Cinema & TV

O Sétimo Guardião: Festa de lançamento agita o Rio de Janeiro com encontro de celebs como Carolina Dieckmann, Bruno Gagliasso e Marina Ruy Barbosa

A celebração contou com a presença da mais alta classe artística do país. A nova novela das 9h representa um retorno ao realismo fantástico nas novelas da Globo. Escrita por Aguinaldo Silva e dirigida por Rogério Gomes, a trama tem um gato como protagonista

Publicado em 09/11/2018 | Por Ana Clara Xavier

A noite começou tímida nesta última quinta-feira, mas bastou o ponteiro do relógio rodar algumas vezes para o agito começar. E que festa! O EXC, no Jockey Club do Rio de Janeiro, foi povoado por vestidos deslumbrantes e looks grifados, que vestiam a mais alta classe artística do país. Com uma decoração cujo teto remetia ao balanço da água, a celebração contou com dançarinos que carregavam a bandeira da pluralidade e a diversidade, embalados pela trilha sonora da nova novela das 9, assinada por Aguinaldo Silva. O encontro de celebs como Carolina Dieckmann, Bruno Gagliasso e Marina Ruy Barbosa teve um propósito mais que especial: comemorar o lançamento de O Sétimo Guardião. Até mesmo quem não faz parte do elenco marcou presença para prestigiar o trabalho dos parceiros, familiares e amigos. O site HT acompanhou de pertinho tudo o que rolou neste evento das estrelas. Vimos Giovanna Ewbank dançar junto do marido e Bruno admitir que não sabe mais posar para foto sem a mulher; Letícia Spiller parabenizar, emocionada, o filho Pedro Novaes por ter uma canção como tema da trama; Tony Ramos conversar pacientemente com cada jornalista; José Loreto abraçar –e quase deixar cair- a esposa Débora Nascimento; Marina Ruy Barbosa cantar funk; e ainda Paola Oliveira aplaudir diversas vezes o trabalho feito pelo marido, Rogério Gomes, diretor do folhetim. “Esta novela vem com outro ritmo, tem um ar mais romântico e lúdico. Estou muito feliz e acompanhando a rotina puxada do meu marido de pertinho”, adiantou Paola. O site HT, para completar, bateu um papo com o próprio Aguinaldo e o Rogério para entender tudo sobre esta dramaturgia que revisita o realismo fantástico. Vem!

Este slideshow necessita de JavaScript.

O ano é indeterminado e o lugar é uma cidadezinha perdida no espaço chamada Serro Azul. Com estreia prevista para dia 12 de novembro, tudo o que acontece em O Sétimo Guardião gira em torno de uma fonte da juventude, preservada por sete guardiões que possuem o poder de proteger os segredos por trás da água. Os mistérios se intensificam quando o guardião-mor reaparece na figura de um forasteiro, interpretado por Bruno Gagliasso. No entanto, o rapaz não sabe que recebeu esta responsabilidade, por isto o personagem de Marcello Novaes tentará usurpar o seu lugar visando adquirir a força e o tesouro por trás do mistério. “O primeiro passo para O Sétimo Guardião foi o meu próprio folhetim O Outro, de 1987, no qual retratava um homem que toma o lugar de outro. É a história do duplo, algo clássico na literatura”, salientou o autor, Aguinaldo Silva, que já está escrevendo o capítulo 84. Em meio a um turbilhão de acontecimentos, nasce o amor entre o próprio guardião e Luz, vivida por Marina Ruy Barbosa, que é filha de um homem que fora trancafiado na figura de um gato e ainda possui o poder da clarividência.

Realismo fantástico é a chave para entender as curvas dramatúrgicas da nova trama, que estreia segunda, dia 12 de novembro. “Eu decidi voltar ao meu universo da fantasia. Abandonei este tema desde 2001 com Porto dos Milagres e, a partir desta trama, passei abordar mundos bem urbanos e contemporâneos. Agora, achei que havia chegado na hora de retomar esta narrativa, porque a realidade está tão pesada que reproduzi-las o tempo todo nas novelas só vai deixá-la ainda mais insuportável. Eu queria fugir disto”, garantiu Aguinaldo, um grande amante deste tipo de narrativa. O gênero é tradicional na literatura latina e se fortaleceu em um momento no qual regimes ditatoriais inundavam a América sob as palavras de Gabriel García Marquez, Jorge Luis Borges e Julio Cortázar. O surrealismo impera nestas tramas e foi considerado uma resposta à literatura fantástica da Europa. “É a trama que mais aborda o mundo real. De certa maneira, está retratando algumas situações que acontecem no dia a dia, porém de maneira diferente”, salientou o autor. Metaforicamente, por exemplo, a água é considerada o bem mais precioso da terra em O Sétimo Guardião.

Marina Ruy Barbosa ao lado de Bruno Gagliasso na festa de lançamento de O Sétimo Guardião (Foto: Foto: Fabiano Battaglin/Gshow)

Sendo assim, não existe uma única verdade no realismo fantástico. Tudo o que parece ser pode expressar outras nuances dentro desta história, o que poderia significar um trabalho a mais para a equipe artística. No entanto, de acordo com Rogério Gomes -ou Papinha como chamam-, a tecnologia contribuiu muito para facilitar o saldo positivo do projeto. “O Aguinaldo já transitou muito pelo universo do realismo fantástico. No entanto, modéstia à parte, estamos conseguindo chegar à imaginação dele de forma muito mais tranquila e eficaz nesta novela. O avanço tecnológico permitiu toda a equipe criar ambientes e jogos cênicos que retratam muito bem a atmosfera da palavra escrita do autor”, garantiu Rogério. Para tentar ajudar, Aguinaldo contou, inclusive, que tenta ser o mais sincero e claro no momento de escrever uma cena, afinal, possui a responsabilidade de entregar 45 páginas por dia. No entanto, os momentos mais complicados de retratar, segundo ele, são aqueles que tratam de questões humanas. Um exemplo disto foi a cena na qual Valentina, vivida por Lília Cabral, garante que mataria o próprio filho, interpretado por Bruno Gagliasso, para conseguir aquilo que almeja. “Se pesarmos demais o espectador não vai perdoar nunca a personagem. É complicado”, informou Aguinaldo.

O diretor Rogério Gomes ao lado do autor Aguinaldo Silva comemorando a estreia da novela (Foto: Foto: Fabiano Battaglin/Gshow)

Apesar de todas as nuances cênicas e empecilhos no momento de fazer uma dramaturgia tão surreal, a maior dificuldade da equipe se resumiu na figura de um animal. Ou melhor, de quatro! O gato preto é um dos grandes protagonistas de O Sétimo Guardião e, por isto, não foi nada fácil assimilar a realidade com a fantasia. “O gato com certeza foi o maior desafio, na minha opinião, na direção desta dramaturgia. É complicado trabalhar com animal, afinal, precisamos respeitar o tempo deles”, comentou Papinha. Na dramaturgia, o bichano é um dos guardiões e possui grandes mistérios no seu entorno. “Adoro gatos e tive vários ao longo da vida. Sempre me incomodou muito este certo preconceito das pessoas com relação aos gatos pretos. Eles são animais lindos. Resolvi desmistificar isto na novela ao colocá-lo no elenco e, ainda por cima, tendo um papel fundamental para o desenrolar da trama. Estarei feliz se o público passar a amá-los ao final deste folhetim”, salientou Aguinaldo. Para interpretar este ‘papel’, a Globo adotou quatro gatinhos vindos diretamente de Los Angeles. Eles vieram de longe por serem considerados uma das únicas raças adestráveis. Eles começaram a ser treinados juntos. “O engraçado é que dois se destacaram, são os melhores atores da família. Um gatinho e uma gatinha”, lembrou Aguinaldo. Inclusive, está uma disputa no Projac para decidir quem vai ficar com os filhotes. Por enquanto, está decidido que Marina Ruy Barbosa vai ficar com um deles e querem que o Al Pacino, considerado o protagonista da turma, fique com o próprio autor.

Aguinaldo Silva e Rogério Gomes representam uma dupla de sucesso. Os dois já caminharam juntos em diversas empreitadas que ganharam prêmios internacionais e ainda são consideradas sucesso de público. Mesmo tendo todo este reconhecimento, a aproximação do lançamento continua deixando ambos nervosos. “Continuo com o mesmo frio na barriga como se fosse a primeira novela. Não dá para achar que sabe o que o público quer. Nós não sabemos. Espero que todos gostem. Fico muito tenso quando se aproxima a data de estreia”, garantiu Aguinaldo. Mas a gente não tem dúvidas que o saldo já é positivo!

Confira a lista dos famosos que marcaram presença:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pesquisas relacionadas