Quotes

Caatinga globetrotter: Ronaldo Fraga leva seu trabalho em couro de Bolonha a Londres!

A coleção "Carne Seca ou um turista aprendiz em terra áspera", apresentada no SPFW rendeu exposição e palestra na Europa

Publicado em 07/03/2014 | Por Heloisa Tolipan

Ronaldo Fraga é destes criadores que colecionam títulos, méritos e aplausos. Conhecido por traduzir de forma magistral a cultura brasileira na moda, em sua passarela de inverno 2014 na SPFW consolidou esse caminho, mostrando um impressionante trabalho baseado no ecossistema semiárido brasileiro.  “Carne Seca ou um turista aprendiz em terra áspera” é uma coleção belíssima, com peças de couro baseadas na arte popular do Cariri cearense, com desenhos que lembram padrões de selaria, carne seca e escamas de peixe.

Agora ,o seu olhar poético sobre as margens do Rio São Francisco, com o qual tanto se identifica e tanto gosta de evocar em seus projetos, vai para a Europa dar uma voltinha e mostrar aquele Brasil do qual a gente ainda pode se orgulhar, ao lado de um seleto time do qual fazem parte também a coleção de verão 2013 da Dior e o verão 2014 da Prada. Fraga foi selecionado, pela segunda vez, pelo Design Museum, em Londres, como um dos cem criadores mais influentes do ano nas áreas de moda, gráfico, interiores, transportes e novas tecnologias. Desta vez em sua sétima edição, a exposição “Designs of The Year 2014”, vai do dia 25 de março a 20 de agosto.

A coleção de Ronaldo inspirada na aridez da caatinga, na última SPFW (Foto: Vinícius Pereira)

A coleção de Ronaldo inspirada na aridez da caatinga, na última SPFW (Foto: Vinícius Pereira)

“Carne Seca” também rendeu uma apresentação na maior feira de couro do mundo. O estilista apresenta o Brasil na Lineapele, em Bolonha (Itália), no dia 12 de março. No evento, ele profere palestra magna sobre o trabalho de pesquisa e desenvolvimento com o couro brasileiro nesta última coleção. Segundo o próprio Ronaldo, em suas andanças o estilista encontrou Expedito Seleiro, natural de Nova Olinda, em Cariri (CE), mestre na arte em trabalhar acessórios de couro. “Um homem que pratica o ofício secular dos costumes, que imprime no couro a face festiva, mas sofisticada, da arte popular cearense”, afirma. Na feira, o criador mineiro apresenta também o projeto “Design na Pele”, do que participa desenvolvendo produtos e estimulando a aculturação do design em sete curtumes brasileiros.

Pesquisas relacionadas