Gente & Comportamento

Ele está com tudo! Lázaro Ramos vai lançar filme, voltar a atuar com Taís Araújo em seriado e se aventurar como diretor de cinema

Durante lançamento do longa "O Vendedor de Passados" em Portugal, Lázaro aproveitou para cutucar nosso cinema nacional, que é repleto de comédias e filmes de violência: "investir em outros gêneros é importante"

Publicado em 24/04/2015 | Por Junior de Paula

*Com Lucas Rezende

Seja por trás das câmeras, ou na frente delas, fazendo comédia ou drama, na tevê ou no cinema, Lázaro Ramos, sem dúvida, está no melhor momento de sua carreira. O ator vai voltar à televisão com um seriado ao lado de sua esposa, a atriz Taís Araújo; estreará no cinema com Alinne Moraes, e se prepara para estrear como diretor, também na sétima arte. É ou não o cara do momento no entretenimento?

Lázaro e Alinne: suspense e romance nas telonas (Foto: Guilherme Maia/Divulgação)

Lázaro e Alinne: suspense e romance nas telonas (Foto: Guilherme Maia/Divulgação)

O primeiro dos projetos a chegar às vias de fato é o filme “O Vendedor de Passados”, dirigido por Lula Buarque de Hollanda, que estreia no dia 21 de maio nos cinemas. Lázaro interpreta Vicente, um homem que tem como trabalho alterar o passado das pessoas, para que elas possam ter novos destinos. A personagem de Alinne Moraes, Clara, é uma das clientes de Vicente, que o pede um passado novo com apenas uma exigência: ter cometido um crime. A história é baseada na obra literária homônima do escritor angolano José Eduardo Agualusa, e tem Mayana Veiga, Odilon Wagner e Anderson Muller no elenco.

Ainda no cinema, mas só em 2016, Lázaro vai deixar seu lado ator e assumir a verve de diretor. A novidade foi contada durante o festival FESTin Lisboa, onde ele divulgava “O Vendedor de Passados”. Lázaro disse que a vontade de dirigir nasceu após ele filmar a coprodução entre Brasil, Portugal e Angola, “O Grande Kilapy” (que será lançado esse ano), onde ele interpreta João Fraga, um mulherengo que se torna uma lenda ao entrar para o mundo do crime. O filme em que Lázaro vai atacar de diretor não tem nome, mas já se sabe que será uma coprodução Brasil e Portugal, e terá participação da Globo Filmes.

"O Grande Kilapy": vem aí no Brasil (Foto: Divulgação)

“O Grande Kilapy” vem aí no Brasil (Foto: Divulgação)

Aliás, no festival FESTin Lisboa, Lázaro aproveitou para cutucar a produção cinematográfica nacional. Por lá, o ator defendeu uma maior variação dos assuntos que são levados às telonas. “No Brasil, os filmes que vendem são as comédias, filmes sobre violência urbana e, às vezes, biografias. Investir em outros gêneros é importante, se não ficamos com um mercado muito limitado e sem formar novos públicos”, opinou ele, que segue seu próprio conselho: lançará um suspense de ficção.

E também para o próximo ano, Lázaro Ramos protagonizará “Mr.Brau”, o novo seriado da Globo, que vem preencher a lacuna deixada por “Tapas e Beijos” nas terças-feiras à noite. Ao lado de sua esposa Taís Araújo, ele viverá um músico que, ao bombar com um hit, se afortuna e muda de casa. O problema que no novo condomínio ele não será muito bem recebido pelos vizinhos. O texto é de Jorge Furtado e a direção de Mauricio Frias e as gravações começam em junho.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pesquisas relacionadas