Moda & Beleza

Inspiramais 2020_I: Projeto Conexão Criativa e Comercial oxigena o mercado de moda e design nacional, promovendo a diversidade, a sustentabilidade e a tecnologia

Empresas de componentes, vestuário, calçados, acessórios e joalheria levantaram a bandeira da brasilidade, acreditando que esse é um fenômeno de convergência e apostaram no handmade e no artesanato de luxo 'made in Brasil', que atrai os olhares do mundo por seu aspecto exclusivo e original

Publicado em 27/01/2019 | Por Anna Castro

“O Conexão Criativa e Comercial é um projeto no qual estimulamos o desenvolvimento de uma moda original e exclusiva, com uma pesquisa muito séria a partir da Metodologia da Pirâmide: assertividade nos negócios, desenvolvida pelo Núcleo de Pesquisa da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal). Além disso, é importante não só para os visitantes, mas para os expositores, porque viabiliza muitas possibilidades de parcerias para inovação”. Assim começou a nossa conversa com Flávia Vanelli, coordenadora do projeto que integrou o Inspiramais 2020_I, Único Salão de Design e Inovação de Materiais da América Latina, realizado nos dias 15 e 16, no Centro de Eventos Pró Magno, em São Paulo. Trata-se de uma plataforma de oportunidades e exposição de componentes e produtos de empresas que desenvolvem materiais únicos, contribuindo para a identidade da moda brasileira e para o crescimento da inovação juntamente com a sustentabilidade.

O Inspiramais é promovido pela Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) e Programa de Internacionalização da Indústria Têxtil e de Moda Brasileira (Texbrasil), Brazilian LeatherBy Brasil Components, Machinery and Chemicals e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), abrange toda a cadeia dos setores de moda, calçadista e moveleiro, e apresentou mais de 1.000 materiais inovadores para as indústrias nacionais e de toda a América Latina.

Flávia Vanelli, coordenadora do projeto Conexão Criativa e Comercial no Inspiramais 2020_I

Flávia Vanelli, coordenadora do projeto Conexão Criativa e Comercial no Inspiramais 2020_I

Leia aqui – Inspiramais 2020_I: Norteado pelo tema “Play”, o futuro da moda em materiais inovadores e abordando comportamento, originalidade e assertividade comercial

Durante o evento, designers, empresários, profissionais da moda e players das indústrias de calçados, bolsas, acessórios, vestuário e móveis do Brasil e do exterior conferiram um conjunto de ações no Conexão Criativa e Comercial realizadas com apoio do SEBRAE e da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), que tem como objetivo dar oportunidade a optantes pelo MEI, Micro e Pequenas empresas para desenvolverem materiais diferenciados e participarem de uma exposição exclusiva.

Leia aqui – Inspiramais 2020_I: verdadeira vitrine high tech, Projeto Inovamais reuniu empresas que trabalham com ciência de materiais, nanotecnologia com viés pautado na sustentabilidade

Como o site HT acompanha de perto todas as edições do Inspiramais, levantamos também a bandeira da brasilidade nos textos sobre moda, acreditando que esse é um fenômeno de convergência. Apostamos no handmade do artesanato de luxo feito de Norte a Sul do país e que atrai os olhares de todo o mundo. Estando dentro dos mais de 1.000 materiais inovadores para as indústrias, os processos de desenvolvimento de empresas singulares deram vida ao Conexão Criativa e Comercial. “O projeto nasce como um espaço dentro do Inspiramais, trabalhando tanto com tecnologia quanto com todos os processos artesanais, tentando criar uma ponte e viabilizando parcerias entre empresas, com o objetivo de oxigenar o mercado de moda e design nacional, promovendo a diversidade”, explicou a coordenadora. Com ênfase na sustentabilidade, os produtos apresentados contribuem para o reconhecimento e valorização da moda brasileira, enaltecendo, portanto, a diversidade e a riqueza do design e do artesanato produzidos no Brasil voltados para o desenvolvimento de componentes para que possam entrar em qualquer mercado com uma chancela exclusiva e original.

Leia aqui – Inspiramais 2020_I: Projeto Iconografia Local é a síntese da profunda imersão no Nordeste da Bahia capaz de inspirar e ser referência para a moda

Segundo Flávia, a organização dos ciclos de produção são voltados para a sustentabilidade. “Nesse espaço, nós estamos trabalhando o orgânico, por exemplo, então vamos ter produtos criados com fios de tucum, que é um material específico de uma palmeira, com fibras de bananeira e possibilidades de tingimentos naturais, com juta, além de elementos de toda a cadeia produtiva do algodão orgânico da Paraíba, como os objetos produzidos pela Natural Cotton Colors. Nós temos ainda a Justa Trama, do Rio Grande do Sul, que também trabalha com algodão orgânico, dando oferta e possibilidade para que as marcas possam criar de acordo com a logística e com sua necessidade de custo e de preço. Nós tivemos a participação de tecelagens, empresas que já estão há muito tempo consolidadas e são pioneiras, como a Eco Simple”, exemplificou Flávia. O Play foi a tônica desta edição do Inspiramais 2020_I, os 10% da pirâmide, então buscamos apresentar produtos bem transformadores. “Estamos mostrando o trabalho da Cerra D’Ouro Jóias, que coleta plantas do cerrado brasileiro e dá um banho de prata, transformando nas mais lindas peças. Nós temos também a Atitocou, de Ilhéus, que trabalha com coco de piaçava e papel para criar as peças. E é muito interessante que as marcas entendam sobre a importância de trabalhar com co-criação com designers, artistas e outras marcas, porque talvez eu possa conseguir uma alça de bolsa incrível ou um enfeite incrível co-criado com essas inovações”, salientou Flávia Vanelli.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Leia aqui – Inspiramais 2020_I: Projeto Referências Brasileiras transforma nossas raízes em moda e reúne empresas em co-criação para inovação e sustentabilidade

Os materiais escolhidos para serem apresentados ao público, cuja orientação foi feita por meio de pesquisa realizada pelo Núcleo de Design da Assintecal, estão destinados aos segmentos de vestuário, calçados, acessórios, joalheria e design de móveis – que compõem a cadeia de relacionamento do Inspiramais. Uma forma de conectar esse nicho ao mercado, apresentando um aspecto exclusivo, pioneiro e original. Estes produtos precisam estar em consonância com as necessidades atuais, sendo produzidos com materiais diferenciados, compostos por atributos de imaginação, criatividade, inspiração e conceitos de sustentabilidade e inovação.

Leia aqui – Inspiramais 2020_I: Projeto +Estampa é norteado pelo tema “Zen” e propõe um olhar sobre o vínculo e o tempo na relação do homem com a natureza

As empresas podem participar a cada edição do evento, inscrevendo os seus componentes, que precisam ser destinados a um dos segmentos em que o evento se relaciona: vestuário, calçados, acessórios e joalheria. Após a seleção dos materiais que mais adequem às características do projeto, as selecionadas recebem orientação para adequar seus produtos às tendências indicadas na pesquisa do Conexão Inspiramais. Depois da apresentação dos materiais no evento, os selecionados serão convidados a participarem de até oito rodadas de negócios em polos produtivos do setor de confecção e calçados, possibilitando o contato com grandes marcas e visibilidade.

Com a produção inspirada nas pesquisas desenvolvidas pelo Núcleo de Design da Assintecal, as novidades do setor moda verdadeiramente brasileira são a prova concreta que deixamos de ser reféns do alter ego colonizador do europeu e apostamos na maximização de potencial do artesanato brasileiro afastando nossa arte de uma armadilha letal neste movimento progressivo do ambiente local para o internacional. Flávia conta que as palavras-chaves da Metodologia da Pirâmide serviram de inspiração para as criações dos projetos, diretamente. “Tudo que nós fazemos é pautado por uma pesquisa muito séria, então, tudo que apresentamos aqui está muito voltado para as palavras-chaves. Em Resistência, estamos trabalhando o fazer artesanal e a força que isso tem para continuarmos existindo, incluindo nesses 60% a sustentabilidade, um trabalho que agregue mais valor”, contou Flávia. E acrescentou: “Quando falamos em Alquimia, os 30% da pirâmide, estamos tratando de materiais que tenham algum apelo de acabamento, seja o látex, os impermeáveis, ou possibilidades mais sustentáveis, onde entra o algodão orgânico. Sempre pensando nas possibilidades para que possamos fazer uma moda para o dia a dia mais confortável. Um exemplo sensacional é o acabamento repelente à água, feito de nanotecnologia aplicada em algodão orgânico, que é muito bacana para você conseguir fazer um calçado de fibra de bananeira ficar mais durável, de forma que ela não altere a propriedade sustentável do material”, completou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nossa diversidade de artesanatos de primeira linha é enorme. Muitas delas só são encontradas no Nordeste, e se não estimuladas, correm o risco de desaparecer. Não porque careçam de mão-de-obra para produzi-las, mas pelo gargalo que hoje temos para comercialização destes produtos e pela falta da inclusão de melhores insumos tecnológicos para que esses produtos tenham maior competitividade em mercados que os valorizem. O backbone, a espinha dorsal do item de luxo, está no feito à mão, no artesanato de alto valor agregado, na marca de origem. Marca de origem: uma expressão mágica, uma chancela que um país como o Brasil, hoje enxergado de forma tão positiva no inconsciente coletivo mundial, tem toda propriedade para ter. O Brasil deve ser a grande marca guarda-chuva para a moda brasileira, agora com a consciência ambiental e social em foco. “Eu acredito que essa é a grande amarração que estamos fazendo aqui e tem dado tão certo: inovação e sustentabilidade. É muito difícil separar o que é um ou outro, unicamente. O presente e o futuro certamente significarão a união da inovação + sustentabilidade. E essa é a motivação que a gente tenta trazer para todo o Salão Inspiramais”, concluiu Flávia Vanelli.

Confira as empresas selecionadas:

Artesanato

– Rendeiras do Cariri

– Ana Maria Marchioretto Casara

– Luciano Pinheiro

– Ana Paula da Silva

– Atitocou

– Das Catarinas

– Piracaianas (Maria Miluzzi)

– Palhas Fashion

– Central Veredas

– Associação dos Artesãos de Uruana de Minas Cores do Cerrado

– Ana Banana

– Marco Antonio da Rosa Righi

– Marina de Oliveira Stuginski

– Associação de Apoio ao Agro extrativismo de Ipixuna

– Farfarm (Agrofloresta)

– Grupo de artesãs + Plantae

– Indústria – Sustentabilidade

– Natural Cotton Color

– Cooperativa Central Justa Trama

– Companhia Textil de Castanhal

– Kirimurê Brasil

– Lupa – Banco de Tecido

– Biotecam

– Ecológica

– RatoRói

– Tarcila Figueiredo Almeida – Moltec

– IQX

Indústria – Tecnologia

– HD Eletrônicos e Tecnologia

– Catelini Padilha

Indústria – Sustentabilidade

Natural Cotton Color

Cooperativa Central Justa Trama

Companhia Textil de Castanhal

Kirimurê Brasil

Lupa – Banco de Tecido

Biotecam

Ecológica

RatoRói

Tarcila Figueiredo Almeida – Moltec

IQX

Produtos finais

– Clenaup Indústria e Comércio da Calçado

– Ipadma Calçados

– Bio Saúde e Arte

– Floripes V. da Silva

O Inspiramais é promovido pela Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Tem patrocínio da Cipatex, Altero, Bertex, York, Advance Têxtil, Sappi Dinaco, Wolfstore, Caimi & Liason, Brisa, Intexco, Tecnoblu, Britânnia Têxtil, Cofrag, Colorgraf, Endutex, Componarte, Branyl, Berlan, Suntex e Aunde Brasil e conta com o apoio da ABEST, ABICAV, Abicalçados, IBGM, Instituto By Brasil (IBB), In-Mod, ABVTEX, Ápice, Abimóvel e Guia JeansWear by Style WF e Francal.

Pesquisas relacionadas

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,