessoas a falarem, buscarem ajuda”, diz.

Tico Santa Cruz assina o roteiro do clipe em parceria com os diretores Vinicius Barros Goncalves e Tom Silveira, e dos roteiristas Cassio Machado Henrique e Antônio Fountoura. “Se a música está longe do clipe, é ouvida no rádio, já traz uma mensagem positiva, que já da oxigênio. O clipe faz com que pessoas reflitam através da questão, mostrem pra alguém, ou se identifiquem. O CVV nos orientou a abordar esse tema delicado e sensível, que não pode ser glamurizado nem estereotipado. Nós, os atores, diretores e a equipa da ASIGLA, que filmou, seguimos as orientações do CVV”, explica.

Vale lembrar que o Detonautas tem mais de 100 mil inscritos no canal oficial no YouTube, e é atração confirmada no Palco Sunset do Rock In Rio 2019, com show no dia 28 de setembro.

 

 

Pesquisas relacionadas