Gente & Comportamento

Comida também é assunto de dentista: é o que garante Fábio Bibancos, que explica, aqui, o motivo. Vem entender!

Cirurgião-dentista especialista em Odontopediatria, Ortodontia e Mestre em Saúde Coletiva, Fábio Bibancos explicou como o que se come influencia diretamente na saúde bucal

Publicado em 07/07/2016 | Por Karina Kuperman

*Por Fábio Bibancos

A alimentação é tema em voga em qualquer jornal, revista ou site e é também um assunto que muita gente gosta de discutir com endocrinologista e nutricionista, mas a alimentação ademais é assunto do dentista, porque dela depende também o resultado de uma boca bonita.

Group of Friends Having a Summer Beach Party

Praia é uma delícia… combina com pizza e amigos?

Leia também: Onde manda a imagem, boca bonita reina: Fábio Biabcos fala sobre a relação entre as redes sociais e a beleza bucal

Já que uma boca perfeita é o must have de todo mundo, o melhor é ficar atento e seguir sempre as orientações do endócrino e do nutricionista, adicionando um detalhinho básico aportado pelo dentista: a higiene bucal depois de comer. Todo mundo tem pressa e o dia a dia é uma correria. Às vezes, nem dá tempo para comer direito, mas a alimentação é coisa séria e os dentes logo refletem seus hábitos. Sinceramente, não creio que a Olivia Palermo não leve a sério este assunto.

Se vamos falar de comida é quase impossível não resgatar a famosa pirâmide alimentícia. Atenção porque esta não é invertida. Os alimentos sugeridos nessa tabela devem ser ingeridos do menos ao mais importante. Isso significa que o açúcar que aparece primeiro pode ser descartado ou ingerido em menos quantidade em sua dieta.

Clarisse e Claude Troisgros

A produtora Clarisse Sette Troisgros e o chef francês, Claude Troisgros

Leia também: Na estreia de sua coluna, Fábio Bibancos faz as devidas apresentações e alerta: “Sorrir com confiança muitas vezes não vem em um passe de mágica”

Qualquer médico que discuta sobre dieta saudável terá a pirâmide para exemplificar, e assim como os demais, o dentista seguramente a utilizará e deixará claro, em alto e bom som, que o açúcar tem que ser ingerido com moderação. Vale lembrar também que comer em um horário regular é bom para a sua saúde oral e para o seu corpo.

Leia também: A moda vintage da odontologia: As lentes de contato são facetas de cerâmica ultrafinas que solucionam algumas imperfeições de cor, forma e posição dos dentes

Se você é o tipo de pessoa que nem prestou atenção nas últimas cinco linhas e se concentrou só na parte do açúcar, keep calm.  Não é necessário aboli-lo da sua vida, é necessário controlar-se, ingerir menos e não com frequência, mas sim em determinados períodos, como no almoço ou jantar, isso por que o açúcar enfraquece o esmalte dentário, devido aos ácidos gerados, provocando a destruição dos dentes.

bibancos

Fábio Bibancos (Foto: Chico Cherchiaro)

Leia também – Fábio Bibancos é o dentista fundador da ONG Turma do Bem, que atende mais de 65 mil crianças carentes: “Beleza não é bobagem. Ter os dentes é um direito de todos” 

Quanto menos açúcar for ingerido mais seus dentes agradecerão. Se não consegue evitar, escove os dentes após a ingestão dos mesmos… Quer manter sua saúde oral (e do teu corpo!) perfeitas! Olho na dica: ingira alimentos ricos em cálcio e vitamina C. O cálcio ajuda a ter dentes mais fortes e a vitamina C mantém as gengivas saudáveis e ainda ajuda a lutar contra o envelhecimento da pele. Mudar o hábito alimentar resulta em um corpo e boca mais saudáveis. Prove.

*Fábio Bibancos é cirurgião-dentista especialista em Odontopediatria, Ortodontia e Mestre em Saúde Coletiva, formado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Com consultório em São Paulo e no Rio de Janeiro, Fábio é autor de Um sorriso feliz para seu filho (CLA Editora),  “A Guerra dos Mutans”, “Boca!” e “Sorrisos do Brasil”, além de já ter sido eleito Empreendedor Social 2006 pela Schwab Foundation (ligada ao Fórum Econômico Mundial de Davos) e integrante do Fellow Ashoka (uma rede de empreendedores sociais presente em 65 países). Além de assinar uma coluna semanal neste espaço, está à frente do projeto Turma do Bem, a maior rede de voluntariado especializado do mundo: o dentistas do bem.

Pesquisas relacionadas