Moda & Beleza

Curso de Engenharia Química do SENAI CETIQT oferece imersão tecnológica avançada e alinhada às demandas da indústria

Com currículo totalmente inovador, estudante se tornará um profissional multifacetado e com total abrangência sobre os processos exigidos pelo mercado de trabalho

Publicado em 25/07/2018 | Por Ana Clara Xavier

Que tal trazer as necessidades do mercado de trabalho e as inovações tecnológicas para o currículo do estudante? Esta é a proposta do SENAI CETIQT para o curso de graduação em Engenharia Química. Além de oferecer ensino de qualidade, os diretores da instituição em consonância com grandes empresários do setor se reuniram para traçar um perfil do egresso. Ou seja, quais os conhecimentos o profissional precisa ter para estar apto a trabalhar em qualquer área depois de graduado. Por ter sido feita junto com a indústria, esta reforma curricular atende às demandas do setor e, por isso, o estudante possui ainda mais chances de ser efetivado. Com um programa de capacitação inovador, a Faculdade SENAI CETIQT abre as portas para novos estudantes por meio do Vestibular 2018/2, com início das aulas no dia 6 de agosto.

Leia Mais: Em busca de um mercado mais inteligente e competitivo, SENAI CETIQT promove MBI em confecção 4.0 para propagar conceito do futuro no setor

Daniela Hartmann é analista na área de Educação Tecnológica do SENAI CETIQT (Foto: Divulgação)

Daniela Hartmann é Analista de Educação Tecnológica do SENAI CETIQT (Foto: Divulgação)

Com adoção da nova estratégia de reestruturação da educação, a instituição está resgatando e aprofundando os princípios básicos do conhecimento. “Para isso, foram reunidos representantes regionais do SENAI assim como integrantes do meio acadêmico da nossa instituição e da Universidade Federal do Rio de Janeiro, além da Associação Brasileira de Engenharia Química, da Associação Brasileira da Indústria Química, do Conselho Regional de Química e do Sindicato da Indústria de Produtos Químicos para Fins Industriais do Estado do Rio de Janeiro. Junto com este grupo, o CETIQT também contou com a participação de grandes empresas e instituições de ciência e tecnologia como a Braskem, TeutoBasf, Fiocruz, Natura, Petrobras e Shell”, comentou a analista de Educação Tecnológica, Daniela Hartmann.

Marcia Martins Castoldi é a coordenadora do Curso de Engenharia Química do SENAI CETIQT (Foto: Divulgação)

Marcia Martins Castoldi é a coordenadora do Curso de Engenharia Química do SENAI CETIQT (Foto: Divulgação)

Leia Mais: Formada pelo SENAI CETIQT e à frente da grife Wasabi, Daniela Sabbag lembra das experiências da época da faculdade e dá dica para a próxima geração de fashionistas: “O essencial é estudar e abrir os horizontes”

O grande projeto para o curso de Engenharia Química do CETIQT é redesenhar este currículo com base nas exigências apontadas pelos líderes do mercado que, provavelmente, no futuro irão contratar estes estudantes. Uma das maiores necessidades sentidas pela instituição foi aumentar a aplicabilidade e multidisciplinaridade entre as áreas de conhecimento, de forma que as informações sejam integradas. “Os cursos atualmente desenvolvem as disciplinas de forma separada e a ideia, a partir de agora, é trabalhar com unidades curriculares. Sendo assim, relacionamos a matemática com a física e também com conhecimentos específicos de engenharia, além de outras questões que o comitê levantou como necessidades e que, muitas vezes, falta ao recém graduado”, explicou Daniela.

Nessa reestruturação curricular, o engenheiro químico terá uma formação que se estende a vários campos, tendo uma forte base em química, física, matemática e biologia, porém, sem perder a especialização na área de engenharia química. “O recém-formado consegue atuar em diversas áreas desde trabalhar com tintas e vernizes até no ramo de petroquímica, gás e alimentos. É um profissional com ampla área de atuação”, garantiu a coordenadora do curso de Engenharia Química, Marcia Martins Castoldi.

Alunos aprendendo com os equipamentos de ponta do Laboratório de Engenharia Química (Foto: Divulgação)

Leia: SENAI CETIQT produzindo sonhos: O ex-aluno da faculdade, Altair Santo, possui carreira de renome internacional 

A Faculdade SENAI CETIQT possui uma ideologia muito voltada aos conteúdos teórico-práticos e a prova disso são as melhorias estruturais e tecnológicas que o campus vem recebendo. “Temos seis laboratórios que foram totalmente reformados para facilitar o ensino, de forma a englobar todos os pontos levantados pelo comitê. Sendo assim, hoje temos laboratórios de Biotecnologia, Química Ambiental, Química Geral e Analítica, Química Orgânica, Iniciação Científica e ainda temos o de Engenharia Química. Este último é totalmente voltado para o lado mais específico da profissão e possui diversas bancadas didáticas de operações e processos industriais, como kit de trocador de calor, destilação, bombas, extração, entre outros. Pretendemos melhorar ainda mais trazendo tecnologia de simulação e realidade aumentada para aperfeiçoar o ensino”, explicou Daniela Hartmann.

Dessa forma, o aluno consegue ver na prática o que, geralmente, é trabalhado somente na teoria, tendo acesso a instrumentos usados no dia a dia do engenheiro. “Toda a teoria tem o lado prático e nós mostramos aos alunos. O aprendiz descobre manuseando”, afirmou coordenadora do Curso de Engenharia Química, Marcia Castoldi. Além de todo o investimento na infraestrutura dos laboratórios, as salas de aulas também foram reformadas recentemente e, agora, contam com lousas interativas e um ambiente que garante o conforto dos alunos.

O currículo é desenvolvido com a ajuda de grandes profissionais da área (Foto: sanjeri/istock.com)

Leia também: “União de forças: SENAI CETIQT faz parceria com Abit e apresenta no InspiraMais Planta de Confecção 4.0 que promete revolucionar o consumo e a produção de moda”

A relação entre a indústria e o ensino se tornou ainda mais clara pelo Programa de Mentoria, lançado no início do ano. A iniciativa visa trazer para o estudante uma visão mais ampla do mercado de trabalho por meio da ajuda de profissionais do setor. “Nós fizemos uma parceria com as maiores e melhores empresas da área, como Petrobras e Braskem. Estes representantes se encontram com os alunos aqui no SENAI CETIQT. Além do espaço físico, eles podem continuar a conversa com os mentores em uma plataforma online na qual trocam ideias e ainda traçam um plano de carreira, já que o empresário vai analisar o perfil do aluno e entender onde melhor se encaixa”, comentou Marcia. Mesmo com apenas seis meses, o projeto já deu certo e a prova disso é que uma das alunas acabou sendo contratada para trabalhar com o mentor que a acompanhava.

Curso de Processos Industriais oferecido no último semestre para os alunos (Foto: Divulgação)

Leia também: Nova revolução industrial nas fábricas de roupa vira atração na Olimpíada Do Conhecimento 

O SENAI CETIQT também oferece Programas de Estágio que podem ser realizados dentro do próprio Instituto SENAI de Inovação. Neste espaço, os universitários começam a fazer a iniciação científica em paralelo ao trabalho. “Atualmente, três estudantes já estão empregados lá porque tiveram um desempenho tão bom que acabaram contratados”, assinalou Marcia. O conhecimento também pode ser elevado no espaço do Fashion Lab, um projeto que será inaugurado ainda em agosto. É mais voltado para o setor têxtil, mas os alunos de Engenharia podem ajudar na parte de impressoras 3D e desenvolvimento de novos materiais. “É uma interseção entre moda e tecnologia, na qual nós queremos buscar novas tintas, processos, conceitos e técnicas. Eles criam tecidos funcionais, inteligentes e com fibras mais resistentes como, por exemplo, capazes de tirar manchas de vinho”, completou.

O curso de Engenharia Química é um dos melhores do país (Foto: gorodenkoff/istock.com)

Entenda: SENAI CETIQT: Alunos já saem com capacitação para o mercado. Venha saber tudo sobre o vestibular 2018/2!

A Engenharia Química do SENAI CETIQT foi inaugurada em 2010 e já tem grau de destaque em nível nacional. “Com toda a nossa estrutura e programas voltados para a área, nós conseguimos formar engenheiros que estão realmente capacitados e qualificados para entrar no mercado. Os nossos formandos já saem com um diferencial. Este é o primeiro curso de Engenharia, em nível nacional do SENAI, que foi desenvolvido seguindo a Metodologia SENAI de Educação Profissional, visando sempre alinhar o ensino à prática e ao mercado de trabalho”, afirmou Daniela Hartmann. O curso é uma ótima opção para quem está procurando um ensino de qualidade, programas voltados para o sucesso profissional, laboratórios de alta tecnologia e grandes chances de efetivação no futuro. “A nossa instituição é a melhor escolha”, garantiu Marcia Martins.

Leia: SENAI CETIQT recebe troféu The Winner 2018 ratificando notoriedade internacional

Laboratório de Engenharia Química do CETIQT (Foto: Divulgação)

Saiba mais sobre os cursos

Atendimento SENAI CETIQT (21) 2582-1001
ENGENHARIA QUÍMICA 
    • Unidade: Riachuelo
    • Turno: Manhã
    • Horário: 7h às 13h
    • Início da Turma: 30/07/2018
    • Fim da Turma: 15/12/2018
    • Carga Horária: 10 Semestres

Pesquisas relacionadas