Moda & Beleza

Karamello desembarca no Lavandário de Cunha para clicar nova campanha e, esbanjando feminilidade, evidencia a força e a beleza da mãe natureza

HT conversou com Rosilane Jardim, diretora criativa da grife, para descobrir detalhes prévios da nova campanha: "Nessa temporada eu falo, através das minhas peças, da conexão que temos naturalmente com a natureza”, adiantou

Publicado em 11/01/2016 | Por Lucas Rezende

Questionadora. É assim que Rosilane Jardim, diretora criativa da Karamello, qualifica sua visão de moda e comportamento social. Para ela, o ramo fashion é muito mais que tecidos, estampas, modelos e valores. A empresária enxerga além. “Vejo que precisamos quebrar tabus, vencer obstáculos e tento fazer isso de forma natural, orgânica”, explicou em entrevista exclusiva ao Site HT. Essa tal forma, aliás, ganhou vida com a mais nova campanha da Karamello. O olhar apurado e o jeito pouco convencional – e não menos plural, vanguardista e ao mesmo tempo futurista – ficou evidenciado após a escolha do tema “Mãe natureza” para nortear todo o trabalho de fotografia que andará lado a lado à nova coleção.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“A campanha sempre será o reflexo da coleção. Uma campanha de moda tem como objetivo representar por meio das imagens o conceito do que foi criado. Nessa temporada eu falo, com as minhas peças, da conexão que temos naturalmente com a natureza”, contou. Chegar a esse objetivo, aliás, não foi difícil para uma equipe, como a própria conta, “muito afinada”. A começar pela locação: o Lavandário de Cunha, no interior de São Paulo. O motivo da escolha? “Porque o universo da Karamello é muito feminino. Após uma campanha de verão na caatinga nordestina, era importante continuar com imagens externas. Além disso, as plantações de lavanda e alecrim que são feitas lá são lindas”, justificou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E não só. Também pelo Lavandário, a conexão com a natureza foi “rapidamente sentida”. “O cheiro da lavanda e a sensação de paz logo é percebida”, lembrou. Para dar um plus a todo o ideal da coleção, Rosilane convidou a modelo Samira Carvalho para ser o rosto. “A escolha foi feita após conversas entre toda a equipe e chegamos a conclusão que seria importante ter uma modelo negra, linda, feliz, bem resolvida”. Até porque….”A Karamello também é isso”, concluiu. Também ao lado de Rosilane, uma equipe enxuta que já está há sete anos na labuta. Resultado: “Todo mundo se conhece pelo olhar”. Esse “todo mundo”, aliás, vai da direção criativa ao marketing, passando pelo diretor de arte, stylist, fotográfo, assistente, maquiagem e modelo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Simbiose perfeita para, por meio da indústria fashion, alertar que “não somos gratos o suficiente” à natureza, ainda mais pelo fato de sermos “todos conectados pela árvore da vida”. Reflexão da própria Rosilane: “Minha marca busca um caminho autoral, busca estar em lugares diferentes , ser especial. Vejo que devemos cuidar mais e amar mais a natureza e o próxima”. O objetivo só está começando a ser alcançado com a divulgação das fotos de making of de todo o novo trabalho. A ideia da prévia? “Espero quando cada pessoa vir nossas imagens se sentir tocada”. O que não é muito difícil, convenhamos. Ansiedade mil pela coleção – que HT, aliás, vem mostrar breve, breve.

Leia também – Conheça AWANA, parceira da Karamello, que produz handmade pensando em sustentabilidade e mulheres em risco social 

Leia também – Disrupção! No Alto Verão 2016 da Karamello, Rosilane Jardim enaltece as mulheres reais: “A moda está vivendo um momento de transformação” 

Leia também: Do pique-pega à cabra-cega: Rosilane Jardim viaja aos tempos de infância e volta com a coleção Karamellete, vestindo crianças com estilo! 

Leia também: Expert em vestir mulheres contemporâneas, Rosilane Jardim traduz busca pela desconexão nas estampas da Karamello 

Leia também: Rosilane Jardim e sua Karamello mostram que é tempo de conjugar economia participativa com sustentabilidade e fazer o diferencial!

Pesquisas relacionadas