Cinema & TV

Juliana Paes diz que se aposentou da avenida do samba e manda papo sério na Sapucaí: “Todas as mulheres já passaram por alguma situação de assédio”

A atriz ajuda a fomentar a campanha da ONU #MeuNúmeroÉ180, que visa garantir um canal para que as mulheres denunciem todo e qualquer tipo de abuso

Publicado em 08/02/2016 | Por Lucas Rezende

Juliana Paes, toda linda e toda boa, foi tácita na madrugada desta segunda-feira (08) na Marquês de Sapucaí: “Todas as mulheres já passaram por alguma situação de assédio. Velado ou explícito, em maior grau ou menor grau”. E, por ter essa ciência e saber do tamanho de sua voz, resolveu agir. “Eu procurei a ONU quando percebi através de um ranking do Google que eu era uma das personalidades que mais falava com o público jovem. Então eu pensei: ‘Não posso ser leviana, preciso usar isso de alguma maneira que seja significativa’. Escolhi esse programa para passar a mensagem de que qualquer violência contra a mulher é crime”, disse, referindo-se ao #MeuNúmeroÉ180, para mulheres ligarem e denunciarem todo e qualquer tipo de abuso. Mas….como é carnaval no Brasil, a gente quer saber: e essa história de voltar a ser rainha de bateria (ela representava a Viradouro)? “Tem sempre uma pressão muito grande para eu voltar a desfilar. Mas eu dei um tempo para ficar com as crianças. Acho que não desfilo mais. Mas também nunca digo nunca. Se algum dia eu sentir a vontade de voltar, quem sabe”. A gente fica na torcida, Ju!

jupa

Juliana Paes e Carlos Eduardo Baptista curtiram a folia (Foto: Marcello Sá Barreto/AgNews)

Pesquisas relacionadas