Moda & Beleza

Greenery! Pantone afasta os tons pastel e aposta em verde folhagem como a cor de 2017: “É a tonalidade onipresente ao redor do planeta”, disse diretora

A novidade já havia sido levemente apresentada pelas coleções de verão de grifes como Balenciaga, Michael Kors e Emilio Pucci

Publicado em 09/12/2016 | Por Leonardo Rocha

Como acontece todos os anos, a Pantone elegeu nesta quinta-feira a tonalidade que promete ser tendência em 2017. O instituto aposta agora no que vem sendo chamado de “verde folhagem”, mais precisamente o Greenery. A nova paleta conta com cores brilhantes e vívidas e ainda tons que transmitem sensação de pertencimento à Terra. “Sabemos o tipo de mundo que estamos vivendo, que é muito estressante e muito tenso”, disse Leatrice Eiseman, diretora executiva do Pantone Color Institute. “Esta é a cor da esperança e da nossa ligação com a natureza. Ele remete ao que chamamos de palavras ‘re’: regenerar, refrescar, revitalizar, renovar. Toda primavera entramos em um novo ciclo. É algo como olhar para a frente”, revelou ela ao jornal “The New York Times”.

Pantone aposta no Greenery como a cor de 2017 (Foto: Divulgação)

Pantone aposta no Greenery como a cor de 2017 (Foto: Divulgação)

A novidade, que já havia sido levemente apresentada pelas coleções de verão de grifes como Balenciaga, Michael Kors e Emilio Pucci, sucede ao Rosa Quartzo e o Azul Tranquilidade, dupla que abre alas para o vibrante verde denominado pelo número 15-0343, cujos looks chegam às lojas em meados de março. “Quanto mais as pessoas estão embrenhadas na vida moderna, mais desejam o lado da beleza e unidade com o mundo natural. Esta mudança está patente na proliferação de tudo o que reflete o ‘verde’ na nossa vida cotidiana, incluído o planejamento urbano, arquitetura, lifestyle, e escolhas de design que fazemos em termos globais. Uma constante como pano de fundo, ‘greenery’ está agora ocupando os lugares de primeira fila – é a tonalidade onipresente nos quatro cantos do planeta”, justificou.

greenery

A escolha, no entanto, aconteceu em parceria com a Semana de Moda de Nova York, trazendo cores dedicadas às coleções para a primavera norte-americana, que influenciam as criações de fashionistas ao longo das outras três estações que seguem. Apesar de não haver caráter oficial, as cores eleitas pelo grupo costumam ditar as tendências para quem trabalha com a indústria de moda e automobilística. Em tempo: todo fim de ano, a Pantone tradicionalmente escolhe suas cores com base em estudos e análise de diversas áreas, como moda, arquitetura, design, sem desconsiderar reações imediatas do público diante da tonalidade.

Pesquisas relacionadas