Cinema & TV

Márcio Garcia estreia “Tamanho Família” na Globo e rebate críticas da web: “Saúde e educação são mais importantes do que a cultura”

O galã, de 46 anos, ainda descartou qualquer possibilidade de voltar a fazer novelas: "Renovei meu contrato apenas como apresentador e não tenho a intenção de atuar mais. Só se for uma participação. Fazer uma novela de ponta a ponta não cabe hoje na minha agenda de pai, produtor e apresentador"

Publicado em 08/07/2016 | Por Leonardo Rocha

Márcio Garcia está de volta às telinhas! No entanto, muito se engana quem pensa que estamos falando da reprise da novela “Anjo Mau”, no Vale A Pena Ver De Novo. Desta vez, o ator se arrisca – mais uma vez – na função de apresentador no comando do programa “Tamanho Família”, que invade as tardes de domingo, na Rede Globo. Afastado dos holofotes desde sua última atuação em “Amor à Vida” (2014), o galã de 46 anos garantiu com exclusividade ao HT que o tema da atração foi fundamental para seu retorno à TV.

Márcio Garcia (Foto: Divulgação)

Márcio Garcia (Foto: Divulgação)

“Passei um tempo fora do ar por opção. Eu tive a oportunidade de fazer outros programas na casa, mas nenhum deles eu encontrei uma verdadeira vontade, por uma questão de você cair no lugar comum. A sensação era a de ‘Vamos dar alguma coisa pro Márcio’. A Globo tem excelentes programas de variedades, mas eu queria alguma coisa associada à família”, disse ele, que, além de bonitão, ainda é pai de quatro filhos, fruto de seu casamento com a nutricionista Andréa Santa Rosa. “Eu brinco dizendo que não sou apresentador e, sim, um reprodutor: tenho quatro filhos, né?”, disse aos risos. “Eu queria muito algo relacionado à família. Queremos juntar os brasileiros na frente da TV. É muita responsabilidade e eu quero que todos os meus filhos possam ver e que meus pais também curtam o programa. Como agradar todo mundo? Eu acho que conseguiremos com emoção. A gente vê lágrimas, alegria e muita diversão no palco”, completou.

Márcio Garcia (Foto: AgNews)

Márcio Garcia (Foto: AgNews)

A atração, no entanto, vai concorrer diretamente com programas que mexem bastante com o sensacionalismo. Apesar da disputa, Márcio garantiu que o “Tamanho Família” irá caminhar totalmente na contramão de seus colegas de outras emissoras. “Eu acho que sensacionalismo a gente lê no jornal, já assiste, as notícias são sempre muito pesadas. A gente construiu um programa de entretenimento e não apelativo para conseguir audiência. Queremos que a audiência que seja boa. Mas que seja consequência e fruto de um produto bacana”. garantiu. O programa, que trará dois famosos por edição, junto de seus familiares, para uma disputa pra lá de engraçada, tem direção de Dani Gleiser, redação final de Elbio Valente e a Família Lima como uma espécie de sexteto do “Programa do Jô”.

A diretora Dani Gleiser, Márcio Garcia e o redator Elbio Valente (Foto: AgNews)

A diretora Dani Gleiser, Márcio Garcia e o redator Elbio Valente (Foto: AgNews)

Depois de atuar por 22 anos em novelas da emissora carioca, parece que Márcio está decidido a não voltar mais para a dramaturgia brasileira. “Renovei meu contrato apenas como apresentador e não tenho a intenção de atuar mais. Só se for uma participação. Fazer uma novela de ponta a ponta não cabe hoje na minha agenda de pai, produtor e apresentador. Será melhor assim, para ter foco. É como apresentador que faço mais diferença. Ator já existem muitos”, revelou ele, que, no entanto, segue gravando uma participação em um longa metragem. “Vou fazer uma participação em um filme da Cininha de Paula, mas ainda é muito novo. Estou gostando!”, revelou.

Leia também – Márcio Garcia se prepara para lançar o programa “Tamanho Família” na Globo: “Queremos juntar a família brasileira na frente da TV

Curioso que só, o apresentador já foi responsável por dirigir o curta “Predileção” (2009) e mais dois filmes em Hollywood, a comédia romântica “Amor por acaso” (2010) e o drama “Angie” (2013). Sua próxima empreitada como cineasta serão duas versões em longa-metragem do curta “Predileção”, uma com elenco brasileiro e outra com atores americanos. “Dirigi dois longas com equipes gringas. O humor americano é diferente. Na comédia romântica, muitas vezes a equipe ria de alguma piada e eu não entendia a razão. Estou louco para dirigir em português, chegar no set e falar: ‘Aí, galera!'”, comentou ele. “Está na hora de fazer um filme de mais relevância, um blockbuster”, projetou ele.

Márcio Garcia e Glória Pires em "Anjo Mau" (Foto: Divulgação)

Márcio Garcia e Glória Pires em “Anjo Mau”, em 1994 (Foto: Divulgação)

Com duas décadas de carreira, o ator mantêm o mesmo rosto e corpo que tinha desde quando estreou no programa “MTV Sports”, em 1993. O segredo? Ter uma nutricionista linha dura dentro de casa. “Fiz lipo e tudo mais”, brincou ele. “O segredo é que eu me alimento bem, sou casado com a Andréa, uma nutricionista funcional. Lá em casa não tem muita opção, né? Ou come coisa saudável, ou como coisa saudável. Já o cabelo grisalho faz parte. As pessoas perguntam se eu vou pintar. Eu comento que deu tanto trabalho para conseguir, foram mais de 45 anos, eu vou pintar pra quê?”, comentou ele, que garante não se incomodar com as reprises que estão em alta no canal Viva. “É meio estranho. A primeira observação vai para as roupas. Eram terríveis. O resto, graças a Deus não mudou muito. Só o cabelo branco. E, uma ruguinha aqui, outra ali. Mas eu gosto. Eu sou de procurar defeito. Estou sempre em busca da perfeição, que sei que inalcançável, mas é bom assistir para você sempre tentar melhorar em tudo”, ponderou.

Imagem que causou polêmica nas redes sociais (Foto: Instagram)

Imagem que causou polêmica nas redes sociais (Foto: Instagram)

Questionado sobre política e, apesar de ter participado em março de um ato na Praia de Copacabana em favor do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, ao lado de outros artistas como Susana Vieira e Marcelo  Serrado, Márcio disse ser apartidário e afirma que sempre foi contra a corrupção. “Eu nunca levantei bandeira e não pedi a cabeça de ninguém”, afirmou. No entanto, meses depois, com a queda do Minc, a imagem de Márcio virou meme, mas o ator e apresentador foi categórico quanto à brincadeira feita na internet. “Eu não ligo pra isso. Meme é meme, né? Tem coisas que são muito mais importantes do que a cultura como a educação e a saúde. Vamos por partes. Depois que a gente resolver os problemas que o Brasil precisa eu vou me preocupar com isso. Se o Minc me atinge? Eu não sou prioridade. Prioridade é quem não tem escola para estudar, e hospital para se internar. A cultura é importante, mas está em segundo plano”, afirmou.

Pesquisas relacionadas