Gente & Comportamento

Prometendo criar o filho para enxergar a vida com igualdade, Jesus Luz acredita: “Um dia vamos superar essa mentalidade de preconceitos”

O DJ, que aguarda seu primeiro filho com a DJ Ana Carolina Ramiro para daqui sete meses, disse em entrevista exclusiva ao HT que já sabia que um herdeiro estaria por vir: “Eu sabia, simplesmente sabia. Acho que quando estamos conectados com o amor, esses insights e previsões acontecem com mais frequência"

Publicado em 08/12/2015 | Por Lucas Rezende

Jesus luz

“Meu filho vai ser criado para enxergar a vida de uma forma diferente e com igualdade”. É assim que Jesus Luz, aos 28 anos, reage quando HT o pergunta sobre a criação de seu filho com a DJ Ana Carolina Ramiro, que nascerá daqui sete meses, em tempos de homofobia, racismo e machismo latentes na sociedade. “Não gosto de sentir medo do que está por vir, porque para mim o medo é sinal de que não estou conectado com a minha força e fé. Eu acredito no ser humano e acho que um dia vamos superar essa mentalidade de preconceitos e bloqueios mentais”, deseja. Discurso de quem vê na imagem de Jesus Cristo a de um grande, “se não o maior filósofo” da humanidade. “Vou deixar meu filho livre para escolher que caminho seguir”, promete.

A conexão de Jesus com a fé, aliás, garantiu, segundo o próprio, uma espécie de previsão: ele chegou a afirmar que sentia que a gravidez de Ana Carolina aconteceria. “Eu sabia, simplesmente sabia. Acho que quando estamos conectados com o amor, esses insights e previsões acontecem com mais frequência. Eu tinha tanto dessa sensação que perguntei a Ana se estava grávida. Ela então fez o teste, e, com duas semanas de gestação, já sabíamos da gravidez. Essas coisas tornam a vida mais mágica e especial”, conta. Ao mesmo tempo, Jesus também afirmou que é a realização de um sonho, mas que, no entanto, a notícia o pegou de surpresa. Falta de planejamento? “Sempre pensei que essas coisas acontecem na hora que tem que acontecer”.

Jesus luz 3Com previsão de nascer em meados de julho de 2016, a criança talvez venha ao mundo com os pais ainda em status de relacionamento indefinido, já que Jesus e Ana Carolina estão “curtindo a gravidez” e não pensam em casar na igreja, nem oficializar a união em cartório. Ao menos por enquanto. Nomes também ainda não entraram na pauta de discussão do casal, que aguarda o indicativo do sexo do bebê. Papo de papai de primeira viagem que está tranquilo e imagina os próximos sete meses sendo “de muito amor para a chegada de alguém tão especial”. Enquanto o choro na maternidade não canta, o novo papai do showbiz foca na carreira de DJ após algumas especializações na gringa.

A turma de ex-participantes de reality show ou de personalidades da mídia que resolvem “atacar de DJ” não o incomodam, por exemplo. “Existe espaço para todo mundo: para os profissionais e para quem quer brincar”. Viver da noite e da arte em pleno Brasil em crise “depende de cada um”, segundo o carioca. Análise de quem deixou as novelas de lado para ganhar a vida nas carrapetas. “Deixei por opção. Estou focado na carreira de DJ, viajando toda semana. Mas não deixei de estudar e pretendo em algum momento focar toda minha atenção para essa área”, entrega o mesmo Jesus que não votou no último pleito, mas que também sabe falar de política: “É lamentável o que estamos vivendo. Espero que a justiça seja feita e os políticos se renovem”. O menino cresceu. O papo agora é de gente grande, centrada. Pelo menos até ele ouvir o primeiro “papai”.

Jesus Luz e a mãe do seu filho, a DJ Ana Carolina Ramiro

Jesus Luz e a mãe do seu filho, a DJ Ana Carolina Ramiro

Pesquisas relacionadas