Cinema & TV

Exclusivo! No backstage de Lenny Niemeyer, Camilla Belle diz: “Só uso biquíni brasileiro, não tem nem comparação”

A atriz norte-americana e filha de mãe brasileira compareceu à SPFW e falou com HT sobre moda, o próximo filme com o filho de Clint Eastwood e sua paixão por teledramaturgia e culinária brasileiras

Publicado em 17/04/2015 | Por João Ker

Com o português afiado na ponta da língua e a beleza irradiando por onde passava, Camilla Belle, a atriz norte-americana e filha da brasileira Cristina Gould, foi presença VIP e super assediada durante o desfile que marcou a chegada de Lenny Niemeyer ao São Paulo Fashion Week. Famosa por ter estrelado filmes como “10.000 A. C.”, “Push”, “À Deriva” e “Quando um estranho chama”Camilla conquistou Hollywood com seu talento, os marmanjos com sua beleza (Joe Jonas entre eles) e as mulheres com seu estilo sempre impecável.

HT, claro, foi falar com a beldade sobre as vindas ao Brasil, sua relação com o país, projetos futuros na carreira e como ela consegue se manter super brazuca morando na terra do Tio Sam. Vem com a gente:

Este slideshow necessita de JavaScript.

HT: Qual a sua relação com a moda praia brasileira?

CB: Eu conheço a Lenny desde quando era criança. Em relação à moda: eu só uso biquíni brasileiro. Não tem nem comparação, os cortes são muito melhores.

HT: Como você faz para manter seu lado brasileiro quando está lá fora?

CB: Eu falo português o tempo todo em casa, por causa da minha mãe e da minha avó. Também vejo bastante novela, estou viciada em “Babilônia”. Não perco um episódio!

HT: Cite uma coisa do Brasil que você gosta muito e não tem nos Estados Unidos.

CB: Coxinha! E pão de queijo também, adoro os dois.

Coxinhas!!!!! #foodie #yummy #adoro #cristallo #brasil

Uma foto publicada por Camilla Belle (@camillabelle) em

HT: E a carreira? Conte um pouco dos filmes que vêm por aí.

CB: Ah, tem um western (é assim mesmo que se fala em português?) com o Scott Eastwood, filho do Clint Eastwood, que se chama “Diablo”. Um outro de suspense, “The American Side”. E um romance meio mistério, “Sundown”.

HT: Você já fez filmes de gêneros muito diferentes. qual o seu preferido ou quele que vem mais fácil?

CB: Eu acho que prefiro drama ou comédia. Não gosto de terror, sinto muito medo! (risos)

HT: Qual é a tendência ou peça de roupa que você não usa de jeito nenhum? 

CB: Eu não posso falar que “nunca usarei” alguma coisa. Acho que você deve se vestir para você mesmo. O que adianta seguir uma tendência se você não se sente bem com ela?

Pesquisas relacionadas