Moda & Beleza

Às vésperas do grande evento, em São Paulo, o público do Rio recebe Conexão Inspiramais, com palestra de Tatiana Souza, para se aprofundar no conceito do Inverno 2018

Na edição carioca do encontro de inspirações, a consultora explicou toda a conceituação teórica da palavra-chave “Leveza”, que está norteando o Inverno 2018, e adiantou o que será visto na prática nos dias 3 e 4, no Salão de Design e Inovação de Componentes, em São Paulo

Publicado em 29/06/2017 | Por Julia Pimentel

Depois de rodar o Brasil e levar ideias e conceitos sobre o Inverno 2018 para centenas de pessoas, o Conexão Inspiramais aterrissou no Rio de Janeiro hoje, dia 29. Para o público carioca, Tatiana Souza, integrante do Núcleo de Design da Assintecal (Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos), apresentou as principais ideias sobre a temporada em um encontro que ocorreu a poucos dias antes do Inspiramais – Salão de Design e Inovação de Componentes. Na edição carioca, a consultora explicou toda a conceituação teórica da palavra-chave “Leveza”, que está norteando o Inverno 2018, e adiantou o que será visto na prática nos dias 3 e 4, no Salão, em São Paulo.

Leia também: Múltiplas oportunidades: setores têxtil e de confecção se unem ao time do Inspiramais e já representam cerca de 30% dos participantes

Aguardado por designers, empresários, jornalistas e influenciadores do cenário da moda, o Inspiramais é a grande conclusão de todo um período de pesquisas desenvolvido pelo Núcleo da Assintecal. Durante um ano, os consultores coletam informações e viajam o Brasil promovendo palestras no Conexão Inspiramais para explorar essas ideias. Nesses encontros, os integrantes do Núcleo comandado por Walter Rodrigues, destrincham a palavra-chave da estação e explicam como este conceito pode ser reproduzido na pirâmide criativa. E foi justamente isso o que acompanhamos no Conexão Inspiramais do Rio de Janeiro.

Leia também: Economia ativa: roda de negócios da edição Inverno 2018 do Inspiramais deve superar os U$3 milhões da temporada anterior

Tatiana Souza, consultora do Núcleo de Design da Assintecal, durante o Conexão Inspiramais no Rio (Foto: Julia Pimentel)

Por aqui, Tatiana Souza explicou como os 10% da produção, que representam os designers engajados na moda autoral, podem se apropriar do conceito de Leveza em suas coleções. Mais do que explorar os aspectos visuais da palavra-chave no produto desenvolvido, a consultora destacou que temos que trazer a proposta da temporada para dentro de nós e das marcas. “A gente precisa entender que esta Leveza pode estar no conceito da coleção ou na comunicação da empresa. A ideia pode ser explorada de diferentes maneiras e surge neste contexto como um reflexo do nosso comportamento moderno”, ressaltou Tatiana que traz para a moda um suspiro motivador. “Nós estamos vivendo em tempos obscuros e trazemos esse tema para tentar dar um respiro que nos faça querer levantar da cama”, completou.

Leia também: A voz da sabedoria: à frente do Núcleo de Design da Assintecal, Walter Rodrigues explica com exclusividade o conceito do Inverno 2018 e analisa a situação da moda no Brasil e no mundo

Para além da moda, a leveza é consequência de uma pluralidade de constatações do Núcleo de Design da Assintecal. “Hoje em dia, as pessoas estão consumindo menos e com mais consciência, se alimentando melhor, separando o lixo… Estamos começando a perceber que a humanidade está querendo movimentos para, de fato, ficar leve e desapegar. É como aliviar o carma”, explicou. No entanto, esta proposta de leveza não está associada ao vazio de força e pensamento, como destacou Tatiana Souza. Ao atento público carioca, a designer apresentou uma ideia que permeia este pensamento nos bastidores do Inspiramais. “Uma vez o Walter (Rodrigues, coordenador das pesquisas) nos disse que temos que voar como pássaros e não como plumas. Eles estava nos mostrando que, para aparentarmos ser leves, precisamos ter força, esqueleto e músculos trabalhando muito por trás, tal como a bailarina. Não é apenas sair flutuando por aí sem rumo ou preocupação como a pluma”, disse.

Leia também: Anote na agenda: Inspiramais – Salão de Design e Inovação de Componentes apresentará as tendências e apostas da moda brasileira para o Inverno 2018 

A edição Inverno 2018 do evento ocorre nos dias 3 e 4 de julho, em São Paulo (Foto: Henrique Fonseca)

Desta maneira, o Inspiramais embala a produção conceitual pessoal de cada personagem consumidor deste evento. Referência para centenas de pessoas, o Salão de Design e Inovação de Componentes é também um combustível que alimenta e justifica toda a dedicação ao trabalho autoral. Em tempos de estratégias comerciais para se manter vivo no mercado e preocupações obscuras, como destacado por Tatiana Souza, este incentivo a uma moda criativa e inovadora é essencial para os players deste ambiente. “Eu acredito que a saída para este momento ruim seja, justamente, valorizar o trabalho autoral e a identidade de cada um. Está tudo tão pasteurizado e igual, que vemos os próprios projetos e movimentos buscando essa inovação, como no upcycling, por exemplo. Ou seja, além dos 10% serem um ponto de partida para a criação, esse setor também é um trampolim para o nascimento do novo e a nossa solução”, apontou.

Como Tatiana apontou, apesar de toda a dedicação e os estudos do Núcleo da Assintecal serem dedicados à produção do novo, os consultores de Walter Rodrigues também analisam os outros dois degraus desta pirâmide. Na criação, os pesquisadores acreditam que há um amadurecimento dos conceitos com o passar do tempo. Assim, o que é inspiração para apenas 10% da pirâmide criativa no Inverno 2018, será aposta dos 30% no Verão 2019 e, por fim, quando já massificado, estará presente nos produtos de 60% dos criadores com um ano de atraso. “O que é criado no topo da pirâmide, nos 10%, representa o nascimento de uma ideia, uma experimentação. Por isso, ele precisa ser tratado e entendido como tal. Às vezes, nós descartamos excelentes ideias porque não venderam no primeiro momento e que, depois, se tornam um sucesso. Então, precisamos estar atentos a esse processo de amadurecimento da ideia e do trabalho”, argumentou Tatiana que, durante o encontro no Rio, elencou diversos cases como o “Skol Colors”, que traz hoje a uma empresa popular e massificada uma ideia que foi apresentada pelo Núcleo de Design do Inspiramais há dois anos.

Na pirâmide, Tatiana destacou que as inspirações vão amadurecendo e caindo um degrau com o passar das estações (Foto: Henrique Fonseca)

Por isso tudo, o Inspiramais e todos os projetos paralelos que garantem o sucesso do evento realizado pela Assintecal se consolida cada vez mais como referência no mercado criativo da América Latina. Por onde passam, as ideias e propostas do Núcleo de Design são acompanhadas e absorvidas com atenção pelo público que consome. E, no Rio de Janeiro o panorama não foi diferente. Depois de um encontro que reuniu dezenas de pessoas nesta manhã, Tatiana Souza dividiu as atenções com diversas histórias e depoimentos que ilustram a sua fala e incentivam a continuação do trabalho dos pesquisadores. “Eu tenho uma sensação de que não podemos parar, que estamos no caminho certo e que precisamos colocar mais lenha neste trem para que ele continue fazendo a criatividade reverberar cada vez mais”, comemorou a consultora Tatiana Souza.

INSPIRAMAIS – Salão de Design e Inovação de Componentes
03 e 04 de julho de 2017
Centro de Eventos Pro-Magno – São Paulo
Entrada gratuita para profissionais do setor
Inscreva-se: http://assintecal.sigevent.com/visitantes/formularios.php?id_edicao=11
Site: www.inspiramais.com.br
Redes Sociais – @inspiramais

Pesquisas relacionadas

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,