Gente & Comportamento

Adriana Esteves comenta sua parceria na vida real e na TV com Vladimir Brichta: “A gente sabe contar uma história juntos”

Em Segundo Sol, o público começou a torcer pelo sucesso do casal e a atriz comentou que há uma química de longa data entre os dois

Publicado em 20/08/2018 | Por Ana Clara Xavier

Quem nasceu para ser rainha nunca perde a majestade e Adriana Esteves segue intacta como uma das mulheres mais importantes da televisão brasileira. Todo o glamour que ela carrega consigo pôde ser visto em Gramado, quando a musa desfilou no tapete vermelho com um casaco amarelo para lá de imponente. A atriz passou uma noite na Serra Gaúcha para prestigiar a estreia nacional do seu filme Benzinho, que está concorrendo na mostra de longas brasileiros. Em papo exclusivíssimo para o site HT, a atriz falou sobre o filme, os bastidores, o feminismo e a parceria com Vladimir Brichta na TV.

Adriana Esteves no tapete vermelho do Festival de Cinema de Gramado (Foto: Pressphoto)

Adriana Esteves no tapete vermelho do Festival de Cinema de Gramado (Foto: Pressphoto)

A atriz ficou apenas dois dias em Gramado, porque hoje, segunda-feira, já voltaria para o set de gravação da novela Segundo Sol. No entanto, o sucesso da trama a acompanhou até a serra gaúcha. A prova disso é que a atriz foi ovacionada enquanto caminhava na direção do Palácio dos Festivais. Além de ser chamada pelo nome, o público também gritava ‘Laureta e Carminha’. Sim, Adriana conseguiu o que parecia ser impossível: ganhar o coração do público novamente com mais uma vilã. “Fico muito feliz, porque são personagens diferentes. Ela não é parecida com a Carminha, na verdade a mais parecida nesta novela seria a Karola. As ambições são diferentes. Nós trabalhamos para fazer as especificações e as diferenças de Laureta e vou continuar lutando por estas particularidades até novembro”, comentou.

A atriz comemorou o sucesso de Laureta e garantiu não ver surpresa na torcida para ela ficar com Vladimir na trama (Foto: Pressphoto)

O site HT acompanha a trama desde o início e, a princípio, Laureta não teria um grande par romântico, enquanto sua parceira Karola, vivida por Deborah Secco, iria se envolver com Emílio Dantas e Vladimir Brichta. No entanto, a novela se desenrolou de tal forma que, atualmente, o público está torcendo pela união de Adriana com o seu marido da vida real. “Isto é um barato para nós dois. Mas posso falar? Sempre foi assim desde que a gente se conheceu. Quando fizemos a nossa primeira novela juntos, que foi Coração de Estudante, também não era para ser um par romântico. Nós tínhamos uma facilidade e uma harmonia para fazer funcionar as coisas. Fizemos Kubanacan também. A minha personagem era até a mulher dele, mas o foco era o amor da minha personagem pela do Marcos Pasquim. No entanto o público também torcia muito. Em Segundo Sol, a gente nem pensava na possibilidade de ficar junto”, analisou.

Atualmente, na trama, Adriana e Vladimir estão fazendo muitas maldades juntos ao lado de Leticia Colin e Deborah Secco. “A gente sabe contar uma história juntos. Temos uma parceria boa. Primeiro tivemos esta química profissional, somente depois que começamos a nos conhecer, se apaixonar e desenvolver toda a nossa relação. Estamos assim há 14 anos”, lembrou.

Adriana Esteves é a protagonista do filme Benzinho (Foto: Pressphoto)

Enquanto a personagem de Adriana é a causadora do sofrimento na novela, em Benzinho, ela vive uma mãe de família que precisa enfrentar a violência doméstica. Ao mesmo tempo, a personagem precisa cuidar para que o seu filho esteja seguro. “Me inspirei em todos os casos do mundo para fazer esta personagem. Tanto aqueles mais perto quanto aqueles mais distantes”, comentou. Apesar de Adriana evitar expor a sua opinião sobre temas mais polêmicos, a atriz garantiu ser adepta ao movimento feminista. “Estou totalmente junto com as outras mulheres. Acho importantíssimo este movimento e me considero feminista. Apoio e luto de todas as formas”, garantiu.

A atriz diz ter se inspirado em todos os casos de mulheres sofrendo com violência doméstica (Foto: Pressphoto)

Neste domingo, Adriana Esteves participou da coletiva do longa e, na ocasião, não desgrudava dos atores mirins, Arthur e Francisco Teles Pizzi, que fizeram os seus sobrinhos no longa. Um dos gêmeos, inclusive, ficou sentando em seu colo durante todo o papo com a imprensa e os dois trocavam abraços e carinhos. “A gente se aproximou muito nos bastidores. E, mesmo fazendo tempo que o longa foi rodado, eles ainda lembram de mim, principalmente, por me verem nas telonas em outras estreias. Por isso estavam com muita saudade. Quando cheguei em Gramado, eles saíram correndo para falar comigo como se fossemos amigos da mesma idade. São super preocupados também com o meu bem estar. É muito fofo. A dinâmica com eles em cena foi muito boa. Apesar de serem crianças, os pais nunca os subestimaram, por isso são atores muito espertos e educados”, contou. Os pequenos em questão são também filhos do diretor e roteirista Gustavo Pizzi e da atriz e roteirista Karine Teles.

Adriana Esteves com Arthur Teles Pizzi no colo durante a coletiva (Foto: Pressphoto)

Pesquisas relacionadas