Quotes

“Criança Esperança” chega ao fim com números impressionantes: foram R$16 milhões arrecadados em doações e 62 projetos beneficiados

Além de levantar recursos, a campanha promoveu e debateu temas centrais na defesa dos direitos de crianças e jovens brasileiros por meio dos mobilizadores Dira Paes, Flávio Canto, Lázaro Ramos e Leandra Leal e em VTs provocativos

Publicado em 18/07/2016 | Por Karina Kuperman

São 62 projetos beneficiados e mais de R$16 milhões arrecadados em doações. Estamos falando do “Criança Esperança”, projeto da UNESCO em parceria com a Rede Globo que, em sua 31ª edição, teve os jovens como tema central e, desde o início da campanha, no dia 5 de junho – com o reality social ‘Click Esperança’, que foi exibido em quatro episódios no “Fantástico” – vem não só arrecadando recursos, mas levantando questões e debatendo temas centrais na defesa dos direitos de crianças e jovens. No dia 14, foi o debate “Diálogos da Esperança – Como vai você, jovem brasileiro?” na GloboNews – com direito a participação dos mobilizadores Dira Paes, Flávio Canto, Lázaro Ramos e Leandra Leal, mediados por Pedro Bial – que chamou atenção para questões como racismo, gênero, educação e violência. Por lá, jovens e lideranças engajadas debateram os assuntos em questão.

20160718 RM Criança Esperança0018

(Foto: Divulgação)

Já nos dias 2 e 3 de julho, o “Viradão da Esperança” tomou conta de toda a programação da Globo e diversos atores, esportistas e influenciadores digitais se revezaram para atender às ligações no Mesão da Esperança. No sábado, 2, um grande show transmitido ao vivo reuniu diversas atrações como Luan Santana, Anitta, Michel Teló, Alcione, Diogo Nogueira, Paula Fernandes, Ana Carolina, Chitãozinho e Xororó, Carlinhos Brown – que se apresentou ao lado das crianças do “The Voice Kids” -, Marcelo Jeneci, Lucy Alves, Luan & Forró Estilizado, Martinho da Vila, Sorriso Maroto e outros. O que mais chamou atenção, porém, foram os personagens da “Escolinha do Professor Raimundo” em uma performance para lá de divertida de “Pelados em Santos”, dos Mamonas Assassinas. As bailarinas plus size que dançaram com Anitta no palco também foram um ponto alto da noite.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Levando ao ar reflexões intensas sobre racismo, violência e causas sociais, o “Viradão da Esperança” teve grande repercussão nas redes sociais. Vale destacar que, esse ano, jovens empreendedores sociais foram convidados a colocar em prática suas habilidades de comunicação a serviço do Criança Esperança. Lucas, de 16 anos, o vencedor da disputa, criou e produziu um filme sobre a importância de ‘ligar para crianças’, veiculado na grade como parte da campanha. “Agora é o momento das 62 organizações selecionadas pela UNESCO, por meio de edital público, usarem os recursos doados pela sociedade brasileira para gerar oportunidades e contribuir para transformar a vida de milhares de pessoas”, disse Beatriz Azeredo, diretora de Responsabilidade Social da Globo. Vale lembrar que ainda é possível fazer doações – durante o ano inteiro – pelo site do ‘Criança Esperança’ (www.criancaesperanca.com.br).

Pesquisas relacionadas