Cinema & TV

Após 5 anos longe das novelas, Taís Araújo, em ‘Amor de Mãe’, vive advogada ambiciosa e obcecada pela maternidade

A atriz retorna às telinhas, no horário das 21h, interpretando Vitória, uma mulher bem sucedida, que defende políticos e empresários de ética duvidosa, bem diferente da ativista Verônica, da série 'Aruanas'. A personagem, que sofre um aborto nos primeiros capítulos da trama, engravida de Davi, Vladmir Brichta, mas antes passa por um processo de adoção de uma criança

Publicado em 12/11/2019 | Por Heloisa Tolipan

Taís Araújo, a Vitória de ‘Amor de Mãe’ (Foto: Arthur Meninea/ GShow)

*Por Rafael Moura

Conversamos com Taís Araújo para entender tudo sobre Vitória, sua personagem na nova novela das 21h, da TV Globo, ‘Amor de Mãe’, que estreia dia 25. Como uma das protagonistas, a atriz interpretará uma advogada bem sucedida. Escrita por Manuela Dias, a história tem a maternidade como tema central, o amor e as escolhas feitas em situações-limite. Depois de cinco anos longe das novelas, a atriz revela que só aceitou o convite porque sentiu ser um trabalho muito especial. “Fiquei muito feliz com o convite da Manu. A Vitória traz um protagonismo e representatividade muito importantes para a teledramaturgia brasileira. Ela é uma mulher de muitos conflitos, porque é obcecada pelo trabalho e tem uns clientes de ética duvidosa, bem diferente da Verônica de Aruanas, mas que tem como grande meta de vida ser mãe”, reflete a atriz. Taís revela que quando interpretava a defensora, ativista na série da Globoplay, já tinha recebido o convite para protagonizar ‘Amor de Mãe‘. O que fará a estrela fazer uma participação na segunda temporada de Aruanas.

Taís Araújo vive a advogada e ativista Verônica em Aruanas (Foto: Carol Quintanilha/ GShow)

Taís Araújo vive a advogada e ativista Verônica em Aruanas (Foto: Carol Quintanilha/ GShow)

Os novos episódios da série terão a indústria do petróleo como tema central e serão ambientados em São Paulo e em uma outra cidade fictícia inspirada em Cubatão. A musa nos conta que atuar na série a fez ampliar seus conhecimentos sobre a importância do meio ambiente e a se tornar uma ativista. “Precisamos fazer nossas mensagens ecoarem, porque, consciência muitos já tem, mas precisamos parar de ficar só na retórica e partir para ação. Essa série mostra que precisamos agir e fazer a nossa parte como sociedade”, ressalta. A temporada, que está em fase de produção, tem a direção artística de André Felipe Binder e Taís fará apenas uma participação. “Eu fico triste de deixar um trabalho tão importante assim, mas eu fiquei tão apaixonada pela história da Manu que não pude recusar”.

Leia Mais – Nova série da Globoplay, “Aruanas” fala sobre ativismo ambiental e preservação da biodiversidade com elenco estrelado

“A Vitória é uma advogada bem-sucedida e obcecada pelo trabalho, que defende políticos e empresários cuja ética (ou a falta de) estará sob os holofotes”, define a autora de ‘Amor de Mãe‘. Na trama, a personagem de Taís é casada com Paulo, interpretado por Fabrício Boliveira, perdeu, no passado, um bebê aos seis meses de gestação. Por isso sua meta de vida acaba sendo engravidar e essa obsessão acaba atrapalhando o seu casamento. Separada, realiza o desejo de ser mãe ao adotar Tiago (Pedro Guilherme Rodrigues), mas como reviravoltas fazem parte de bons folhetins, depois de uma tórrida de noite de sexo com o ativista Davi, personagem de Vladimir Brichta, que ela mal conhece, descobre estar grávida, e a leva a contratar Lurdes (Regina Casé) para trabalhar em sua casa como babá. Vitória é muito ligada às irmãs por parte de mãe, Miranda (Debora Lamm) e Natália (Clarissa Kiste), três mulheres muito diferentes e unidas com quem divide com elas todas as suas angústias e confidências.

Leia Mais – “É uma trama super rica que fala da força de ser mãe”, frisa Adriana Esteves uma das protagonistas de ‘Amor de Mãe’

As vidas de mães se cruzam quando a advogada contrata Lourdes para ser babá de seus filhos. A personagem de Taís advoga para o empresário Álvaro (Irandhir Santos), dono da PWA, uma empresa que fabrica plástico que pretende expandir seus negócios e, para isso, quer comprar vários imóveis do Bairro do Passeio, como o restaurante de Thelma (Adriana Esteves) e a escola onde Camila (Jéssica Ellen) trabalha. E Vitória que nem sempre concorda com as atitudes de seu cliente, mas faz seu trabalho como acredita que deve ser feito. Muitas vezes, desconhece os métodos utilizados pelo empresário, mas sabe bem o que ele é capaz de fazer ao lado de seu comparsa Belizário (Tuca Andrada), um policial corrupto que atua como segurança e faz-tudo do investidor.

Taís Araújo vive a advogada Vitória em ‘Amor de Mãe’ (Foto: João Cotta/ GShow)

Na vida real, antes de ter o primeiro filho, a atriz, que é casada com Lázaro Ramos e mãe de João Vicente e Maria Antônia, conta que cogitou a possibilidade de pedir uma ‘ajudinha’ à medicina para conseguir engravidar. “Pensei muito em fazer fertilização in vitro, mas cheguei à conclusão de que não teria estrutura emocional, pois ficaria muito frustrada se não conseguisse”. A atriz nos revela que o processo de adoção também foi cogitado em seu casamento, e que ela não descartou ainda a ideia, afinal, para ela, ser mãe é um processo latente, que nunca acaba. “Eu me considero uma mãe meio controladora, superprotetora, até meio chata, porque na minha carreira a gente passa mais tempo da nossa vida no trabalho do que com a família. E isso gera muito uma autocobrança. A vantagem é que eu tenho a Dona Mercedes, a minha mãe, que está completamente disponível para os meus filhos. Ela está lá todo dia. Se eu ou o Lázaro não estamos em casa para levar as crianças para escola, ela vai. Nós dois só conseguimos trabalhar tranquilos, porque temos uma família para nos ajudar”, agradece.

O diretor artístico de ‘Amor de Mãe‘, José Luiz Villamarim, nos conta que a novela é a primeira a ser gravada nos novos estúdios da Globo, o MG4, inaugurado em agosto deste ano. “Um dos principais benefícios do projeto é o desenvolvimento de um novo conceito de produção de dramaturgia, ampliando os recursos artísticos para a criação, direção e fotografia das novelas. Os cenários são fixos, o que possibilita os módulos de gravação terem sets integrados, o que imprime uma maior realidade”, ressalta.

Vale destacar que esse novo estúdio conta com 100% da energia vinda de fontes renováveis, o empreendimento é dotado de um telhado verde – que contribui para a economia –, iluminação 100% a LED, equipamentos de ar condicionado inteligente e planta de energia solar. Além disso, conta com o reuso de água de chuva e ar-condicionado, tratamento de 100% dos efluentes gerados e coleta seletiva de lixo. Para o enriquecimento arbóreo do espaço foi promovido o plantio de 14 mil novas mudas. Muito bom.

Pesquisas relacionadas