Arte & Literatura

Comida, diversão e arte! Entre temperos e especiarias, artista japa usa comida oriental em suas suas criações

Como na música dos Titãs, a gente não quer só comida, mas diversão e arte! Dublê de cozinheiro e artista, Takayo Kiyota é literalmente arroz de festa na hora de criar telas a partir de sushis!

Publicado em 02/12/2013 | Por Heloisa Tolipan

A cozinha japonesa é uma filosofia, quase uma religião, e a paciência é fator fundamental para sua elaboração, assim como a sofisticada apresentação. Quase uma obra de arte, portanto. Pensando nisso, o artista e ilustrador Takayo Kiyota usa o makizushi, aquele rolo cilíndrico de sushi enrolado em alga, como a matéria-prima para a sua arte. Kiyota organiza os ingredientes de maneira minuciosa, sobre o arroz, e utiliza uma esteira de bambu para ‘colar’ tudo junto. Os resultados são surpreendentes.

As imagens vão além da imaginação e vale tudo. Podem ser alienígenas, animais ou faraós, e os desenhos criados por esse mestre do arroz são sempre uma verdadeira incógnita, até mesmo para ele. Quase aquele tipo de arte intuitiva, criada a partir de lampejos da criatividade espontânea, que também dependem  de uma pitada do acaso. Takayo, ou Tama-chan – como gosta de ser chamado – vai imaginando, na hora, os incríveis motivos, tudo ao longo do seu brainstorm. Com muita precisão e alguma sorte, ele acaba conseguindo resultados incríveis na hora de cortar o makizushi em pedaços.

O japonês garante que o mais difícil são as expressões faciais, confessando, com jeitinho de filósofo oriental: “É complicado porque os pequenos ingredientes e até uma força excessiva ao enrolar podem acabar bagunçando as formas por completo”. Além, é claro, de o fato de o artista não poder editar ou melhorar suas obras quando vê o resultado.

Fotos: divulgação

*Por Rafael Moura

Pesquisas relacionadas