ToliBlog

Em entrevista reveladora, Cara Delvingne conta que Kate Moss a salvou da depressão: “Ela praticamente me levantou do chão”

A atriz e modelo participou do projeto "Women in the world" e ainda desabafou sobre a indústria da moda, carreira de modelo e compartilhou um poema obscuro, escrito por ela aos 15 anos

Publicado em 13/10/2015 | Por João Ker

Inúmeras capas de revista, um dos rostos mais conhecidos da moda contemporânea, manequim 36, posto de “Modelo do Ano” pelo British Fashion Awards, mais de 20 milhões de seguidores no Instagram, atriz de franquias bilionárias, família rica e 5ª melhor profissional do ramo em todo o mundo, de acordo com o Models.com. Apesar de todas as suas conquistas, Cara Delevingne confessou em uma recente entrevista ao projeto “Women in the world”, que sofreu de uma depressão profunda desde os 15 anos.

“Na nossa cultura, nós somos ensinados que se somos bonitos, magros, bem-sucedidos, famosos, se nos encaixarmos e todos nos amarem, nós seremos felizes. Mas isso não é inteiramente verdade”, comentou a atriz e modelo, que contou ter abandonado a escola aos 17 anos e ter se sentido doente com as pressões da indústria da moda. “Não era legal. Você ouve constantemente que não é linda o suficiente, ou magra o suficiente e que há pessoas melhores que você na indústria. Eu sabia que era sortuda por ter uma família e amigos maravilhosos. Mas queria que o mundo me engolisse, me sentia suicida o tempo todo”.

Cara Delevingne admite que sofria depressão desde os 15 anos (Foto: Reprodução)

Cara Delevingne admite que sofria depressão desde os 15 anos (Foto: Reprodução)

De acordo com Cara, ela precisou de três ajudas para se curar da doença: a ioga, a escrita e Kate Moss. “Eu mascarei todos esses problemas com medicamentos, ao invés de tirar um tempo para realmente resolvê-los. Naquela época, eu queria que alguém me parasse e dissesse ‘Você precisa de dar um tempo. Você precisar cuidar de si mesma’. Eventualmente eu disse não e consegui dar uma pausa, graças aos conselhos de Kate Moss, que praticamente me levantou do chão”, explicou sobre a amiga, com a qual já posou para inúmeras campanhas, como a da Burberry.

Cara Delevingne sobre Kate Moss: "Ela me levantou do chão" (Foto: Reprodução)

Cara Delevingne sobre Kate Moss: “Ela me levantou do chão” (Foto: Reprodução)

Ao longo da entrevista, que você confere na íntegra abaixo, Cara Delevingne ainda encorajou as meninas a sonharem mais alto do que a carreira de modelo: “Pense na presidência”, disse. A atriz compartilhou também um poema escrito quando ainda era adolescente, no qual fala sobre a sua depressão e as batalhas internas que travava:

“Quem sou eu? Quem estou tentando ser?

Não eu mesma. Qualquer um, menos eu mesma.

Vivendo em uma fantasia para enterrar a realidade,

Me transformando em um mistério

Uma estranha faceta disfarçando a miséria

Vazia, mas além do ponto de vazio

Repleta do brilho da falsa autoconfiança

Uma guarda que nunca irá se partir

Porque eu parti há muito tempo

Eu estou sofrendo mas não digo a ninguém,

Ninguém precisa saber

Não mostre que você falhou

 Sempre ok, sempre bem, sempre no show

O show precisa continuar

Ele nunca irá parar

O show não precisa continuar

Mas eu sei que ele irá

Eu desisto, eu desisto de desistir

Eu estou perdida

Eu não preciso ser salva, eu preciso ser encontrada”

 

Pesquisas relacionadas