ToliBlog

Com mais de 30 anos de carreira, Miguel Falabella vira samba e é escolhido enredo da Unidos da Tijuca no Carnaval de 2018

Com o enredo “Um Conto Urbano: Miguel, o arauto das artes saúda o povo e pede passagem”, a escola, que não ganha o Carnaval carioca desde 2014, irá contar na avenida diversos trabalhos da carreira do artista, entre eles, “Pé na Cova”, “Sai de Baixo” e “Noivas de Copacabana”

Publicado em 06/07/2017 | Por Julia Pimentel

Deu samba! Ator, diretor, escritor, apresentador e dramaturgo, agora Miguel Falabella também será enredo de escola de samba. O anúncio foi feito no último domingo, 2, na final do Show dos Famosos, do Domingão do Faustão, em que ele era jurado. No Carnaval do ano que vem, Miguel Falabella será a inspiração e o homenageado da Unidos da Tijuca. Com o enredo “Um Conto Urbano: Miguel, o arauto das artes saúda o povo e pede passagem”, a escola, que não ganha o Carnaval carioca desde 2014, irá contar na avenida os mais de 30 anos de carreira de Miguel Falabella. Entre os trabalhos do artista que serão lembrados na Marquês de Sapucaí estão, por exemplo, “Pé na Cova”, “Sai de Baixo” e “Noivas de Copacabana”, de acordo com a coluna Gente Boa do jornal O Globo.

Miguel Falabella será tema da Unidos da Tijuca em 2018 (Foto: Reprodução/Gshow)

No próximo dia 10, inclusive, Miguel Falabella irá ao barracão da Unidos da Tijuca fazer a leitura da sinopse do enredo em sua homenagem, como também adiantou a coluna do O Globo. No entanto, esta não será a primeira experiência do artista entre as plumas e lantejoulas do Carnaval carioca. Durante cinco anos, Miguel assumiu a posição de carnavalesco. De 1993 a 1996, ele assinou o desfile da Império da Tijuca, chegando a conquista o vice-campeonato da Série A em 1995, e em 1997, fez o carnaval da Acadêmicos da Rocinha.

Miguel Falabella em1993 como carnavalesco da Império da Tijuca (Foto: Reprodução/Acervo O Globo)

Pesquisas relacionadas