ToliBlog

Dose dupla: na SPFWN43, Mariana Weickert se divide entre a apresentação na televisão e a passarela da moda: “Eu juro que tento parar”

Há quase duas décadas totalmente insider no cenário fashion, a modelo apontou o que mais a agrada nestes ambientes. E completou: é também o que mais a incomoda. "Eu acho que a melhor parte deste universo são as pessoas que fazem parte dele. Mas, o contrario também é real"

Publicado em 14/03/2017 | Por Julia Pimentel

Sempre lindíssima, Mariana Weickert continua brilhando quando o assunto é moda. Depois de se destacar nas passarelas do Brasil e do mundo anos atrás, há mais de uma década a modelo assume a posição de apresentadora e repórter do cenário fashion para o canal GNT. Em mais uma SPFW de sua carreira, Mariana continua desfilando sua beleza encantadora pelos corredores da Bienal, sede do evento. Mas, ao HT, a modelo adiantou que nesta edição irá marcar presença para além dos estúdios do GNT. Hoje, Mariana Weickert é a estrela do desfile da Ellus. “Eu juro que eu tento parar, e eu parei. Mas de vez em quando, eu recebo umas ligações do além me chamando para a passarela. Não tem como recusar, me sinto lisonjeada”, contou animada.

Mariana Weickert na SPFWN43 (Foto: Henrique Fonseca)

No entanto, Mariana Weickert garantiu que continua em sua posição como porta-voz do mundo fashion do GNT na maior semana de moda da América Latina. Sobre a experiência, que já dura onze anos, a modelo e comunicadora definiu como uma evolução natural. “Com o tempo, as prioridades e as vontades da vida mudam e nós temos que ir nos adequando. À medida que eu fui fazendo, eu comecei a receber novos convites que me aguçaram e me desafiaram a querer continuar. Para mim, isso tudo foi muito orgânico e natural. Em momento algum eu procurei fazer fonoaudióloga ou me dedicar a essa outra profissão. Até porque, eu não sabia a proporção que isso ia tomar e nem que ia durar por tanto tempo”, confessou.

Experiente e personagem símbolo da moda brasileira, Mariana contou que um mesmo fator permeia sua experiência no cenário fashion. Segundo ela, que há pelo menos duas décadas respira estes ambientes, o lado humano é um dos elementos de destaque nos bastidores. “Eu acho que a melhor parte deste universo são as pessoas que fazem parte dele. Mas, o contrario também é real. A pior parte também são as pessoas”, revelou Mariana Weickert que, apesar do fator negativo, não esconde a paixão. “Eu sinto muitas saudades de todo mundo”, completou.

Pesquisas relacionadas