Moda & Beleza

No Baile de Gala da BrazilFoundation, em Miami, Sasha Meneghel atrai os olhares e comentários do público

Filha de Xuxa mostra que cresceu em evento beneficente, que ainda teve show de Vanessa da Mata, presença de tops como Jeisa Chiminazzo, Glória Maria de apresentadora e muito mais. Vem saber!

Publicado em 02/02/2015 | Por Heloisa Tolipan

*Por Júnior de Paula

O Pérez Art Museum Miami (PAMM), uma das arquiteturas mais bonitas de Miami, foi palco da celebração de mais uma edição do Baile de Gala da BrazilFoundation. O evento, que rolou neste sábado (31/1), reuniu uma turma ótima para celebrar e arrecadar fundos para projetos sociais que ajudam os brasileiros de alguma forma. Mas não teve nem para Glória Maria e para Lorenzo Martone, apresentadores da noite, e nem para lindas convidadas como as tops Renata Maciel e Jeisa Chiminazzo, ou as atrizes Danielle Winitis e Fernanda Pontes. Quem chamou a atenção mesmo foi Sasha, filha de Xuxa e Luciano Szafir, que deu as caras – linda, linda, linda – para prestigiar a mãe, uma das homenageadas da noite por conta de sua atuação na Fundação Xuxa Meneghel. Foi só espocar o primeiro flash para cima da princesinha e o clique cair nas redes sociais, para todo mundo só comentar o crescimento e a beleza da garota. Ótima em um vestido vermelho da Randi Rahm, Sasha, sempre muito reservada, virou trending topics no Twitter e a diva  que todos querem copiar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mas, voltando ao assunto sério da noite, além da fundação da mãe de Sasha, outros dois projetos sociais brasileiros ganharam destaque no Gala de Miami: a Fundação Banco do Brasil, representada por seu presidente, José Caetano de Andrade Minchillo; e a Associação Filhos da Corrente, do capoeirista Renato Alexandre, o mestre Magrão, que oferece inclusão social através da capoeira para mais de 1.200 alunos nas regiões de Parelheiros e Paraisópolis, extremo sul da cidade de São Paulo. Na categoria internacional de projeto social, a BrazilFoundation presta homenagem ao The Miami Project to Cure Paralysis, organização local que reúne médicos para pesquisar a cura da paralisia – e que está realizando o tratamento da atleta brasileira Lais Souza, tetraplégica após sofrer um acidente de esqui.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Cristina Brulay, que coordena as operações da BrazilFoundation em Miami, comemora essa quarta edição: “A rede de colaboradores da fundação em Miami cresce e nos surpreende a cada ano. Foi uma noite de ingressos esgotados. Isso nos dá a certeza de que os brasileiros que moram aqui em Miami, além dos estrangeiros que cada vez mais tomam conhecimento do trabalho da BrazilFoundation, estão sintonizados com os problemas do nosso país. E, sobretudo, estimulados a construir um Brasil mais humanitário”, afirma.

Como é tradicional nos Galas da BrazilFoundation, um leilão – comandado pela apresentadora Eliana – foi realizado para alavancar a arrecadação total da noite, destinada a apoios de outros projetos sociais do país. Entre as peças, estavam o par de brincos da de Grisogono, de ouro branco, diamantes e safiras; o poderoso relógio feminino da IWC, com ouro vermelho e diamantes; um capacete autografado ao vivo pelo piloto Emerson Fittipaldi; um quadro de Kakati de Paiva; quatro fotos do Rio de Janeiro por Cesar Barreto; onze cubos confeccionados por artistas brasileiros para um projeto da Artefacto na Art Basel; além de um pacote que inclui camiseta do Cristiano Ronaldo e mais dois ingressos para a final do Miami Open Tennis.

Ah, e acham que as atrações pararam por aí? Nada disso! Rolou ainda um supershow da musa fashionista queridinha de Riccardo Tisci, Vanessa da Mata, que colocou todo mundo pra dançar e cantar junto seus hits. O resultado da noite? Um recorde de arrecadações capitaneado pelo casal Lais e Paulo Bacchi (CEO da Artefacto Internacional), os chairs desta edição: U$ 525 mil, o dobro do valor atingido em 2014.

Este slideshow necessita de JavaScript.

* Junior de Paula é jornalista, trabalhou com alguns dos maiores nomes do jornalismo de moda e cultura do Brasil, como Joyce Pascowitch e Erika Palomino, e foi editor da coluna de Heloisa Tolipan, no Jornal do Brasil. Apaixonado por viagens, é dono do site Viajante Aleatório, e, mais recentemente, vem se dedicando à dramaturgia teatral e à literatura

Pesquisas relacionadas