Moda & Beleza

Zero Grau: ‘Criamos ambiente favorável para retomada positiva da economia do setor calçadista’, diz Frederico Pletsch

“A nossa feira, que lança as coleções outono/inverno para o próximo ano, é termômetro do movimento fabril do início de 2020, um ano que todos esperamos que seja marcado por vendas mais efetivas no varejo a fim de movimentar a indústria,” diz Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos, promotora da Zero Grau

Publicado em 26/11/2019 | Por Heloisa Tolipan

(Foto: Dinarci Borges – Flash Top)

Ao longo de três dias, os corredores do Serra Park, em Gramado (RS), receberam mais de 1,5 mil marcas expositoras na Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios. O número reflete um grande otimismo do setor com sinais positivos de recuperação já nos últimos meses de 2019. A esperança de um 2020 mais relevante para a economia brasileira se tornou quase um mantra entre todos os que estiveram na Serra Gaúcha para a feira. A indústria brasileira começou a projetar ações que devem dar um novo ânimo para indústrias calçadistas, importadores e lojistas de Norte a Sul do país. “Os empresários nestes últimos períodos de algumas oscilações fizeram o dever de casa e ajustaram suas empresas. Percebe-se já um sentimento que está criando ambiente favorável para a retomada positiva da economia setorial”, disse Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos, organizadora da Zero Grau.

O Brasil é o quarto maior produtor de calçados no mundo, atualmente são mais de 6 mil indústrias calçadistas que já começam a sentir um crescimento e na edição 2019 da Zero Grau, as negociações colocaram os termômetros nas alturas. Pletsch destacou a presença importante de lojistas de todos os estados brasileiros e de indústrias que representam os polos produtores mais significativos do país. “Movimento nos corredores e nos estandes, a constante troca de informações e o fortalecimento de laços de amizade e da parceria comercial foram a síntese da feira. Isto para nós é fundamental. Saímos daqui com a sensação do dever cumprido” salientou Pletsch. Ele sublinha também a aproximação da feira com o mercado europeu, destacando aqui as presenças de empresas de países como Espanha, Holanda, Portugal e Itália. “Todos estes fatores foram responsáveis pelo crescimento da feira que chegou a 8% nesta edição em relação a do ano passado”, ressaltou Pletsch.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Corroborando com a declaração de Pletsch, Analdo Moraes, o diretor administrativo da Calçados Bebecê, de Três Coroas (RS), acredita que o próximo ano vai começar bem melhor do que este ano e já projeta uma expectativa de crescimento em torno de 10%. A calçados Bibi, de Parobé (RS) também aponta bom desempenho e encerra este ano com números positivos. A operação de franquias encerra 2019 com 124 lojas, com oito no exterior, com projeções que continuam para 2020. “Nas franquias pretendemos crescer algo em torno de 20% e no grupo todo estamos trabalhando com um percentual de 10%, contou Andrea Kohlrausch, presidente executiva da marca Calçados Bibi. Ela salientou também um desempenho positivo nas operações de multimarcas.

Ao longo da edição de 2019, da Feira Zero Grau, o site Heloisa Tolipan observou as mais de 1.500 marcas e conferiu as principais apostas para o Outono-Inverno 2020. Vem saber!

Acompanhando os passos e a evolução do universo feminino, a Bebecê traz para o Outono-Inverno 2020 uma coleção que exalta o poder e elegância, inspirada em grandes personalidades femininas como Madonna, Twiggy e Greta Garbo, que se tornaram ícones de estilo por suas personalidades marcantes. Da Rainha do Pop, as peças no estilo anos 80 com materiais como napa e acabamento soft e uma cartela de cores quentes e amadeiradas para aquecer o visual das fashionistas. Já o shape dos calçados não poderia ser menos imponente, trazendo os irreverentes saltos largos, assimétricos e acompanhados dos femininos bicos redondos. Tomam forma botas no estilo chelsea, combat, western e trekking, com ousados e volumosos solados de borracha, crepe e EVA, além dos canos com volume. Nos detalhes, arrojo é a palavra de ordem, com enfeites de tamanho maxi como tachas e rebites, sem dispensar ganchos, nós e amarrações.

Bota Bebecê inspirada na Rainha do Pop, Madonna (Foto: divulgação)

As peças que reverenciam a eterna modelo Twiggy remetem mais aos anos 70, com saltos no estilo flare e sino, que vão alargando até a sua base. A paleta de cores transita pelos tons rosados e pela energia do color blocking, com a pitada exótica das texturas animais como o croco, a cobra e a onça, além do toque sempre atual das variações de xadrez. Botas de cano reto protagonizam ao lado de mocassins, chanel, loafers, brogues, oxfords e mary janes. Saltos e plataformas forradas, kitten heels, gáspeas altas, bicos quadrados, cortes geométricos e assimetria são a essência desse mix que traz nos detalhes fivelas, enfeites quadrados e um visual retrô, iluminado pelo clássico brilho do acabamento em verniz e a elegância do semibrilho.

A ícone fashion Twiggy também foi homenageada na coleção da Bebecê (foto: divulgação)

Com o ar de mistério que já é próprio da atriz Greta Garbo, a marca apresenta calçados que fazem referência ao estilo empoderado dessa mulher que, desde os anos 30, se eternizou como um ícone da moda. Saltos altos e bicos finos aliados a cores intensas, materiais metalizados e texturas sofisticadas como o verniz e o nobuck dão resultado a um visual glam, com a adição de pedrarias que criam brilho e requinte extra. Botas metalizadas são o highlight do combo, assim como shapes com plataformas, canos ajustados e minimalistas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Capricho Shoes traz em sua essência um mood moderno e contemporâneo. Com a ousada como aposta investe em novas construções e interpreta à sua maneira os grandes hits das ruas e semanas de moda das principais capitais mundiais. A robustez da megaplataforma de borracha traduz esse conceito com maestria, revisitando os anos 2000. Nostálgico, mas superatual, o estilo jovem que conquistou os looks das artistas consagradas da época ressurge ainda mais autêntico, misturando branco, preto e anil com os terrosos pêssego, caramelo e areia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os já queridinhos chunky sneakers vieram diretamente dos anos 90 para passar uma boa temporada aos nossos pés. Neles, a mistura de detalhes refletivos, estamparia animal, como onça e zebra, e até mesmo o jeans resulta em modelos arrojados. E por falar em mistura, que tal causar com um tênis em que o cabedal é diferente em cada pé? Ao combinar detalhes de cores e estampas entre si, porém aplicadas de maneiras diferentes, o modelo twin aposta sem medo nesse grande hit das vitrines europeias e norte-americanas. Ainda no mood das tendências internacionais, elementos utilitários continuam em alta. Destaque para os pequenos bolsinhos adornam tênis de cano alto e até mesmo sandálias slide. Já a clássica construção Likes traz a opção do soft como material, quentinho como o inverno deve ser.

Para o Inverno 2020, a Vizzano convidou a modelo Aline Weber para reinventar o fashion statement e apostou em uma linguagem instantânea com alcance universal, criando elementos estéticos que identificam o que as mulheres andam desejando right now: estilo pessoal, relevância e liberdade para serem elas mesmas. A label escolheu o litoral da Bahia para apresentar os it shoes da sua nova coleção – que é distribuída em 85 países -, em que a top brasileira Aline Weber personificou essa atmosfera, onde o glamour é peça-chave no novo manifesto feminino. Nos looks selecionados para esse ensaio fashion, dominam a presença imponente de detalhes geométricos, a potência fashion do branco, além de composições em color blocking.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os tons metalizados não são mais exclusivos da noite. Agora, eles invadem a atmosfera diurna, criando arquiteturas cromáticas marcantes que, definitivamente, não passarão desapercebidas. Scarpins texturizados, flats e anabelas revezam-se através do colorway da temporada, ora em versão metalizada – destaque para tonalidades como o roxo e o dourado, ou então, em propostas monocromáticas, mas reluzentes e que harmonizam em looks com inspiração classy & sassy. Destaque para as sandálias com saltos pantalona e bloco, em diversas alturas, que vão comandar as escolhas das produções. Nos cabedais, as tiras dominam! As propostas transitam por opções com recortes mais largos, passam pelo tamanho médio e chegam às estruturas finas e delicadas, dispostas em um mesmo calçado.

A Tabita se inspirou no street style internacional para construir uma coleção de Outono-Inverno 2020. Nascida nos anos 70, a marca mescla sua essência característica da década com as trends, sem deixar de lado os desejos e necessidades de seu público. O resultado é uma coleção que é um revival dos clássicos, que foi apresentada a lojistas, formadores de opinião e imprensa durante a Zero Grau, feira calçadista que ocorreu entre 18 e 20 de novembro em Gramado/RS, mobilizando compradores nacionais e internacionais a visitarem a Serra Gaúcha para conferirem os mais incensados lançamentos do setor.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A coleção surge inspirada por três maxi-tendências, sendo o grande destaque o retorno dos clássicos. No clima dos anos 50 e 60, a marca explora modelos como as queridinhas botas chelsea com seu visual minimalista e funcional, a modelos clássicos de ankle boots, botas de cano até o joelho, chanel, scarpins e sandálias que trazem desde propostas monocolor dos neutros e dos pastéis às icônicas bicolor, que retornam com força total. Os anos 70 também foram referência para as novas criações, trazendo o estilo boho-chic para a temporada fria com muita classe através da mistura de materiais e texturas animalier com ênfase para o croco, além da cobra e das propostas monocolor, explorando a cartela de terrosos.

O perfume ultrafeminino também protagoniza na nova coleção, exalando sua essência delicada e romântica através de modelos no estilo sabrina, com saltos mais baixos e bicos finos levemente arredondados, além de modelos de Chanel que retornam com força, mules, sandálias e sapatilhas. As amarrações no tornozelo que podem ser usadas até por cima da calça e os nós nos cabedais são um charme extra de algumas peças.

Com mais de 15 anos de mercado, a marca Suzani Bissoli aposta em um DNA repleto de conforto, qualidade e elegância. A designer Mariza Dias, há seis anos à frente da label, traz uma autenticidade buscando afirmar a beleza das mulheres brasileiras. O Outono-Inverno da marca aposta em craquelados, bichos (croco, zebra, vaca, onça), bicolor, terrosos, além dos anos 80’s com o punk, o flower power, o metalizado, olhando para dancing days e as famosas sandálias gladiadoras. Uma estação que traz um ‘calorzinho’. “Eu não consigo criar nada que eu não acredito. Esse é um dos sucessos da marca”, contou Mariza. A grife de São João Batista, Santa Catarina tem mais de 5 mil ponto de venda pelo Brasil.

Este slideshow necessita de JavaScript.

‘O caminhar saudável’ é o lema da Klin, afinal cuidar dos passos dos pequenos é de extrema importância. Para o Outono-Inverno 2020 a marca faz apostas para cada fase da vida das crianças unindo inovação, estilo, conforto, maciez, segurança e todos os atributos necessários para garantir calçados de alta qualidade. Apostando em botinhas, tênis, sapatilhas, sandálias e papetes a marca infantil traduziu as inspirações de todo o mundo em modelos que são super ‘it malia’ – Glitter, Flyknit, Neoprene, Militar, Animal Print, Sola Caixa, Coturno, Mule e Corte a Fio. Além do visual super moderno, os sapatos ganham o charme das solas estilizadas.

 

A marca está presente nos momentos mais especiais da vida dos pequenino, como o nascimento, batizado, aniversário e até o dia a dia. O ‘Meu Primeiro Klin’ aparece em kits especiais, tornando cada celebração especial e recheada de fofura. Os modelos Calce Fácil chegam em novos formatos para facilitar o encaixe perfeito dos sapatos nos pezinhos com abertura frontal ou elástico, a ideia é praticidade com a segurança, o conforto e a proteção.

Looks temáticos e lúdicos aparecem no Outono-Inverno, como os modelos que reverenciam a Princesa do Gelo ou um Gatinho em glitter, bem como Unicórnio, que veio para ficar. Estampas florais estão remixadas para colorir as temperaturas mais fresquinhas e os tênis com LED agora são multicoloridos e brilham na sola inteira. A marca aposta nas famílias de temas, com bolsas, calçados e mochilas com as mesmas cores e estampas – militarismo, camuflagens, street art, metalizado, aplicações de coração, estrelas e o Lettering. A Klin aposta na palmilha anatômica ultra – produzida em poliuretano (PU) anti-hidrolise, são primordiais em todas as coleções. Com design exclusivo, a matéria-prima da palmilha, permite as crianças mesmo após brincar, correr ou pular, quando acontece a deformação elástica pelo calor e suor, a palmilha retorna à forma original, aceitando a anatomia natural dos pés, mantendo a estabilidade.

Tecnologia e conforto são primordiais na Klin

A marca tem mais de 36 anos de mercado, quatro unidades fabris e 8.500 pontos de venda por todo Brasil, lojas de fábrica, lojas conceito, e-commerce, além de cerca de 40 países levando o Caminhar Saudável para diversas gerações, pensando nos cuidados específicos de cada fase da vida de
uma criança.

Uma outra marca que nos chamou atenção nos corredores da Zero Grau foi a uFrog, que traz tecnologia e design exclusivos, calçado antiderrapante é ideal para crianças, atividades aquáticas, idosos e prática exercícios seja para crianças ou idosos nas atividades do dia a dia. Feitas em calçado em neoprene com um solado especial de borracha, garante que a temperatura do pé se mantenha e também evita deslizamento em pisos molhados. “Originalmente a ideia foi desenvolvida por uma velejadora, que sentia necessidade de um calçado mais adequado e antiderrapante dentro do barco. A partir daí o Grupo Prodata vislumbrou uma grande oportunidade para diversas atividades físicas, como práticas indoor e
demais esportes aquáticos. Atualmente um dos nossos maiores nichos, além do esportivo, é de crianças, bebês e também idosos, pois a uFrog é confortável e segura evitando assim quedas e resfriamento dos pés”, conta Jeferson Javorsky, diretor da uFrog.

Este slideshow necessita de JavaScript.

PARCEIROS QUE VISUALIZAM A NECESSIDADE DO MERCADO – A Zero Grau conta com o apoio do Sindicato da Indústria de Calçados de Estância Velha, Sindicato da Indústria de Calçados de Ivoti, Sindicato da Indústria de Calçados de Igrejinha, Sindicato da Indústria de Calçados de Novo Hamburgo, Sindicato da Indústria de Calçados de Parobé, Sindicato da Indústria de Calçados de Sapiranga e Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas.

Pesquisas relacionadas

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,