Moda & Beleza

Soulier apresenta Inverno 2019 com clientes e parceiras como protagonistas de campanha. Vem saber!

A coleção "Caminhos" celebra os 37 anos da marca carioca que valoriza as relações permeadas pelo afeto e empatia. A partir deste olhar, mulheres empoderadas e que fizeram parte da trajetória da label - Cinara Romanelli, Débora Hasse, Helena Rocha, Lilly Clark, Luciana Costa, Miriam Moraes e Tatiana Cotrim - foram fotografadas como uma síntese de sororidade representando tantas outras com histórias e vivências repletas de identidade

Publicado em 29/05/2019 | Por Heloisa Tolipan

No início do ano, quando conversamos com a diretora criativa e fundadora da Soulier, Heloisa Fávero, sobre os 37 anos da label de acessórios que é adorada por uma pluralidade de estilos de mulheres que prezam pelo conforto e toda uma conscientização de moda aliada à sustentabilidade, ela frisou que, sem dúvida, o DNA da marca também é composto pela “leveza e o colorido da alma carioca”. A Soulier conseguiu imprimir suas cores, formas e texturas ao longo dessa trajetória repleta de histórias. E, para brindar mais um ano, os holofotes foram direcionados para quem colaborou no trilhar um percurso: clientes, parceiras e equipe. A campanha da coleção Inverno 2019 batizada justamente “Caminhos” tem como protagonistas Cinara Romanelli, Débora Hasse, Helena Rocha, Lilly Clark, Luciana Costa, Miriam Moraes e Tatiana Cotrim. Mulheres empoderadas e que representam tantas outras com histórias diversas e vivências repletas de identidade.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Toda a equipe Soulier tem como premissa a valorização do afeto e da relação olho no olho repleta de empatia. Por isso, a nova campanha “Caminhos” também contou com profissionais que, de uma forma ou outra, também contribuíram para alinhavar uma história. O styling foi assinado por Anderson Vescah, beauty por Bruno Alsiv, fotografia de Guilherme Lima e projeto gráfico do catálogo by Lívia Martins.

Para vocês saberem um pouquinho da história da marca que conquistou uma chancela ao valorizar a inclusão social com o viés de sustentabilidade… ela foi criada em 1982 com foco no mercado atacadista. A Soulier era sinônimo de produção de bolsas, sapatos e acessórios para compradores de Norte a Sul do país. A expertise adquirida proporcionou a estreia no varejo em 2003 com a primeira loja em Ipanema, no Rio de Janeiro, que, até hoje, é emblemática. Na Soulier tudo é pensado para proporcionar a esta mulher contemporânea e múltipla o conforto, a versatilidade e a praticidade.

Fomos conversar com algumas das protagonistas da campanha para saber como reagiram ao convite de mostrarem a verve modelo. Cliente fiel, Cinara Romanelli conta que a reação foi de encantamento. “A Soulier é uma marca que eu adoro, super alegre e colorida, que espelha bem o jeito leve e descontraído de ser da carioca. Eu sou cliente há anos e considero os produtos de ótima qualidade e custo honesto”, elogia. “Tudo começou quando eu cursava Gestão de Negócios na Fundação Getúlio Vargas e, uma das minhas colegas de sala era estilista Soulier. Conversávamos muito sobre a marca. Foi uma delícia receber um telefonema para participar da campanha. O prazer foi tanto que cheguei, inclusive, a ser convidada para o preview de lançamento da coleção para o staff da grife. Apreciei ainda mais por conta do ambiente excelente para os funcionários e a união da família fundadora. É bonito de ver”, frisa Cinara.

Tatiana Cotrim, que também curte os acessórios da Soulier, disse que também participou do encontro de lançamento da coleção Inverno 2019 e pôde ver de perto “o quanto a direção valoriza seus profissionais e como incentiva o desenvolvimento e o crescimento da carreira de cada um”. Segundo ela, “todos demonstram laços afetivos tal qual uma família, o que me fez admirar ainda mais a marca. Foi uma honra participar da campanha. Sempre fui admiradora da qualidade e do design da Soulier. Sempre fiz questão de demonstrar a minha satisfação como cliente e ao ser convidada para a campanha senti a sintonia com todas que participaram do projeto. São mulheres ativas no mercado de trabalho, que prezam por identidades próprias e passei a admirá-las imediatamente.

Miriam Moraes disse que ficou surpresa com a repercussão da campanha: “Sou cliente há anos, acredito na marca e uso porque acho os sapatos confortáveis e as bolsas de muito bom gosto. Fiquei muito feliz com o convite. Foi inesperado, principalmente porque eu achei que seria uma foto para um catálogo e, de repente, me vi na vitrine da loja. Incrível demais”, comenta.

E que tal a sensação de ter iniciado uma carreira profissional como vendedora da Soulier chegar a gerente de loja e, hoje, ser uma franqueada da marca? A resposta foi dada por Luciana Costa e os caminhos foram trilhados com muita perseverança. “Comecei na Soulier em 2008 e, um ano depois, atuei como vendedora responsável por coordenar uma equipe que participou do Top Fashion Bazar. Foi um grande desafio e outro estava por vir. Fui convidada para ser gerente da loja no shopping Tijuca. No total, foram quatro anos lá e mais seis meses na mesma função na loja do Norte Shopping. Em seguida, fui para a loja na altura do Posto 5, em Copacabana, onde fiquei mais três anos. Ao todo são mais de 10 anos na Soulier”, lembra Luciana. E ela vai além: “Eu e meu marido sonhávamos em ter uma loja e foi justamente na época em que a Soulier iniciou o projeto de franquias. Há seis meses o sonho foi realizado e estamos à frente de uma loja em Botafogo”.

Helena Rocha e Lilly Clark estão envolvidas com a Pipa Social, um centro de produção inovador que promove a qualificação de empreendedores, verdadeiro pólo de criação que valoriza a sustentabilidade. Soulier e Pipa Social fizeram uma dobradinha no carnaval da Casa Bloco, no Centro do Rio, com uma oficina de Customização de Bolsas com produtos reaproveitados. Em meio às ações programadas para o evento, como shows, exposições e blocos na Casa França-Brasil, a Soulier, em parceria com a Pipa Social, espalhou cores e incentivou reflexões sobre temas importantes para a sociedade como moda e sustentabilidade. À época, a  diretora criativa e fundadora da Soulier, Heloisa Fávero comentou com o site HT que a atividade surgiu com o intuito de reaproveitar restos materiais que usados na produção dos acessórios e que seriam descartados. Fitas, cordas e tecidos além de formarem exclusivas peças, exemplificaram o conceito de sustentabilidade que, segundo Heloisa, é crucial para a empresa e para o Brasil: “Esse é um dos pilares da nossa marca e vimos, nessa ocasião, uma ótima oportunidade de passar uma mensagem de conscientização sobre a importância do reaproveitamento”, disse.

E, fechando esse nosso passeio pelo caminho trilhado pela Soulier, ouvimos a opinião de Débora Hasse, influenciadora e colaboradora da marca: “Eu fico muito lisonjeada por poder representar uma marca incrível e estar com mulheres com histórias de vida”, ressalta ao enfatizar o conceito de sororidade.

A COLEÇÃO
Totalmente exclusiva se destaca pelo conforto associado ao uso de cores, materiais e estampas especiais, que remetem ao estilo de viver da mulher carioca. A meia pata, por exemplo, é a opção ideal para quem não quer abrir mão do salto. As sandálias anabelas vêm trabalhadas artesanalmente, com trançados de fibras naturais e couro, tiras forradas e fechamento por fivela.

A coleção “Caminhos”, aliás, destaca, ainda mais, o valor que a marca dá ao trabalho autoral com um handmade de qualidade. As sapatilhas, o oxford, os tênis e as botas ganharam uma leitura de vanguarda assim como um dos destaques adorados: a sapatilha Soulier Soft em couro extra macio, sola em couro costurada à mão e solado comfort antiderrapante.Você ama animal print? Sim! Há uma linha de bolsas e calçados no hit da estação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pesquisas relacionadas