Moda & Beleza

SENAI CETIQT cria Pós-Graduação em Inovação e Tecnologia em Design de Estampa voltada para mercado em expansão

O curso tem o objetivo de desenvolver habilidades técnicas e artísticas para os alunos, contando com aulas práticas nos laboratórios da instituição, que estão equipados de acordo com a demanda da indústria têxtil atual

Publicado em 08/04/2019 | Por Heloisa Tolipan

A estamparia é um dos mais belos trabalhos na cadeia da moda brasileira e que ganhou projeção internacional. Tenho acompanhado o sucesso dos mais criativos estúdios de Norte a Sul do país e eles nos representam no exterior com seus resultados e materiais inovadores. Pois bem… o mercado de estamparia só cresce e repleto de brasilidade e inspiração. Para vocês terem uma ideia, hoje, o Brasil ocupa a segunda posição no ranking de vendas do setor na Índia, por exemplo, mostrando que pode, sim, ter sucesso com a internacionalização. E para corroborar o que disse, os estúdios que também já conquistaram a Europa estão, agora, sob os holofotes dos Estados Unidos. O SENAI CETIQT, instituição que desenvolve uma importante sinergia entre política educacional e mercado de trabalho criou o curso de Pós-Graduação em Inovação e Tecnologia em Design de Estampa.

As pesquisas mostram que hoje, no mercado interno, pelo menos 60% de uma coleção é estampada. Nas feiras voltadas para o Sistema Moda do país, cada estúdio vende uma média de 30 a 50 estampas, podendo até mesmo receber encomendas de 150 estampas para um mês. É um mercado ágil, que precisa de inovação constante em alta potência e faz a roda da economia girar.

Formas figurativas, abstratas, geométricas, psicodélicas, coloridas, em preto e branco, clássicas, lisérgicas, infantis, sóbrias, clarinhas, alegres, escuras… Estamos falando das estampas, que, desde que a moda é moda, são peças-chave nas indústrias têxtil, de acessórios, moveleira e no que quer que seja que precise de um toque de beleza e personalidade.

A especialista em coordenação de Design de Moda do SENAI CETIQT, Melissa Silva, ressaltou que as novidades em texturas, estampas e técnicas baseadas em tecnologia que pensa o futuro do mundo estão em sintonia com o homem e seu elo com a natureza.

– Será uma pós-graduação com uma leitura da estamparia através das novas tecnologias. Tudo isso, claro, de olho no mercado e pensando nas demandas – observa Melissa. – Para elaborar um curso como esse, nós vamos a campo, conversamos com os mais diversos profissionais a fim de saber e sentir a necessidade imediata. O aluno, portanto, terá ampla orientação direcionada especificamente para o que o mercado de trabalho precisa nessa transição para a Quarta Revolução Industrial.

Melissa Silva, especialista em coordenação de Design de Moda do SENAI CETIQT

Para Melissa, a principal característica da estamparia brasileira é a forte identidade nacional, o que ela frisa como “DNA”:

– O brasileiro trabalha muito bem com estamparia. Temos resultados impressionantes. E sabemos executar com maestria criações com materiais diferentes. No Nordeste, o que se faz com a cor é de chorar de tão emocionante.

A pós-graduação em Tecnologia e Inovação em Design de Estampa vai valorizar o lado empreendedor do aluno. A ideia é incentivar uma criação original e inovadora valendo-se sempre da inspiração brasileira.

– O curso vai mostrar como se tornar o empreendedor de um estúdio, por exemplo. Como se portar diante da realidade – explica Melissa. – É preciso entender a necessidade do cliente, saber exatamente o que ele quer. Nessa hora, o profissional precisa pensar amplamente.

O aluno da pós sairá apto a desenvolver projetos de design para o mercado de moda com foco em estamparia. As aulas práticas vão abordar, também, a relação com o mercado e o networking com as diversas empresas do setor.

O destaque do profissional de design de estampas acompanha a valorização dos produtos diferenciados, com identidade visual atrelada ao valor da marca. As grandes marcas lançam estampas exclusivas e alinhadas ao propósito da marca, criando um maior engajamento com o consumidor. O mercado é receptivo tanto com profissionais empreendedores quanto com profissionais exclusivos de marcas. Com previsão de crescimento de 34% em 2019 (InfoTrends), o mercado global de impressão digital têxtil é um dos destaques nas pesquisas do setor. Além disso, o design de estampa está em diferentes tipos de produtos, desde o vestuário (roupas, acessórios e sapatos) à decoração.

O curso possui duração de 360 horas, sendo 296 horas presenciais e 60 horas a distância. 

O público-alvo do curso abrange diversas áreas artísticas e de projeto (design de moda, design de interiores, design gráfico, arquitetura, artes plásticas, entre outras). O aluno egresso será capaz de desenvolver e construir padrões têxteis, além de conhecimento técnico para desenvolver padronagens manualmente ou por meio de softwares.

Como o curso está estruturado? A grade curricular foi criada para dar apoio técnico, criativo, digital e despertar o empreendedorismo, sendo dividido em módulos: Criação, Técnico, Digital e Projeto Final. O curso possui um modelo de avaliação diferenciado, onde são realizadas bancas de avaliação com convidados do mercado ao final de cada módulo, tornando o curso dinâmico.

  • Unidade: Barra da Tijuca
  • Turno: Noite
  • Dias da Semana: Segunda-Feira, Quarta-Feira, Sábado
  • Início da Turma: 06/05/2019
  • Fim da Turma: 22/02/2020
  • Carga Horária: 360

Diferenciais do curso:

  • Acesso à equipamentos com tecnologia de ponta
  • Possibilidade de realizar a prototipagem de estampas no SENAI CETIQT
  • Alinhamento com as necessidades da indústria
  • Foco em sustentabilidade
  • Acesso ao Fashion Lab do SENAI CETIQT
  • Acesso a Planta Piloto de Inovação (PPI)

 

Pesquisas relacionadas