Cinema & TV

O mais famoso playboy carioca, Jorginho Guinle, ganha filme vivido por Saulo Segreto: “Interpretá-lo é entender um pouco da nossa história econômica e social”

No elenco também estão Guilhermina Guinle, Letícia Spiller e Daniel Boaventura. E para ambientar essa história muitas cenas foram rodadas no Copacabana Palace, no apartamento que pertenceu a Jorginho, no bairro do Flamengo, e na Gávea, onde ele morou nos últimos dias de vida

Publicado em 11/03/2019 | Por Bárbara Tenório

Chega aos cinemas esse mês o longa-metragem que conta a história de Jorge Guinle (1916-2004), o herdeiro de uma das famílias mais ricas e influentes do Brasil no início do século 20. O famoso Jorginho vivia entre festas, luxo e entre os mais poderosos e as mulheres mais desejadas. O Rio de Janeiro era pequeno para ele, por isso, tinha até carta branca para entrar nos estúdios de Hollywood. Decidido a não trabalhar nenhum dia sequer, ele gastou toda a riqueza da família. Conversamos com o ator Saulo Segreto, que interpreta o personagem principal dessa história no filme “Jorge Guinle – Só Se Vive Uma Vez”, direção de Otávio Escobar.

Atores em cena durante a filmagem do longa “Jorge Guinle – Só Se Vive Uma Vez” (Foto: Divulgação)

Saulo interrompeu o curso de publicidade para entrar de vez no mundo da atuação e se formou na CAL. A partir daí colecionou peças e muitos musicais no currículo. Para viver Jorginho Guinle no cinema, o ator fez o teste e uma semana e meia depois já estava integrando as filmagens das primeiras cenas. “Foi tudo muito rápido, mas muito intenso. Interpretar o Jorginho é conhecer o cenário dourado de um Rio de Janeiro. Ele fazia parte de uma das famílias mais importantes do país. Interpretá-lo é entender um pouco da nossa história econômica e social”, destacou o ator, que interpreta Guinle desde jovem aos últimos dias de vida. “O que eu tentei trazer para a interpretação do Jorginho idoso foi um pouco mais de cansaço.  Eu fiz um laboratório pessoal olhando no espelho e pensando como eu seria com mais idade”, explicou Segreto.

Saulo Segreto interpretou Jorginho desde jovem até a terceira idade (Foto: Divulgação)

No elenco também estão Guilhermina Guinle, Letícia Spiller e Daniel Boaventura. E para ambientar essa história muitas cenas foram rodadas no Copacabana Palace, no apartamento que pertenceu a Jorginho, no bairro do Flamengo, e na Gávea, onde ele morou nos últimos dias de vida. “Ele foi um grande e único playboy carioca. Jorginho trouxe grandes estrelas de Hollywood para conhecerem o Rio de Janeiro. Ele fez as primeiras grandes festas no Rio e cultivou aqui essa ideia de um lugar bom para se viver, divertir e curtir a vida”, ressaltou Saulo, que está em seu primeiro grande papel no cinema.

O ator já atuou em muitos musicais e Jorginho Guinle será um grande papel no cinema (Foto: Divulgação)

O ator está ensaiando o seu sétimo musical. Ele já esteve em cartaz com “Romeu e Julieta”, “Chacrinha, o Musical”, “Bilac Vê Estrelas” e “Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz, o Musical”, entre outros. “João Fonseca que dirigiu os musicais do Cazuza e do Tim Maia, me chamou há alguns anos atrás para fazer um teste. Daí sete anos depois, a gente se encontrou e ele fez o convite para eu integrar o musical do Cazuza”, relembrou Saulo.

O ator participou também do filme “Minha Mãe é uma Peça 2” e disse que está adorando ser múltiplo. “O grande diferencial é ser um ator que se formou com uma base sólida. Eu sempre acreditei que só faria teste para televisão e cinema depois de uma grande experiência com o teatro. Fiquei oito anos trabalhando só nos palcos e, depois, comecei a abrir um pouco para o audiovisual. E hoje eu me sinto seguro para mostrar o que eu tenho para oferecer”, concluiu.

Pesquisas relacionadas