Gente & Comportamento

Daniel Rocha fala sobre a relação com o mundo da moda e próximos projetos no meio do audiovisual durante o SENAI Brasil Fashion

O ator aproveita as férias depois das gravações do filme O Recife Assombrado. Além disso, vai aparecer no décimo episódio da série da Globo, Cidade Proibida

Publicado em 29/11/2017 | Por Ana Clara Xavier

Daniel Rocha acabou de voltar do agreste brasileiro e já caiu de paraquedas em um cenário bastante diferente. O ator foi conferir o trabalho artístico de novos rostinhos da moda nacional que estão saindo das salas de aula do SENAI Cetiqt para, literalmente, as passarelas no desfile do SENAI Brasil Fashion, realizado no Museu do Amanhã. “Adoro moda e sempre acabo apostando no preto, no cinza, no branco e no azul. Sigo tendência contanto que não seja algo muito colorido”, revelou. Ele aproveitou a ocasião prestigiar os estudantes e se divertir com amigos.

Leia também: Entre personalidades das artes e da moda, 24 estudantes de dez estados do país apresentam suas criações no SENAI Brasil Fashion, no Rio: “É o Brasil pensando moda”, disse Ronaldo Fraga

No Rio, tops brasileiras como Isabeli Fontana e Carol Trentini se encontram para a 4ª edição do SENAI Brasil Fashion

Mica Rocha lança livro sobre amor próprio no qual abriu o seu coração sobre episódios de bullying na escola e a dificuldade de escolher uma carreira

Fernanda Paes Leme fala sobre a sua relação com o universo da moda sustentável durante o SENAI brasil fashion e a sua forma de consumir consciente

Daniel Rocha assume que gosta de moda e aposta sempre no preto, branco e cinza (Foto: Agência Fotosite)

Daniel Rocha assume que gosta de moda e aposta sempre no preto, branco e cinza (Foto: Agência Fotosite)

O lema do rapaz é aproveitar a folga já que, na semana passada, estava gravando pelas ruas do Recife. O ator está no elenco do filme inspirado na obra de Gilberto Freyre, O Recife Assombrado, que faz referência às tradicionais histórias de terror da região, consideradas por muitos como as mais fantasmagóricas do Brasil. O longa mistura suspense com terror para contar a trajetória de um jovem que saiu da cidade ainda muito novo, mas precisa voltar quando descobre que seu irmão desapareceu. Daniel Rocha interpreta este homem que está retornando para a sua cidade natal. “Não precisei copiar o sotaque, já que o meu personagem tinha saído de casa ainda muito novo. Isto foi muito bom, porque o linguajar do Recife é muito difícil. Eu teria que ficar um tempo por lá para aprender a falar com dignidade”, comentou.

O ator esteve no Recife gravando um filme de suspense e terror (Foto: Agência Fotosite)

As gravações já valeram simplesmente pela localização. Para o ator foi muito bacana poder desvendar um pouco de um Brasil que não conhecia. “Achei muito legal observar o modo de vida das pessoas, porque estive no agreste. Mas foi muito legal ver costumes tão diferentes”, explicou. Provando esta tese, ele irá passar as festas de final de ano em Boston e Nova York com a namorada, Laíse Leal.

Nas próximas semanas será exibido o décimo episódio de Cidade Proibida no qual Daniel Rocha também participou. Nesta série da Globo, cada programa representa uma história diferente o que agrada muito ao ator. Foi a primeira vez que ele participou deste formato na Globo. “Almejava fazer série há algum tempo, porque é um produto que possui um cuidado maior devido ao tempo de pausa entre as gravações e a exibição do capítulo.  A série é o futuro, porque os personagens são bem desenvolvidos e interessantes. Temos um ano para fazer dez capítulos, por exemplo”, comentou. As filmagens foram feitas há cerca de dois meses e, por isso, o artista chama atenção para o tempo de maturação do programa.

O ator também participou da série Cidade Proibida (Foto: Agência Fotosite)

Apesar de apostar nas séries como o futuro da indústria, o ator garante que as coisas não mudaram muito pelo Brasil. E, de acordo com ele, o espaço das novelas continuará a se manter. “Acho que não perderemos o hábito de assistir novelas por já fazer parte da nossa cultura, o Brasil é o país que mais sabe produzir este gênero. No entanto, o formato está se alterando, elas estão cada vez mais curtas. Algumas pessoas falam que este produto não tem mais audiência, porém Glória Perez mostrou que isto é uma mentira com o sucesso que foi A Força do Querer. Materiais bem escritos ainda têm público”, lembrou. Cidade Proibida não será a primeira experiência do ator no mundo das séries. No ano que vem, ele possui algumas novidades neste campo, mas não pode comentar muito sobre isto.

 

 

Pesquisas relacionadas