Cinema & TV

Das passarelas para a telinha: Top Cintia Dicker estreia como atriz em ‘Correio feminino’, no ‘Fantástico’

Ao lado da ex-modelo Luiza Brunet e das atrizes Maria Fernanda Cândido e Alessandra Maestrini, modelo estreia série inspirada em Clarice Lispector

Publicado em 11/10/2013 | Por Heloisa Tolipan

Depois de desfilar em passarelas de luxo, como Chanel e Victoria’s Secret, Cintia Dicker aterrissa em terras brasileiras para viver a experiência mais inusitada de sua carreira: ser atriz. A top foi convidada pelo diretor Luiz Fernando Carvalho para atuar em ‘Correio Feminino’, novo quadro do ‘Fantástico’, inspirado nos textos de Clarice Lispector. “Estava em Nova York, quando ele viu uma foto minha vestida de Brigitte Bardot, procurou minha agente e disse que eu era o que ele estava procurando. Fiquei muito surpresa! Nunca imaginei atuar”, nos contou a ruiva, entusiasmada com o convite.

Com estreia marcada para o dia 27 de outubro, a atração é inspirada em crônicas escritas por Clarice Lispector nas décadas de 1950 e 60. Os textos, com dicas e reflexões para mulheres, eram publicados em jornais da época com o pseudônimo de Helen Palmer. No desfecho da série, as personagens colocarão em prática o aprendizado extraído dos contos.  Além da modelo gaúcha, o elenco é composto por Alessandra Maestrini, Maria Fernanda Cândido e Luiza Brunet.

b2yta7bc0z97kq04slwxye1hr

Além de Cintia, o elenco de ‘Correio Feminino’ é composto por Alessandra Maestrini, Maria Fernanda Cândido e a ex-modelo Luiza Brunet. (Foto: Divulgação/TV Globo)

Morando atualmente em Nova York, a modelo foi liberada por sua agência americana para passar alguns dias no Brasil, receber aulas de atuação e começar a gravar. “Tivemos duas semanas de preparo, eu e as outras atrizes. Nesse tempo, fizemos aula de balé, dança e sensibilização, porque a história se passa nos anos 60”, revelou. Contente com o resultado, Cintia não descarta a possibilidade de atuar novamente, mas não investirá nesta carreira: “Eu amei a experiência! Mas minha vida continua como modelo. Se pintar um convite e a oportunidade for boa, quem sabe?”

Com as semanas de moda nacionais se aproximando, a ruiva ainda não sabe se desfilará no Brasil, mas não esconde a vontade de morar aqui novamente e, quem sabe, ser atriz.  “Com certeza esse trabalho foi uma janela, eu pretendo voltar a a morar no Brasil um dia, então trabalhar como atriz pode ser uma opção”. Estamos na torcida!

Pesquisas relacionadas