Arte & Literatura

Agenda Cultural: “Samba In Rio” movimenta a Apoteose, Festival Arte Leblon ocupa as ruas do bairro e Erasmo Carlos apresenta seu Lado B

E mais: "Homem-Formiga" chega aos cinemas, Clubhouse Rio abre as portas para o público e Luiz Salem volta aos palcos

Publicado em 17/07/2015 | Por João Ker

No meio de julho, o fim de semana traz dois megaeventos para o Rio de Janeiro, celebrando duas das facetas mais divertidas da cidade: o “Samba In Rio”, festival que une gerações e os maiores nomes do gênero na Praça da Apoteose, no sábado e no domingo; e o “Festival Arte Leblon”, que ocupará o bairro com dezenas de intervenções e performances artísticas. Os outros destaques da nossa agenda cultural em cinema, teatro, shows e artes, você confere abaixo:

Alcione e grandes nomes se reúnem na Apoteose com o "Samba In Rio", Festival Arte Leblon ocupa as ruas do bairro e Erasmo Carlos apresenta seu lado B

Alcione e grandes nomes se reúnem na Apoteose com o “Samba In Rio”, Festival Arte Leblon ocupa as ruas do bairro e Erasmo Carlos apresenta seu lado B

Cinema:

“Homem-Formiga”: Paul Rudd vive o super-herói da Marvel que dá continuidade à atual febre e excesso de filmes do gênero, que saem dos quadrinhos e tentam emplacar bilheterias bilionárias. Aqui você lê uma crítica completa da produção, escrita por Flávio di Cola.

“A nação que não esperou por Deus”: o documentário de Lucia Murat gravado ao longo de 17 anos chega finalmente aos cinemas, contando a história dos índios Kadiwéus e a luta por terras no Mato Grosso do Sul. Saiba mais sobre o filme aqui.

“Sentimentos que curam”: Mark Ruffalo revive mais uma vez – porque todas as anteriores não pareciam suficientes – o papel de pai que não consegue lidar com os filhos. Dessa vez, ele vem acompanhado de Zoe Saldana no papel da esposa, ambos sob a direção de Maya Forbes.

Shows:

sambainrio.com.br, Praça da Apoteose: grandes nomes do samba como Alcione, Arlindo Cruz, Maria Rita, Martinho da Vila, Mart’nália, Beth Carvalho e Alexandre Pires, dentre muitos outros, se revezam na Apoteose durante o final de semana, na primeira edição do festival que já promete ser um doas maiores do gênero.

Victor & Leo, Citibank Hall: em apresentação única na Cidade Maravilhosa, uma das maiores duplas sertanejas do país traz o show do disco “Irmãos” para o Citibank Hall, neste sábado. Espere sucessos como “Fada”, “Amigo Apaixonado” e “Borboletas”, aqueles clássicos do gênero que todos sabem cantar,

Erasmo Carlos, Oi Casa Grande: o Tremendão apresenta nesta sexta e sábado o show “Meus Lados B”. com todas aquelas preciosidades que os fãs conhecem, mas não chegaram a tocar nas rádios. Quer jeito melhor de comemorar a semana do Dia do Rock?

Erasmo Carlos apresenta seu Lado B no Teatro Oi Casa Grande

Erasmo Carlos apresenta seu Lado B no Teatro Oi Casa Grande

Toquinho, Miranda: ao lado de Anna Setton, o mestre da MPB também faz apresentação dupla na sexta e no sábado, com aquele violão lendário trazendo ao palco sucessos e solos de seus 50 anos de carreira.

Tom Zé, Circo Voador: com Graveola e o Lixo Polifônico + Festa Maracangalha, Tom Zé traz o espetáculo “Vira Lata na Via Láctea” para a lona da Lapa nesta sexta, cheio das vibes tropicalistas que não poderiam faltar.

Festas:

“Selvagem”, Cais da Imperatriz: a festa de ritmos psicodélicos e gente alternativa que conquistou Riccardo Tisci e a dupla Mert & Marcus é sempre a melhor opção do fim de semana e, nesse sábado, não poderia ser diferente.

“Odara”, Espaço Rampa: música brasileira e tropicalista, para a cuca e o corpo ficarem odara, invadem o Rampa nesta sexta. Uma dica? É sempre bom ter cuidado na hora de dar a volta no barquinho pela orla de Botafogo.

“Disconnection”, Clubhouse Rio: a casa mais exclusiva do Rio, com uma das melhores vistas, abre as portas para o público, com entrada grátis e lineup de DJs comandado por Nepal, além de Godi, Leo LS2, Peirão e Tabalipa.

“Labirinto com Facção Caipira”, The Maze Rio: se observar a vista do morro Tavares Bastos e ter a aventura de chegar lá no alto de mototáxi não forem pretextos suficientes, a mistura de blues, jazz, country e pop no som é uma profusão de ritmos e estilos que agrada todo mundo.

Teatro:

“Horácio”, Poeirinha: Carlos Gradim, diretor do Museu de Arte do Rio, dirige a peça que mergulha na psique do personagem homônimo ao título, vivido no palco por três atores diferentes. Aqui você lê nossa entrevista exclusiva com Carlos, falando sobre isso e muito mais.

“Neurótica”, Teatro Municipal Carlos Gomes: Flávia Reis estrela e co-assina o roteiro do monólogo que oferece um ponto de vista bem-humorado e nada caricato da mulher contemporânea. Leia aqui a crítica do espetáculo, assinada por Rodrigo Monteiro.

“As Conchambranças de Quaderna”, Teatro Dulcina: baseada no texto de Ariano Suassuna, a montagem comemora os cinco anos da Cia. OmondÉ, e traz duas das três histórias escritas pelo autor, interligadas pelo narrador. A direção é de Inez Viana.

“Desatinado”, Teatro Candido Mendes: Luiz Salem estrela o monólogo no qual um ator é abandonado por sua produção em cena e se vê brigado a improvisar para conseguir manter sua dignidade e a atenção do público, tudo com muito humor, é claro. A direção é de Stella Miranda e o texto de Antonio Bivar.

Luiz Salem volta aos palcos com "Desatinado"

Luiz Salem volta aos palcos com “Desatinado”

Artes:

Festival Arte Leblon: as ruas, lojas e restaurantes do bairro receberão entre hoje e o dia 26 uma série de performances, shows, feiras, oficina de circo, workshop, grafite, trapézio e poesia de rua como parte do calendário oficial de comemoração dos 450 anos da cidade – e 96 do Leblon. Confira a programação completa aqui.

“Sabor sem medidas”, Casa Carandaí: de forma lúdica, o fotógrafo Luis Gutman apresenta uma série de 24 imagens inéditas, capazes de dar água na boca e despertar não só o paladar, mas também a imaginação do convidado.

Luis Gutman aguça a imaginação e o paladar com nova exposição na Casa Carandaí

Luis Gutman aguça a imaginação e o paladar com nova exposição na Casa Carandaí

“Iole de Freitas – O Peso de Cada Um, MAM Rio: a partir deste sábado, a artista que comemora 70 anos em 2015, e mais de 40 na profissão, apresentará sua mais nova investida em esculturas feitas de chapas de aço, material até então inédito em toda a sua produção.

Pesquisas relacionadas