Moda & Beleza

Andando sobre as águas… da Fontana di Trevi. Fendi comemora 90 anos com um desfile histórico e transforma o ponto turístico em passarela

Comandada há mais de 50 anos por Karl Lagerfeld – mestre em desfiles históricos – a marca italiana ajudou a reformar a Fontana di Trevi e apresentou uma coleção inspirada em lendas e contos de fadas, com verdadeiras princesas modernas na passarela – uma estrutura de vidro montada acima das águas

Publicado em 08/07/2016 | Por Karina Kuperman

Não teve banho nas águas que caíam, nem beijos apaixonados. Apesar disso, o momento foi digno de cinema. É que, diferentemente de “La Dolce Vita”, o filme de Federico Fellini, em que Anita Ekberg e Marcello Mastroianni protagonizaram algumas das cenas mais inesquecíveis da história do cinema banhando-se nas águas da Fontana di Trevi a bordo de roupas de gala – lá na década de 60 -, o ponto turístico de Roma, na Itália, voltou a ser palco de um evento inesquecível. Explicamos: a Fendi transformou o local em uma passarela para lá de especial para comemorar os 90 anos da marca. Um dia após o encerramento da semana de alta-costura de Paris, Karl Lagerfeld – que está há 50 anos à frente da direção criativa da marca – levou os fashionistas para a Itália a bordo de jatinhos para apresentar um desfile de alta-costura inspirado em ‘Lendas e Contos de Fadas’, com roupas que mais pareciam pensadas para princesas contemporâneas.

13551605_1101324416590710_1263628907_n

O desfile Fendi na Fontana di Trevi (Foto: Reprodução/Instagram)

Com silhuetas soltas, estampas medievais, florestas, fauna, flora, aplicações de flores e casacos de pele coloridos, a coleção, batizada “Artisans of Dreams”, reuniu o cuidado de peças feitas à mão com um toque de modernidade, comprovado pelos sapatos arrojados – criação do Kaiser. Tudo isso foi apresentado acima de uma passarela feita de vidro sobre as águas. Aliás, vale destacar: o ponto turístico, que a Fendi ajudou a restaurar, tem tudo a ver com a história da marca, que foi criada em 1926 e nasceu bem ali: em Roma, mais precisamente em um atelier da via del Plebiscito. Em 2013, a grife italiana fez questão de reforçar suas raízes e criou o “Fendi for Fountains”, um programa de apoio para restaurar a Fontana di Trevi. Ao todo, foram 18 meses de obras e cerca de 2,4 milhões de dólares para que o local ficasse como está.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pois bem: Kendall Jenner abriu o desfile a bordo de um casaco azul cheio de detalhes e botas vermelhas bordadas. Logo depois, Bella Hadid surgiu em um vestido comprido supertrabalhado. Em seguida, um show de estampas, mangas boca de sino, aplicações e diversidade de comprimentos encantaram. Todas as tops cruzaram a catwalk com cabelos cacheados e volumosos, presos com laços de pele e make, assinada por Peter Philips, teve glitter nas pálpebras e têmporas e delineado vazado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ao final, Karl Lagerfeld e Silvia Venturini Fendi, a chefe do departamento de estilo da marca, claro, passaram pela passarela histórica. O Kaiser, inclusive, jogou três moedas na fonte, enquanto era aplaudido de pé pelos convidados. Uau!

Pesquisas relacionadas