Cinema & TV

“Não cansem da minha cara”, brinca Adriana Esteves, que estreia em ‘Amor de Mãe’ e está na reprise de Avenida Brasil

A atriz, que a partir do dia 25 estará no ar em dose dupla, fala ao site Heloisa Tolipan sobre a mãe superprotetora da próxima novela das 21h da TV Globo e sobre a volta de Carminha em 'Avenida Brasil'. "Horário nobre? Pode ser a qualquer hora e basta ter programa bom para assistir na TV", frisa

Publicado em 14/11/2019 | Por Heloisa Tolipan

Adriana Esteves será mãe de Chay Suede, a superprotetora Thelma, em ‘Amor de Mãe’ (Foto: reprodução/ GShow)

*Por Rafael Moura

Depois da perigosa Lauretta, de ‘Segundo Sol’, 2018, Adriana Esteves será Thelma uma mãe superprotetora, na próxima novela das 21h da TV Globo, escrita por Manuela Dias. O site Heloisa Tolipan conversou com a protagonista para conhecer esse ‘Amor de Mãe’, a dobradinha com Chay Suede, que vive seu filho, Danilo, maternidade e Carminha, de ‘Avenida Brasil’, 2012, que voltou à programação nas tardes da emissora. “Horário nobre? Pode ser a qualquer hora e basta ter programa bom para assistir na TV”, frisou a atriz, logo no início do nosso papo.

“Assim como a Thelma, eu sou uma mãe apaixonada, um pouco protetora e quero o melhor para os filhos. Fico sempre me policiando para não passar do limite na criação deles. Como toda boa mãe, eu cuido, dou amor, mas também cobro”, ressaltou. “Esse convite de Manuela Dias, que é uma grande autora, e a dobradinha com José Luiz Villamarim, um dos maiores diretores de elenco, eu não ousaria negar”, disparou.

‘Meu Talismã’, da cantora Iza está na trilha sonora do folhetim. A faixa é perfeita para definir a relação de Thelma e Danilo. Afinal, há mais de 20 anos, quando a personagem viu sua casa em chamas com o marido e o filho dentro, como uma wonder woman, ela enfrentou as chamas para salvar o filho. Desde então, ela se transformou em uma mãe superprotetora. Adriana nos conta como está se inspirando para viver essa heroína. “Quando leio texto, vou buscando os elementos até onde a minha criatividade me mandar. Vou me informando sobre assuntos relacionados. O Villa (José Luiz Villamarim) é uma das pessoas que mais confio na vida. E quando tem essa relação, você acredita na personagem e tudo flui melhor. Tem ficção ali, mas também muita realidade. No final das contas, a gente sempre acaba colocando algo da nossa vida”, disse.

Leia Mais – “É uma trama super rica que fala da força de ser mãe”, frisa Adriana Esteves uma das protagonistas de ‘Amor de Mãe’

A vida de Thelma tem um plot twist quando descobre um aneurisma cerebral inoperável. Com a notícia, ela percebe que criou o filho de forma errada, muito dependente dela. Então essa mãe corre contra o relógio para ajustar a vida do jovem e realizar seus últimos desejos. Mas nunca revelará a verdade sobre sua doença para Danilo. Moradora do fictício Bairro do Passeio, a protagonista administra o restaurante da família, e ela é resistente a qualquer modernização do espaço, que foi herança de seu avô. O irmão e sócio, Sinésio, Julio Andrade, vive em pé de guerra com ela, pois está ansioso para vender o imóvel. A situação piora quando ele descobre o aneurisma da irmã e ameaça contar para o sobrinho, caso Thelma não aceite vender o estabelecimento. “Eu e Julio trabalhamos juntos em “Justiça” (2016). Fizemos umas cenas de romance. Está sendo um prazer contracenar com ele”, pontua.

Adriana Esteves vive a mãe superprotetora, Thelma, em ‘Amor de Mãe’ (Foto: reprodução TV Globo)

A estrela que pela quarta vez estará em uma novela com o marido, Vladmir Brichta, e repetindo a dobradinha com Chay Suede, que em ‘Segundo Sol‘ foi seu amante e agora será seu filho. “O Chay é incrível, um baita ator e um colega maravilhoso. É um prazer enorme dividir o estúdio com ele de novo. Um jovem muito talentoso, o que desperta em mim muita criatividade, me impulsiona e me traz uma vivacidade. Com o Vladmir (Brichta) já é o quarto trabalho juntos. A Taís (Araújo) é uma grande amiga, ela quer me levar para jantar todos os dias. É um clima bem família, como coração de mãe. Só acho que falta o Lázaro (Ramos) vir para a novela. Estou pensando em pedir para a Manuela (Dias) um romance da Telma com o Lázaro. Vamos fazer uma campanha? Se a Taís pode pegar o meu marido, eu posso pegar o dela”, brinca.

Em casa Adriana presa muito pelo bom relacionamento com a família. O filho Felipe Ricca, de 19 anos, é músico, e junto com o amigo Rodrigo Silvestrini integra o duo Cai Sahra. O single ‘Eu Sei‘ está na trilha da novela ‘A Dona do Pedaço‘. “Ele arrasa. Corujo muito. Vejo todos os clipes, vou nos shows, decoro as músicas. Compartilho com as amigas. Procuro sempre não invadir a liberdade de meus filhos, porque isso interfere no crescimento e amadurecimento”, contou. Adriana é mãe também de Vicente Brichta, 13 anos, de seu atual casamento, e tem uma enteada, Agnes, com 22 anos, que foi morar com o casal quando ainda era criança e que pediu para chamar a madrasta de mãe. “O amor não se divide, se soma. Eu tenho o privilégio de conhecer a maternidade das duas formas: a biológica e a não-biológica. Ela é minha filha, é um amor igual aos três. Se perguntar para qualquer mãe se existe uma diferença amorosa, ela com certeza responderá que não. Independente de ser dois, cinco, sete ou dez esse amor se multiplica. Cada um que chega vai somando. A Agnes é minha bebê, recentemente ela se formou como atriz na CAL (Casa de Artes Laranjeitas). Um filho transforma nossa vida todos os dias”, conta orgulhosa.

O casal Vladmir Brichta e Adriana Esteves estarão em 'Amor de Mãe' (Foto: Isabella Pinheiro/ GShow)

O casal Vladmir Brichta e Adriana Esteves estará em ‘Amor de Mãe’ (Foto: Isabella Pinheiro/ GShow)

No  fim da nossa conversa perguntamos a Esteves sobre o retorno da icônica vilã Carminha. “Eu me diverto com as maldades dela. Me bateu uma felicidade enorme desde que soube que iria passar no ‘Vale a Pena Ver de Novo‘. No início, eu fiquei com ciúmes, mas foi um sucesso, era outro momento. Gosto das cenas, do elenco. Estou adorando rever, me divirto. O melhor de tudo é que agora eu consigo assistir. Na época, eu só trabalhava. Estou amando”. A atriz revela que se empolga com várias cenas. A estrela confessa que carrega consigo um pouquinho do lado maternal dessas duas mulheres que, mesmo com personalidades bem diferentes, mantém um amor inexplicável por seus filhos. “Eu tenho um pouco de Carminha e da Telma. Eu sou uma mãe absolutamente comum. Igual todas a as mães”.

A grande vilã de Adriana Esteves, Carminha, de ‘Avenida Brasil’ (Foto: reprodução GShow)

Leia Mais – Após 5 anos longe das novelas, Taís Araújo, em ‘Amor de Mãe’, vive advogada ambiciosa e obcecada pela maternidade

Pesquisas relacionadas