Gente & Comportamento

Candé, Sophie Charlotte e até Seu Jorge! Com pegada na trilha de Andy Warhol, coletivo Idol No lança exposição na Urban Arts

Celebridades como Cauã Reymond, Selton Mello, Rita Lee e Neymar têm seus retratos retrabalhados em obras que pretendem repensar a superexposição contemporânea

Publicado em 25/07/2014 | Por Alexandre Schnabl

*Por João Ker

O coletivo multimídia de arte Idol No lança uma nova exposição na galeria Urban Arts. Autointitulado como um movimento “pós-grafite” criado em 2005 por “Djone Real” e “Mary Girl”, o grupo fez uma série de pinturas utilizando técnicas como stencils, tinta acrílica, spray, marcadores e adesivos, recriando retratos icônicas de celebridades do nacionais do imaginário popular. Ou seja, pintou o sete!

Com imagens que deixariam o próprio Andy Warhol salivando de emoção, a exposição “Idol No TV” traz uma pop art típica do século XXI, com os melhores recursos e tendências visuais da época. O ensaio de Carolina Dieckmann para a Rolling Stone Brasil recebe o tratamento urbano com cores fortes e contrastantes. Neymar e sua recente foto feita por Mario Testino para a Vogue Brasil ganha tons mais saturados e traços mais nítidos. O retrato de Pablo Morais, Alice Dellal e Alexandre Cunha feito por Paula Klien também aparece em releitura sobre uma placa de metal. As integrantes do coletivo, Sophie Charlotte e Nathália Dill, também aparecem em tons de neon e com elementos da arte oriental. Maysa, Rita Lee, Selton Mello e Seu Jorge e até o curador do projeto, Candé Salles, também têm seu momento, na exposição que pretende pensar a superexposição tanto de famosos quanto de anônimos no mundo contemporâneo.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: Divulgação

Pesquisas relacionadas