ToliBlog

Hormônios teen em polvorosa: Justin Bieber e 5 Seconds of Summer se alfinetam após integrantes da banda zombarem do cantor

Em uma série de tweets que foram posteriormente apagados, o ex de Selena Gomez postou: "Não use meu nome para ganhar manchete"

Publicado em 28/12/2015 | Por João Ker

Parece que as rivalidades entre os ídolos teen não tem fim, mesmo que os próprios artistas não estejam afim de se envolverem em mais polêmicas. A mais nova rixa do mundinho pop é entre Justin Bieber e os integrantes da boyband 5 Seconds of Summer. Na matéria que acompanha a polêmica capa da banda para revista Rolling Stone, uma das passagens do texto afirma que os integrantes do grupo compareceram ao after que Justin organizou pós-American Music Awards. “Eu acho que ele nos odeia. (…) Era muito louco, com pessoas em cima da mesa e tudo o mais. Eu provavelmente não deveria dizer isso, mas ele deixou o próprio álbum tocando em loop por cerca de três horas”, comentou o guitarrista e vocalista Michael Clifford.

5 Seconds of Summer na capa da Rolling Stone (Foto: Reprodução)

5 Seconds of Summer na capa da Rolling Stone (Foto: Reprodução)

Justin, que ultimamente não tem poupado em respostas contra os haters, respondeu ao comentário em uma série de tweets que foram posteriormente deletados. “Desculpa, cara. Eu não te odeio. Eu nem te conheço. E você tem certeza que veio para a nossa festa? Porque o meu álbum não estava nem em loop. Estranho. Desejo o melhor para você. Não use o meu nome para ganhar manchetes. Você já está na capa (da Rolling Stone). Você não precisa disso. Seja honesto. Grandes abraços, parceiro”, mandou o ex de Selena Gomez.

Justin Bieber rebate declarações de integrante da 5 Seconds of Summer: "Não use meu nome para ganhar manchetes" (foto: Reprodução)

Justin Bieber rebate declarações de integrante da 5 Seconds of Summer: “Não use meu nome para ganhar manchetes” (foto: Reprodução)

Em seguida, Justin apagou as mensagens e publicou algumas indiretas não endereçadas a ninguém, especificamente: “Às vezes eu me pergunto o que diabos eu tinha a ver com isso??? Risos. E agora podemos dizer que seguimos em frente. Sem ódio, só amor. Estou feliz em esclarecer isso. Momentos felizes”, disse, cheio positividade. O próprio Michael também não quis se envolver na treta e esclareceu a confusão em seu perfil: “Não fiz nada além de elogiar o álbum. Não entendo por que isso está na matéria. Sou um grande fã desde o começo, cara. Se cuide”, postou.

Pesquisas relacionadas