ToliBlog

Descobrimos que o próximo Rio Moda Rio já deve ser em novembro e Carlos Tufvesson diz: “Não podemos lançar outono/inverno em fevereiro com 50ºC”

Tufvesson, curador da mais nova semana de moda, também disse: "O mais nocivo hoje para o mercado são os lançamentos do varejo"

Publicado em 07/06/2016 | Por Lucas Rezende

HT acabou descobrindo que o Rio Moda Rio, que terá sua primeira edição entre os dias 14 e 18 de junho no Piér Mauá, possui fortes chances de ganhar uma segunda edição já em novembro deste ano, com menos de seis meses de intervalo entre uma e outra. E, claro, fomos atrás de Carlos Tufvesson, curador do Rio Moda Rio, presidente do Conselho Municipal da Moda do Rio de Janeiro, Coordenador Especial da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio e estilista renomado (ufa!); para levantar mais detalhes. Tufvesson confirmou nossa “previsão para novembro” e disse que ainda não tem as datas certas porque vai esperar passar a edição de début, para só assim “conversar com os estilistas para ver o que é melhor para eles”.

E tem mais, baby: Tufvesson já enxerga, com aquele seu olhar de visionário que a gente conhece bem, um salão de alto verão durante o próximo Rio Moda Rio. “Mas aí tem que envolver os estilistas, a cadeia (da moda), uma série de coisas. O que a gente está tentando é organizar e seguir um calendário. Tem que entender se o mercado quer. O mais nocivo hoje para o mercado são os lançamentos do varejo. E a única maneira de empurrar os lançamentos do varejo é voltar a ter uma coleção de alto verão como tinha antes. A gente não pode lançar outono/inverno em fevereiro com 50 graus. A gente trabalha, trabalha, cria, cria, compra, compra, e, na verdade, vai vender as coleções na hora da liquidação – que é quando o desejo de compra bate em função do tempo”, refletiu a problemática.

Carlos Tufvesson (Foto: Reprodução)

Carlos Tufvesson (Foto: Reprodução)

Tufvesson, que na apresentação do projeto do Rio Moda Rio no Museu de Arte do Rio de Janeiro (MAR) em abril, nos disse que a nova fashion week  é algo que não se lembra “de ter visto em 20 anos na moda brasileira”, acredita que “está nascendo algo para que a gente possa trabalhar junto e mudar esse panorama (de crise da moda). As pessoas têm que poder empregar mais e vender mais”. Isso sem lembrar que o Rio Moda Rio já se tornou a primeira semana “see now, buy now” do mundo – sem nem antes começar. “Seremos a primeira semana brasileira a quebrar a sazonalidade e adotar o formato em que o consumidor, logo em seguida ao desfile, poderá adquirir em loja a roupa da passarela”, também nos disse ele. É que o evento terá pop-up stores montadas dentro da estrutura do evento com produtos exclusivos e peças da passarela – serão, ao todo, 10 marcas participando.

*Desfilando nessa primeira edição do Rio Moda Rio, 14 marcas: Guto Carvalhoneto, Martu e The Paradise (trinca de estreantes), Lenny Niemeyer, Osklen, Isabela Capeto, Patrícia Viera, Andrea Marques, Blue Man, Mara Mac, Maria Filó, Ivan Aguilar, Alessa e Lino VillaventuraGringo Cardia é quem assina a direção artística do espaço de desfiles. A seguir o line-up completo:

15 DE JUNHO

Patricia Viera: 17h – Abertura da sala/ 17h30m – Início da apresentação

Martu: 18h – Abertura da sala/ 18h30m – Início da apresentação

Lino Villaventura: 19h30m – Abertura da sala/ 20h – Início da apresentação

Guto Carvalhoneto: 21h – Abertura da sala/ 21h30m – Início da apresentação

16 DE JUNHO

Maria Filó: 13h30m (externo)

Mara Mac: 17h – Abertura da sala/ 17h30m – Início da apresentação

Isabela Capeto: 18h – Abertura da sala/ 18h30m – Início da apresentação

Andrea Marques: 19h30m – Abertura da sala/ 20h – Início da apresentação

Alessa: 21h – Abertura da sala/ 21h30m – Início da apresentação

17 DE JUNHO

Ivan Aguilar: 14h (externo)

Osklen: 16h (externo)

Blue Man: 18h – Abertura da sala/ 18h30m – Início da apresentação

Lenny: 20h – Início da apresentação

The Paradise: 21h – Abertura da sala/ 21h30m – Início da apresentação

Pesquisas relacionadas