Quotes

“Arquivo Urbano”: como em um teste psicológico, fashionistas escolhem sua imagem favorita e entregam o jogo!

Na véspera do badalo em torno do livro de Jussara Romão, HT vai à luta e tenta traçar, através do calhamaço, um breve perfil interior de quem frequenta a semana de moda. Confira!

Publicado em 02/04/2014 | Por Alexandre Schnabl

* Com João Ker

Nesta noite de quinta-feira (03/04), a jornalista Jussara Romão recebe convidados e fashionistas no lounge da São Paulo Fashion Week para lançamento de seu livro Arquivo Urbano. Nele, a ex-editora de moda da Elle brazuca reúne imagens que ilustram o desenvolvimento cultural, comportamental e social do país ao longo do século passado, através do modo como as pessoas se vestem. O livro, com curadoria fotográfica de Goya Cruz e  texto de Mário Mendes, é ótimo relato documental de que a moda é tanto reflexo quanto agente transformador de uma sociedade.

Pensando na importância de um livro que serve tão bem como leitura de cabeceira e, ao mesmo tempo, de registro, HT saiu pelos corredores e backstages da SPFW para checar qual imagem do livro seria considerada essencial para os fashionistas, entre famosos, outros nem tanto. Quase como se fosse um teste de psicologia, o conhecido Teste de Rorschach, aquele teste de avialiação pictórica que a gente costuma ver em filmes. Obviamente, o entrevistado poderia escolher a imagem que melhor lhe despertasse os sentidos. Hum. Confira as respostas e tire sua conclusão.

_MG_4541

Alessandra Rosa

Alessandra Rosa, fashionista natural de São Paulo que dá expediente na entrada do evento, escolheu esta imagem ilustrativa da Belle Époque, porque “era a época em que queria ter nascido”. Bom, seu fascinator meio cocar, demi Moulin Rouge revela tudo. “Na verdade, eu acho que nasci durante aqueles anos e reencarnei agora”, brinca a brasileira, querendo emular Marion Cotillard em Meia-Noite Em Paris”.

Aline Weber

Aline Weber

A super model Aline Weber escolhe a imagem de uma mulher no final da década de 1940 pulando ondas na praia pelo “jeito descontraído” da foto. Ela ainda comenta que adora reparar na mudança de shape nos trajes de banho ao longo das décadas, e ainda revela: “Odeia fio-dental.” Mas será que Aline usaria um maiô desses? “Se eu estivesse naquela época, vestiria sim”, responde cheia de si.

Matheus

O modelo e namorado-maridão de Aline, Matheus Strapasson, por sua vez, escolhe foto da cena underground de 1980, por lembrar seus momentos de garoto-festeiro-baladeiro. Bem, Matheus, quantos anos você nos oitenta, meu bem, diga! Mas ele afirma que, depois de 10 anos trabalhando no meio, diminuiu o ritmo das baladas. Senão Aline chia…

Jean Cavalcante

Jean Cavalcante

O maquiador Jean Cavalcante, de 26 anos, segue os passos de Alessandra Rosa e também fica com a imagem da Belle Époque. Sua escolha foi feita baseada no olhar, no batom, nas pérolas e no corte da roupa que a mulher fotografada está usando. Muito analítico, precisamos desvendar isso sob um olhar lacaniano.

Isabel Hickmann

Isabel Hickmann

Isabel Hickmann, a top que protagonizou o primeiro beijo entre meninas na história da passarela da SPFW (na edição passada, com Alícia Kuczman no desfile de Lino), escolheu a última página do livro com uma colagem de fotos dos anos 00′. O motivo? Uma foto da própria Isabel está presente na coleção (em preto-e-branco). Selfie girl!

Érika Palomino

Érika Palomino

Babado. Érika Palomino,  editora-chefe da L’Officiel Brasil, seleciona uma imagem de Zuzu Angel, por achar que este é o momento para o Brasil falar sobre a estilista. “Zuzu foi a primeira a fazer as pessoas pensarem na cultura pelo viés da moda. Com a chegada dos 50 anos do Golpe de 1964 que institucionalizou a ditadura, a hora não poderia ser mais apropriada para nos lembrarmos da estilista.”

Murilo Mahler

Murilo Mahler

O produtor de moda Murilo Marhler, 23 anos e cheio de opinião, prefere uma imagem do início dos anos 1960, pela silhueta dos vestidos expostos que valorizam a feminilidade da mulher. “Lembra um pouco a Dior“, ressalta.

Marcelle Bittar

Marcelle Bittar

A mesma imagem também foi o xodó da modelo e apresentadora Marcelle Bittar, por passar uma característica essencial à época: o glamour. “Era uma época mais rica, quando as pessoas se vestiam melhor. Hoje em dia tem muita gente com estilo desleixado.” Nosso psicanalista fashion de plantão vai logo entregando, na bucha: “Trata-se de uma resposta de alguém que, apesar de saber se situar nos dias atuais, tem olhar voltado para um passado, como se sentisse deslocada no tempo.” Hum, será…

Maria Eugênia Suconic

Maria Eugênia Suconic, 27 anos

E, em um lampejo fugaz, tipo “unanimidade de Nelson Rodrigues”, a hostess do evento, Maria Eugênia Suconic, é outra que vai pelo mesmo caminho. Ou quase. “Os vestidos na praia são lindos. Eu, que gosto de montação, fico até com vontade de aparecer assim, como quem não quer nada, jeito de largadinha, mas vestindo isso na praia de Ipanema.”  Okay, Bjork!

_MG_4578

Já o estudante de publicidade John Neves, de 19 anos, em look classiquinho mas com cabelo de Belo, escolhe uma foto do início do século XX pelo “modo luxuoso com que as pessoas se vestiam naquela época”. Em vez de nosso psicanalista de plantão, nossa cartomante vai direto no ponto: “Esse rapaz assiste Downton Abbey e ama a Condessa Viúva de Grantham!”

Fotos: Henrique Resende

Pesquisas relacionadas