Gente & Comportamento

“O teatro veio abaixo quando ele plantou bananeira”: rapper Flavio Renegado fala de Jair Rodrigues!

No dia da morte do artista, o músico da nova geração fala da importância desse baluarte da MPB!

Publicado em 08/05/2014 | Por Heloisa Tolipan

Hoje é um dia triste para aquela legião de fãs que cresceram ouvindo a bossa do cantor Jair Rodrigues, que faleceu aos pela manhã aos 75 anos de infarte agudo do miocárdio, em São Paulo.  O cantor deixa um legado importante, além de dois bons músicos: a cantora Luciana Mello e o cantor Jair Oliveira, o Jairzinho, tendo feito história na música popular brasileira, se aproximando de gêneros como o samba, a bossa nova e a música caipira. Na TV, sua história também vai ser sempre lembrada através dos festivais e da sua participação, ao lado de Elis Regina, no programa “O Fino da Bossa”, em plenos anos 1960 na TV Record.

Jair Rodrigues seguia em turnê para divulgar seu disco mais recente, “Samba mesmo”, que teve dois volumes lançados em março deste ano. Ele tinha apresentações marcadas para os próximos dias em Florianópolis e Contagem (MG). E, neste dia da sua morte, uma série de artistas presta sua homenagem. Conhecido pela sua alegria contagiante e por seus improvisos, o artista chegou a ser chamado de “o pai do rap brazuca”. Por isso, músicos como Flavio Renegado contam a inspiração que ele foi para essa nova geração de cantores da música brasileira. Renegado está lançando seu primeiro DVD, depois de dois CDs que projetaram seu nome no cenário nacional, ganharam prêmios e abriram as portas para muitas parcerias e participações em eventos de peso, como o Festival Back2Black (em Londres e no Rio de Janeiro) e o Rock in Rio 2013 (no Palco Sunset). O show de pré-lançamento do novo trabalho acontece no Solar de Botafogo, dia 20 e Maio.

“Tínhamos um projeto especial chamado “Manifesto primeiro passo”, no qual misturávamos rap, samba e cantigas de roda. Quando conseguimos fazer nosso primeiro show em um teatro, o Jair Rodrigues foi nosso convidado. Fui pessoalmente buscá-lo no aeroporto, era a minha primeira relação com um grande ídolo! Jair foi super simpático, contou várias histórias da carreira dele, me deu vários toques legais e ficou super encantado com as Meninas de Sinhá. Surpreendeu todo mundo quando, no meio do show, se juntou aos B-boys e começou a dançar break. Que figura sensacional! Tanto que, quando ele plantou uma bananeira no palco, o teatro veio à baixo. Sempre super feliz e muito bem humorado, Jair sempre estará vivo na minha memória afetiva. Descanse em paz, professor!”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vejam outras homenagens!

Lenine

“Seu Jair é um grande exemplo da máxima “pessimista é um otimista sem experiência”.

Gilberto Gil

“Jair Rodrigues era o mais animado de todos os intérpretes brasileiros. A alegria dele vai fazer muita falta.”

Zezé Di Camargo e Luciano

“A majestade o sabiá!!!! ‪#‎SAUDADES‪#‎JairRodrigues. ‪#‎Luciano”

Sergio Mallandro

“Alegria contagiante , disposição , talento , amigo , fiel Meus sentimentos a toda familia ‪#‎JairRodrigueseterno amor de pessoa ‪#‎JairRodrigues”

Pesquisas relacionadas